Jornada de Comunicação 2017 da CNBB

“Testemunho digital: um chamado para todos”, é o tema da Jornada da Comunicação 2017, que acontecerá nos dias 6 a 8 de outubro, no Seminário Regina Minorum, em Anápolis. Em sintonia com o Ano Vocacional Mariano, o evento deve reunir agentes da Pastoral da Comunicação (Pascom), responsáveis pela comunicação nas dioceses e seminaristas que estão na etapa final do curso de Teologia. “Desejamos, de acordo com as possibilidades, oferecer também uma reflexão direcionada aos seminaristas, em vista de sua atuação pastoral”, justifica a participação dos seminaristas, o coordenador regional da Pascom, irmão Diego Joaquim.

Um dos assessores do encontro será o professor Moisés Sbardelotto, doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Rio dos Sinos (Unisinos), com estágio doutoral na Università di Roma “La Sapienza” (Itália). Ele integrou a Comissão Especial para o Diretório de Comunicação para a Igreja no Brasil, da CNBB.

O presidente do regional, bispo de Uruaçu e referencial para a comunicação, Dom Messias dos Reis Silveira, vai apresentar o tema, “A Vocação do Comunicador”, com a colaboração do vice-coordenador da Pascom no Regional, padre Delton Filho.

A taxa de inscrição do evento é de R$ 120,00, com hospedagem e alimentação, e R$ 70,00 sem a hospedagem.
As inscrições podem ser feitas até dia 20 de setembro, e as vagas são limitadas.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

01 – O participante deverá levar para o encontro roupa de cama e travesseiro;
02 – A inscrição só é válida após o pagamento da taxa, que deve ser realizado até o dia 20 de setembro, por meio de transferência ou

DEPÓSITO BANCÁRIO IDENTIFICADO (que conste o nome do inscrito) na conta da CNBB.
Este tipo de depósito só é realizado no guichê das agências do BANCO DO BRASIL.
Não serão válidos depósitos efetuados em caixas eletrônicos.

Dados para depósito no Banco do Brasil:
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
BANCO DO BRASIL – Ag: 3689-7 – C/C: 20.813-2

03 – Valores: R$ 120 (inscrição, refeições e hospedagem) ou R$ 70 (inscrição e refeições);

04 – Deve ser enviada uma cópia do comprovante de depósito para o e-mail pascomcnbbco@gmail.com.
O participante receberá um e-mail, confirmando a inscrição;

05 – Os recibos serão entregues no encontro

Inscrições, aqui

Saiba mais sobre este encontro, aqui: cnbbco.com

 

CNBB

Baixe materiais especiais para seu grupo

Comissão para os Bens Culturais da Igreja se reúne em Brasília

Os membros da Comissão Episcopal Especial para os Bens Culturais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se reuniram, na sede da entidade, em Brasília, para tratar da construção dos projetos da comissão criada, em maio, para fomentar o cuidado com o patrimônio material e imaterial da Igreja no Brasil. Este é o segundo encontro da comissão.

O arcebispo coadjutor de Montes Claros (MG) e presidente da comissão dom João Justino de Medeiros, diz que a reunião foi para organizar os trabalhos para os próximos 2 anos e estudar a forma que será feita a incorporação e a articulação com os projetos e experiências exitosas no âmbito da preservação e o cuidado com o patrimônio cultural da Igreja no Brasil.

“A ideia é trabalhar a formação, criar uma nova cultura. De valorização do patrimônio de cuidado, da inventariação, da catalogação. Isso significa preparar material, pessoas, estratégias para que esse bens que estão a serviço da evangelização e é são patrimônio do povo de Deus e da Sociedade sejam devidamente utilizados”.

Ainda segundo o bispo, será estabelecido de modo mais efetivo um diálogo instituição da comissão e os órgãos governamentais que como a comissão tem preocupações e cuidam do patrimônio cultural do país.

Estiveram presentes na reunião, o presidente dom João Justino de Medeiros, arcebispo coadjutor de Montes Claros (MG), que também preside a Comissão Episcopal para Cultura e Educação, o arcebispo de Maceió (AL), dom Antônio Muniz e o bispo de Petrópolis (RJ), dom Gregório Paixão. Além do padre Helton Ferreira Rodrigues, da diocese de Divinópolis (MG), especialista em Bens Culturais da Igreja.

