Liturgia católica – Anos A, B e C

Liturgia

ANO  C:  1º Domingo do Advento – 28/11/2021 à Solenidade de Cristo Rei – 20/11/2022

Repertório para Missa do 2° domingo do Advento

Listamos algumas sugestões de canções para serem cantadas na Santa Missa do 2° domingo do Advento

Preparamos para o 2° domingo do Advento, 4 de dezembro, uma sugestão de repertório para os ministérios de música das comunidades e paróquias.

750x430-capamusica-repertorio02.jpg

Repertório para Missa do 2° domingo do Advento

Entrada: Vem, Senhor! (Juliana de Paula)/Partitura

Ato Penitencial: Kyrie (Amor e Adoração)/Partitura

Aclamação: Luz para o meu caminho (Amor e Adoração)/Partitura

Ofertório: Minha vida tem sentido (Padre Zezinho)/Partitura

Santo: Santo (Emanuel Stênio)/Partitura

Comunhão: Deus de Israel (Mons. Jonas Abib)/Partitura

Final: Maranatha (Eliana Ribeiro)/Partitura

+ Mais músicas

cancaonova.com

O Advento do Senhor, tempo de alegria e graça!

advento_celebracao

Estamos iniciando o novo ano litúrgico. O Advento é preparação para o nascimento de Cristo Jesus no seu santo Natal. Tempo de alegria e graça!
Fomos fortalecidos na fé pelo Ano da Misericórdia encerrado em 20 de novembro passado, solenidade de Cristo Rei.

Tivemos um ano rico pelas provas de amor que Deus nos deu, seu amor é incondicional e infinito. Mas tudo isso é uma interrogação. Pede uma resposta, atos, atitudes, generosidade da nossa parte. Deus dá tudo de si a nós. E nós, o que damos?

Deixemos as ambições, as vaidades, o orgulho, a prepotência e acolhamos o Filho de Deus que vem na mais extrema pobreza para nos ensinar o que significa humildade. Ele, que é o criador, o todo-poderoso, não encontra um espaço, por mais simples que seja, para nascer! Quem o acolhe são os animais e os pastores.

Viver o tempo do Advento não é apenas atravessar um tempo. E vivenciá-lo juntamente com a mãe de Deus. E deixar-se mover pela expectativa do nascimento do Filho amado do Pai que vem para nos ensinar a viver como filhos e filhas de Deus.

E hoje, se Cristo viesse de novo, encontraria lugar para nascer, para se hospedar? Alguma porta se abriria para acolhê-lo? Os tempos passaram, e o ser humano muitas vezes continua cego, egoísta, desconfiado, sem tempo e apressado. O santo Natal é tempo favorável para meditarmos diante do presépio: onde estou, o que estou construindo, em quem deposito minha confiança, minha fé: no dinheiro, nas armas, no poder, no possuir?

Jesus vai nascer, vem ao nosso encontro. Ele não nasce historicamente, mas no coração de cada um, em cada momento. Cabe-nos acolhê-lo e praticar o bem, a justiça, a verdade. Nossa fé é o termómetro do que somos e em quem cremos.

Que este Natal seja novo, para o ser humano novo!

E para celebrar esse Advento listamos as músicas tradicionais mais usadas:

Abertura
Alegrai-vos, ele está bem perto
Das alturas orvalhem os céus
Eis que de longe
O Senhor virá libertar
Ó vem, ó vem, Emanuel
Oh, vinde, enfim
Quando virá, Senhor
Senhor, vem salvar

Acendimento da Vela da Coroa do Advento
A luz virá
Acendamos a lamparina
Uma vela se acende

Aclamação ao Evangelho
Aleluia! Eis a serva
Aleluia! Ó Senhor, abre os ouvidos
Aleluia! Vem mostrar-nos

Apresentação das Oferendas
A nossa oferta apresentamos
Muito suspira por ti

Comunhão
Convertei-nos, Senhor Deus
Ouço uma voz lá no deserto
Vigiai, eu vos digo

Louvor final
Como o sol nasce

D. Geraldo Majella Agnelo
Cardeal Arcebispo Emérito de Salvador

Seleção de músicas – portalkairos.org

São Padre Pio de Pietrelcina, rogai por nós!

