Notícias

20 mil jovens formarão a “Guarda do Papa” no Peru

Lima (RV) – Seguem os preparativos para a chegada do Papa Francisco ao Peru em 18 de janeiro de 2018.

Já foram identificados em Lima dois locais aptos a acolher entre 2 e 5 milhões de pessoas. Uma “guarda do Papa” formada por 20 mil jovens voluntários dará apoio e assistência aos fiéis durante os encontros com o Papa.

À espera de aprovação

“Existem poucos locais em Lima” capazes de reunir multidões, “ porém em Roma já sabe quais são e estamos à espera da aprovação”, declarou à RPP Noticias o Diretor da Comissão organizadora do Arcebispado de Lima, Padre Luis Gaspar Uribe.

Em Lima o Papa terá dois encontros que deverão reunir milhares de fiéis: um deles com os jovens e o outro com as famílias e a população no geral.

Comissões vaticanas

Uma das Comissões do Vaticano encarregada das viagens pontifícias já esteve no Peru há dois meses, para avaliar os locais aptos a receberem os eventos com o Papa. Dias mais tarde foi a vez dos encarregados das medidas da segurança visitarem o país andino.

“Estas comissões levam suas informações e o Vaticano as analisa. Logo, vem a aprovação do programa”, comentou Padre Gaspar.

Voluntários formarão “Guarda do Papa”

O sacerdote também anunciou que mais de 20 mil jovens voluntários farão parte da “Guarda do Papa”, que dará apoio logístico durante a visita do Pontífice ao país.

A “guarda” será formada por jovens de boa vontade de todos os estratos sociais, e estarão encarregados de ajudar as pessoas que participarão dos encontros com o Papa Francisco em Lima, Trujillo e Puerto Maldonado.

“Papa vem como um pai”

“O Santo Padre não vem como um artista, não vem dar um show, fazer teatro ou participar de um circo. Ele vem como um pai que visita seus filhos”, sublinhou Padre Gaspar.

Site

O sacerdote antecipou que na primeira semana de agosto será lançado o site sobre a visita, onde estará disponível, entre outros, um espaço para a inscrição dos jovens que queiram fazer parte da “guarda”.

“Uma das características em todas as visitas dos papas são os jovens”, observou.

O Papa deverá chegar ao Peru no final da tarde do dia 18. No dia seguinte irá à Puerto Maldonado. Em 20 de janeiro passará o dia em Trujillo, enquanto que o domingo 21 será dedicado à capital Lima.

(JE/RPP Noticias)

br.radiovaticana.va

Baixe materiais especiais para seu grupo

JMJ do Rio: milhares de jovens identificados com o resgate transformador da fé

Erebango (RV) – Eu me emociono. Tu te emocionas… Nós todos nos emocionaremos com o depoimento de Caroline. A Caroline Dreier, 37 anos, de Erebango, cidade ao norte do Rio Grande do Sul. Uma história que poderia ser a mesma de milhares de jovens que, a cada três anos, participam da Jornada Mundial da Juventude.

A Caroline de hoje, é advogada e procuradora de Erebango, mas também é cursilhista, já foi catequista, faz parte do Apostolado da Oração, canta e toca violão nas celebrações, é devota de Nossa Senhora e coordenadora da Pastoral da Juventude da Capela de São Sebastião. A Caroline da nossa história também é facilitadora de Círculos de Construção de Paz, da Justiça Restaurativa e participante da Escola de Perdão e Reconciliação.

Todo esse movimento ativo e inspirador que ela mesma descreve como “Tudo por Jesus, Nada sem Maria”, tem raízes na família católica: os pais são ministros da Eucaristia e líderes comunitários.

Caroline Dreier vai consturando a sua própria trajetória transformadora de vida a partir do magistério do Papa Francisco e das JMJ que participou, tanto do Rio, em 2013, como da Polônia, em 2016. Um resgaste da fé e de retorno à Igreja Católica vividos pela nossa Caroline de hoje, mas que poderia se identificar com milhares de Carolines espalhadas pelo mundo.