 

CNBB

Baixe materiais especiais para seu grupo

Casal se prepara para romaria a pé de Vila Velha até Aparecida

Um casal de Vila Velha, no Estado de Espírito Santo, vai fazer uma longa peregrinação de aproximadamente 700 km a pé do Convento da Penha até o Santuário Nacional de Aparecida entre os dias 02 e 30 de setembro.

Ismael e Maria Braggio, de 70 e 66 anos, respectivamente, estão com a missão especial de percorrer 29 localidades diferentes até chegar ao destino final. Eles passarão por comunidades, paróquias e igrejas do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo até chegar a Casa da Mãe Aparecida. “Pretendo cada noite ir numa comunidade ou paróquia da cidade em que me encontrar. O objetivo é rezar agradecendo e pedindo ao Senhor e Nossa Senhora a proteção para esta peregrinação”, explica Ismael.

Em todos os lugares por onde os dois passarão, já está tudo programado para se ter uma missa, um momento de oração ou a reza do terço e quem programou e agendou tudo foi “Dona Mariinha”, como é mais conhecida a esposa de Ismael.

O itinerário não vai ser feito de qualquer modo, pois eles estão equipados com muitos suprimentos para emergências e uma Kombi temática que irá escoltá-los durante o caminho. Quem vai dirigir o veículo é um sobrinho do casal.

Eles também doarão para os anfitriões, pequenas imagens de Aparecida, como forma de agradecimento. As imagens foram todas compradas no Santuário Nacional.

A ideia é andar entre 15 Km e 45 km , diariamente:

Fé gratuita

Mariinha conta que o idealizador da peregrinação foi Ismael. Ela diz que irá apenas dar um apoio moral e necessário, mas quem vai percorrer todo o caminho a pé será ele. “A minha esposa, Mariinha, vai caminhar também, só que será de 8 a 10km por dia. Depois ela entrará na Kombi e irá somente como apoio a minha caminhada”, conta.

Ao perguntar se é alguma forma de agradecer algum milagre, pedido ou graça, a reposta é o amor gratuito por Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. “Estamos no Ano Mariano, são 300 anos da Aparição de Nossa Senhora Aparecida. Então, tomei a decisão de caminhar e assim me programei e estou me preparando”, diz Ismael.

Em todos os lugares por onde passarem, um caderno de mensagens será assinado pelas pessoas que irão receber o casal em casas ou comunidades. Depois o caderno será entregue como ex-voto na Sala das Promessas.

Ismael e Maria Braggio (Mariinha) em rumo ao Santuário Nacional de Aparecida

 

A12

Baixe materiais especiais para seu grupo

Cardeal Stella a diáconos: crescer no espírito do acolhimento

Cardeal Beniamino Stella

“Esta iniciativa oferece a vocês a oportunidade de ouvir ilustres relatores e, mais ainda, de refletir sobre a especificidade do ministério diaconal, caracterizado por aquela caridade evangélica que se expressa justamente no serviço aos mais fracos.”

Foi o que escreveu o prefeito da Congregação para o Clero, Cardeal Stella, na mensagem que enviou aos diáconos reunidos até este sábado (05/08) em Altavilla Milicia, na província de Palermo – sul da Itália – por ocasião de seu encontro nacional.

O purpurado evocou as palavras do Papa dirigidas propriamente aos diáconos durante a celebração de seu Jubileu: “Papa Francisco quis especificar que o discípulo do Senhor deve ter a ambição de tornar-se servidor”.

“Esta ‘santa ambição’ – assim a define o Cardeal Stella -, que nos liberta da tentação de tomar posse do ministério ao qual somos chamados na Igreja e de fazer dele um instrumento de poder, nos ajude a crescer no espírito evangélico do acolhimento, da proximidade e do serviço com compaixão, sobretudo para com os irmãos que vivem situações de sofrimento e de enfermidade”, foi a exortação do prefeito da Congregação para o Clero.

Sobre Cardeal Beniamino Stella

Dom Beniamino foi o segundo dos doze filhos de Giuseppe Stella e Rosa Pederiva, que eram fazendeiros em Pieve di Soligo, na comuna italiana de Treviso.