São Padre Pio de Pietrelcina

São Padre Pio de Pietrelcina

São Pio de Pietrelcina, alívio para os sofrimentos dos fiéis

Francesco Forgione nasceu em Pietrelcina, numa cidadezinha chamada Província de Benevento no dia 25 de maio de 1887. Era de uma família de camponeses e seus pais se chamavam Grazio Forgione e Maria Giuseppa Di Nunzio. A sua vocação foi percebida e experimentada por ele mesmo logo na sua infância tão sofrida, cheia de necessidades e em grande santidade, como foi a sua vida inteira. Entrou para o convento em 6 de janeiro de 1903 na ordem dos Capuchinhos¹ e ordenado sacerdote na Catedral de Benevento no dia 10 de agosto de 1910 e por motivo de doença, passou por alguns conventos até chegar ao Convento de San Giovanni Rotondo em 4 de setembro de 1916, onde permaneceu até a sua morte, no dia 23 de setembro de 1968.

Sua vida foi de intensa entrega a Deus e trabalho constante, atendia até quatorze horas seguidas de confissão, orava sem cessar, celebrava a Santa Missa com muito fervor e ainda era perseguido tanto pelos homens quanto pelo próprio demônio, que lhe aparecia para perturbá-lo, mas que nunca conseguiu vencê-lo, pois a missão que Deus tinha para este servo amado foi realizada até o extremo, prevalecendo assim a vontade de Deus.

Falar deste homem santo não é fácil, pois a sua santidade é um mistério de Deus e seu testemunho de vida arrastou e arrasta multidões de fiéis no mundo inteiro. A sua simplicidade e devoção fazem com que compreendamos que é possível alcanças a santidade, mesmo neste mundo tão chio de pecados e “atrações”.

Padre Pio carregava em seu corpo as chagas de Cristo Crucificado, sofria demasiadamente as dores do calvário, tinha que conviver com os estigmas que Deus lhe deu. Dentre muitos de seus carismas, Padre Pio tinha um muito especial que é a bilocação, que resulta na presença simultânea de uma pessoa em dois lugares diferentes.

Leia mais

Baixe o Hino de Nossa Senhora Aparecida 2016

Prepare-se para a Novena e Festa da Padroeira do Brasil 2016!

Baixe o Hino de Nossa Senhora Aparecida 2016:

meninos_novena_2016

O rio Paraíba, que nasce em São Paulo e deságua no litoral fluminense, era limpo e piscoso em 1717, quando os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves resgataram a imagem de Nossa Senhora Aparecida de suas águas.

Estamos em preparação para a Novena e Festa da Padroeira do Brasil.
Um grande momento de devoção e fé do povo brasileiro!
Nos últimos anos, os temas foram voltados a reflexões e orações dos mistérios do rosário. Neste ano de 2016, ano do Jubileu do Tricentenário do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida e Ano Santo da Misericórdia, o tema central decidido foi: “O Rosto Misericordioso de Maria”. A proposta é despertar no coração do nosso povo toda ternura e misericórdia que a Mãe de Jesus tem por nós.

Os temas por dia são

Dia 1 – Maria, Senhora Aparecida, Mãe de Misericórdia
Dia 2 – Maria, Senhora da Esperança e da vida
Dia 3 – Maria, Senhora dos pobres e excluídos
Dia 4 –  Maria, Senhor dos humildes e abandonados
Dia 5 –  Maria, Senhora e auxílio da Igreja
Dia 6 –  Maria, Senhora e amparo dos sofredores
Dia 7 –  Maria, Senhora e mãe missionária
Dia 8 –  Maria, Senhora e Modelo da Juventude
Dia 9 –  Maria, Senhora e mãe da Igreja peregrina

velas_novena_2016Todo conteúdo de preparação para a Festa pode ser encontrado no livro: Novena e Festa da Padroeira do Brasil 2016 e aqui no Portal Kairós.

O livro contém os textos da novena diária, os cânticos que serão cantados durante as celebrações e a missa da Solenidade de Nossa Senhora Aparecida.
Prepare-se para a Festa e celebre sua fé e devoção a Nossa Senhora Aparecida!

Repertório para Missa do 18º domingo do Tempo Comum

Listamos algumas sugestões de canções para serem cantadas na Santa Missa do 18° domingo do tempo comum

Preparamos para o 18º domingo do Tempo Comum, 31 de julho, uma sugestão de repertório para os ministérios de música das comunidades e paróquias.

capa-repertorio-musica.jpg

Entrada: Refúgio e Salvação (Amor e Adoração)/Partitura

Ato Penitencial: Kyrie (Amor e Adoração)/Partitura

Glória: Com. Shalom /Partitura

Aclamação: Aleluia Coral CN /Partitura

Ofertório: Estar em tuas mãos (Com. Shalom)/Partitura

Santo: Santo…”Cheios da vossa glória” (Toca de Assis)/Partitura

Comunhão: Tudo Passa (Salette Ferreira)/Partitura

Final: És a escolhida (Amor e Adoração) /Partitura

+ Mais músicas

cancaonova.com

Palavra oficial do Papa