O depoimento da jovem em reportagem especial de Andressa Collet você pode ouvir aqui:

br.radiovaticana.va

Baixe materiais especiais para seu grupo

França: Cardeal Filoni presente na festa do Cura d’Ars

Cidade do Vaticano (RV) – Por ocasião da Festa do “Santo Cura d’Ars”, o Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni, visitará a cidadezinha francesa de Ars-sur-Formans, localizada cerca de 30 km ao norte de Lyon, entre as colinas de Ain, anunciou o site do Santuário de São João Maria Vianney.

As celebrações terão início na tarde de quinta-feira, 3 de agosto, às 16 horas, com uma conferência do purpurado. Já às 17h30min o Bispo da Diocese de Belley-Ars, Dom Pascal Roland, celebrará uma Missa pelas vocações.

A partir das 20 hora será realizada a “Noite da Misericórdia”, com adoração e confissões e uma “Noite de Adoração” na basílica do santuário.

Na sexta-feira, 4 de agosto, após a oração das Laudes às 9 horas, as celebrações terão prosseguimento às 10 horas com a Missa na Igreja Notre-Dame-de-la-Miséricorde, com a exposição do Santíssimo Sacramento ao meio-dia.

As crianças não foram esquecidas. Para elas foi elaborado um programa especial das 13 às 14h30min.

Às 15 horas terá início uma procissão que sairá do Castelo de Ars com a relíquia do Santo.

Às 16 horas serão celebradas as Vésperas Solenes na Igreja Notre-Dame-de-la-Miséricorde.

O simples, austero e tenaz sacerdote foi canonizado pelo Papa Pio XI em 1925. Quatro anos mais tarde foi elevado a “Santo padroeiros de todos os párocos do universo”.

(JE com Zenit)

br.radiovaticana.va

Baixe materiais especiais para seu grupo

Aparecida: Papa coloca aos pés de Maria a vida do povo latino-americano

Aparecida (RV) – Na manhã de 24 de julho de 2013, 4 anos atrás, o Papa Francisco presidiu a celebração eucarística no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no âmbito de sua viagem apostólica ao Rio de Janeiro por ocasião da 28ª Jornada Mundial da Juventude.

Antes da missa, o Pontífice venerou a Imagem da Virgem de Aparecida na Sala dos 12 Apóstolos do Santuário Nacional.

Vamos recordar alguns trechos da homilia do Papa Francisco que começou assim:

“Quanta alegria me dá vir à casa da Mãe de cada brasileiro, o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. No dia seguinte à minha eleição como Bispo de Roma fui visitar a Basílica de Santa Maria Maior, para confiar a Nossa Senhora o meu ministério. Hoje, eu quis vir aqui para suplicar à Maria, nossa Mãe, o bom êxito da Jornada Mundial da Juventude e colocar aos seus pés a vida do povo latino-americano.”

A seguir, o Papa recordou que no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida realizou-se, em 2007, a V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe.

“Aquela Conferência foi um grande momento de vida de Igreja. E, de fato, pode-se dizer que o Documento de Aparecida nasceu justamente deste encontro entre os trabalhos dos Pastores e a fé simples dos romeiros, sob a proteção maternal de Maria. A Igreja, quando busca Cristo, bate sempre à casa da Mãe e pede: ‘Mostrai-nos Jesus’. É de Maria que se aprende o verdadeiro discipulado.”

“Assim, de cara à Jornada Mundial da Juventude que me trouxe até o Brasil, também eu venho hoje bater à porta da casa de Maria, que amou e educou Jesus, para que ajude a todos nós, os Pastores do Povo de Deus, aos pais e aos educadores, a transmitir aos nossos jovens os valores que farão deles construtores de um País e de um mundo mais justo, solidário e fraterno.”