Seu pároco foi fundamental na sua decisão de ingressar no seminário. Depois de terminar o ensino médio, em 1960, mudou-se para Roma, ingressando no Seminário Pontifical Romano Maggiore. Estudou Filosofia e Teologia, na Pontifícia Universidade Lateranense.

Em 1965, seu bispo, Albino Luciani (que se tornaria o Papa João Paulo I, eleito em 1978) da Diocese de Vittorio Veneto, mandou-o para a Pontifícia Academia Eclesiástica, em Roma, para estudar Diplomacia, curso que concluiu em 1970, obtendo também doutorado em Direito canônico.

 

Rádio Vaticano

Baixe materiais especiais para seu grupo

Dom Orlando faz convite especial para o Congresso Mariológico

O arcebispo de Aparecida e presidente da Academia Marial, Dom Orlando Brandes, convida todas as pessoas a participarem do XI Congresso Mariológico Internacional.

XI CONGRESSO MARIOLÓGICO INTERNACIONAL: 300 ANOS DE DEVOÇÃO E FÉ

Organização de um evento internacional, nos dias 9 a 12 de agosto de 2017, dedicado ao estudo interdisciplinar sobre a devoção a N. S. Aparecida no contexto das comemorações dos 300 anos de sua aparição no rio Paraíba.

A organização do Evento está a cargo do Programa de Pós Graduação em Ciência da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e da Academia Marial do Santuário de Aparecida. O evento conta com um Comitê Científico composto por especialistas que garantirá a qualidade acadêmica das comunicações e mesas redondas.

Programação:

Quarta-feira: 09 de agosto de 2017

19:30 – Abertura (Oração de abertura)
Composição da Mesa diretora
Execução do Hino Nacional pela Orquestra do Santuário
20:30 – Conferência da Abertura: as hermenêuticas de Aparecida – Maria Clara Bingemer
21:30 – Momento Mariano (Oração)

Quinta-feira: 10 de agosto de 2017

09:00 – Celebração eucarística (No Santuário Nacional e transmitido pela TV Aparecida)
09:30 – Coffee Break
10:30 – Conferência 1:
A história da devoção a Aparecida no contexto do catolicismo popular – Pe. Dilermando Ramos Vieira
12:00 – Almoço
14:00 – Mesa: O mito de origem da devoção
A imagem das águas: leitura junguiana – Denise Ramos
Análise comparada dos mitos de origem dos Santuários brasileiros – Edin Abumanssur
15:15 – Coffee Break
15:30 – Mesa Redonda
19:30 – Noite Cultural: Orquestra PEMSA
Lançamento de livros
Abertura da exposição iconográfica “Aparecida – 300 Anos” (A história da devoção a N.S. Aparecida)

Sexta-feira: 11 de agosto de 2017

8:00 – Laudes
8:30 – Conferência II:
A devoção a Aparecida e a identidade nacional brasileira – Rubem Cesar Fernandes
09:30 – Coffee Break
10:00 – Seminários
12:00 – Almoço
14:00 – Conferência III:
Ancoragens mariológicas – Afonso Murad
15:15 – Coffee Break
15:30 – Seminários
19:30 – Mesa 1:
A devoção mariana na América Latina entre o popular e o oficial – Lina Boff

Sábado: 12 de agosto de 2017

08:30 – Laudes
09:00 – Conferência de encerramento
18:00 – Celebração eucarística (Encerramento)

Local: Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida – Santuário Nacional

Conheça um pouco sobre os palestrantes do evento:

Maria Clara Bingemer – tema: As hermenêuticas de Aparecida
Doutora em teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, formada em Comunicação Social, é professora da PUC Rio de Janeiro no departamento de Teologia e diretora de conteúdo do site Amai-vos.

Dilermando Ramos Vieira – tema: A história da devoção a Aparecida no contexto do catolicismo popular
Docente e pesquisador da Pontifícia Faculdade Teológica Marianum de Roma. Estudou filosofia na Universidade Católica de Belo Horizonte e Teologia pela Universidade Católica de Santiago no Chile. Possui mestrado em Mariologia pela Universidade Marianum e doutorado em História Eclesiástica junto à Pontifícia Universidade Gregoriana, ambas de Roma.

Denise Ramos – tema: A imagem das águas: leitura junguiana
Doutora em Psicologia clínica pela PUC-SP, é professora titular e responsável pela implantação do Núcleo de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Clínica da mesma instituição.

Edin Abumanssur – tema: Análise comparada dos mitos de origem dos Santuários brasileiros
Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP e professor associado da mesma instituição.

Rubem Cesar Fernandes – tema: A devoção a Aparecida e a identidade nacional brasileira
Doutor em Ciências Sociais e professor associado pela PUC-SP, é também diretor do Viva Rio e assessor do ISER (Instituo de Estudos da Religião).

Zenilda Cunha – tema: A composição do espaço sagrado do Santuário Nacional de Aparecida
Historiadora com ênfase em Turismo Cultural

Jorge Sampaio – tema: Aparecida em números
Missionário redentorista é pós-graduado em gestão empresarial e marketing na Fundação Getúlio Vargas.

Cecília Domezi – tema: Maria e as mulheres
Doutora em Ciências da Religião pela PUC-SP é professora do Instituto São Paulo de Estudos

Haidi Jarschel – tema: Maria e as mulheres
Mestre em Bíblia pela Universidade Metodista de São Paulo é professora do Instituto São Paulo de Estudos Superiores.

Ir. Afonso Murad, FMS – tema: Ancoragens mariológicas
Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma é Professor na Faculdade Jesuíta de Belo Horizonte (MG).

João Manuel Duque – tema: Devoção mariana entre Portugal e Brasil
Doutor em Teologia pela Universidade de Frankfurt é professor de Teologia Sistemática na Universidade Católica Portuguesa, na cidade de Braga.

Vitor Hugo – tema: A pastoral do Santuário: um balanço histórico
Missionário redentorista e psicólogo

Agenor Brighenti – tema: Aspecto teológico-pastorais da devoção a Maria
Doutor em Ciências Teológicas e Religiosas e mestre em Teologia Pastoral pela Universidade Católica de Louvaina na Bélgica, especialista em Pastoral Social pelo Instituto Teológico Pastoral do CELAM, graduado em Teologia pelo Instituto Teológico de Santa Catarina e em Filosofia pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Professor visitante na Universidade Católica do México, no ITESC e no ITEPAL do CELAM. Presidente do Instituto Nacional de Pastoral da CNBB. Atua nos temas: Método Teológico, Teologia e Ação Pastoral, Teologia e Modernidade, História da Igreja, Teologia e Ciência. Foi perito do Celam na Conferência de Santo Domingo e da CNBB em Aparecida.

Lina Boff – tema: A devoção mariana na América Latina entre o popular e o oficial
Doutora em Teologia pela PUC-RJ, Ir. Lina Boff é professora emérita da Pontifícia Universidade Católica do Rio; professora de Mariologia na Faculdade dos Franciscanos em Petrópolis e professora convidada para bancas de admissão de professores ordinários pelo Antonianum de Roma.

Material de estudo:
Academia Marial e PUC São Paulo organizam livro sobre o XI Congresso Mariológico

Os conteúdos das palestras e seminário do XI Congresso Mariológico Internacional farão parte de um livro, que será entregue a todos os participantes inscritos no evento.

A publicação traz o tema do XI Congresso, ‘Aparecida: 300 anos de fé e devoção’ reunindo textos que oferecem reflexões diversas, tendo como base abordagens próprias da ciência da religião, assim como da teologia. Além de ser uma homenagem a Nossa Senhora Aparecida, trazendo vários aspectos desta devoção.

O material foi organizado pela Academia Marial, através do missionário redentorista e jornalista, padre César Moreira, e da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) por meio do professor em teologia, João Décio Passos.

A obra está estruturada em três partes que concentram os aspectos históricos, as dinâmicas da devoção e as relações entre a devoção e a vida de fé do povo, contado com textos de oito autores.

O livro ‘Aparecida: 300 anos de fé e devoção’ será lançado na Noite Cultural, realizada durante o XI Congresso Mariológico no dia 10 de agosto, a partir das 19h, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida.

O livro estará disponível para venda pela Editora Santuário.

 

A12

Baixe materiais especiais para seu grupo