A seguir, o Papa chamou a atenção para três posturas que o cristão deve ter. A primeira, conservar a esperança.

“Quantas dificuldades na vida de cada um, no nosso povo, nas nossas comunidades, mas, por maiores que possam parecer, Deus nunca deixa que sejamos submergidos. Frente ao desânimo que poderia aparecer na vida, em quem trabalha na evangelização ou em quem se esforça por viver a fé como pai e mãe de família, quero dizer com força: Tenham sempre no coração esta certeza! Deus caminha a seu lado, nunca lhes deixa desamparados! Nunca percamos a esperança!”

Sobre a segunda postura, deixar-se surpreender por Deus, o Papa disse:

“A história deste Santuário serve de exemplo: três pescadores, depois de um dia sem conseguir apanhar peixes, nas águas do Rio Parnaíba, encontram algo inesperado: uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. Quem poderia imaginar que o lugar de uma pesca infrutífera, tornar-se-ia o lugar onde todos os brasileiros podem se sentir filhos de uma mesma Mãe? Deus sempre surpreende, como o vinho novo, no Evangelho que ouvimos. Deus sempre nos reserva o melhor.”

Na terceira e última postura, viver na alegria, o Papa ressaltou:

“O cristão é alegre, nunca está triste. Deus nos acompanha. Temos uma Mãe que sempre intercede pela vida dos seus filhos, por nós, como a rainha Ester na primeira leitura. Jesus nos mostrou que a face de Deus é a de um Pai que nos ama.”

(MJ)

br.radiovaticana.va

Baixe materiais especiais para seu grupo

Prêmio Pe Jacques Hamel para iniciativas de paz e de diálogo inter-religioso

Paris (RV) – Como dar um sentido à trágica morte do Padre Jacques Hamel, assassinado por dois jovens terroristas jihadistas em 26 de julho quando celebrava a missa na Igreja de Saint-Étienne-du-Rouvray?

Também com esta intenção a Federação francesa das Mídias Católicas (FMC) “decidiu, para honrar sua memória e apoiar todas as iniciativas em favor da paz em geral e do diálogo inter-religioso em particular, criar o “Prêmio Padre Jacques Hamel”, com o objetivo de recompensar trabalhos jornalísticos de qualidade a serviço dessas causas”, diz um comunicado da instituição.

O papel da mídia na luta contra o ódio

“Nas tragédias que marcaram a atualidades destes últimos meses, na França e em outros lugares, os meios de comunicação são essenciais para evitar a disseminação do ódio e da violência”, acrescenta a nota da FMC.

Atribuído por um júri formado “por personalidades de diversas origens”, este prêmio, no valor de 1.500 euros, será entregue no próximo Dia Internacional de São Francisco de Sales, em Lourdes, em janeiro de 2018, precisa a nota da Federação.

Criação original

O concurso “é aberto a todos os produtores de uma criação original, sejam eles jornalistas profissionais ou correspondentes, funcionários de uma empresa ou independentes.”

Esta criação, que poderá ser um artigo de jornal escrito, um trabalho radiofônico ou de televisão, deverá ter sido publicado ou divulgado nos meios de comunicação em 2017.

Federação das Mídias Católicas francesas

A Federação das Mídias Católicas agrupa a imprensa escrita nacional católica, a imprensa católica regional, a imprensa de movimentos e serviços eclesiais, a imprensa paroquial, as rádios e televisões católicas, as editoras católicas.

Sua sede está localizada nas instalações da Bayard, grupo de mídia que publica o jornal La Croix, Pèlegrin, Croix Aujourd’hui, e Panorama.

Todas as informações complementares sobre as modalidades do concurso e atribuições do prêmio podem ser obtidas no site www.medias-catholiques ou pelo e-mail federation@medias-catholiques.fr.

(JE/La Croix)

br.radiovaticana.va

Baixe materiais especiais para seu grupo