5º dia da Novena da Padroeira 2022

5º Dia – Com Maria, construir uma Igreja de escuta, encontro e discernimento!

07/10/2022

1º dia da Novena da Padroeira 2022

06h00 – Alvorada
06h45 – Missa
09h00 – Missa
10h30 – Missa
12h00 – Missa

14h30 – Acolhida no Altar Central
15h00 às 16h15 – Novena da Tarde
16h30 – Missa

18h30 – Acolhida no Altar Central
19h00 às 20h30 – Novena Solene
20h30 – Apresentação da Orquestra PEMSA (Fachada Norte)
Pregador: Dom Mário Antônio da Silva – Arcebispo de Cuiabá (MT)

YouTube Ao Vivo Novena 2020
TV Aparecida Ao Vivo Novena 2020
Rádio Aparecida Ao Vivo Novena 2020

Acompanhe o 5º dia da Novena da Padroeira 2022

5º dia da Novena da Padroeira 2022

01 – Reunidos com Maria, no Senhor

1. Reunidos com Maria, no Senhor
P.: Em nome do Pai † e do Filho e do Espírito Santo.
— Amém!
P.: Ó Espírito Divino, dai-nos ouvidos de discípulos a escutar o que nos diz o Senhor.
— Conduzi-nos no caminho da verdade e ajudai-nos a dialogar e viver na força da unidade.
P.: Maria, vós soubestes escutar o recado do céu, que o Anjo Gabriel vos trouxe em Nazaré. Despertai-nos para o diálogo com nosso mundo plural! Dai-nos coração acolhedor, que caminhe na diversidade da dedicação ao Reino do Céu.
— Convosco, ó Maria, vamos construir a Igreja do diálogo, do encontro, do perdão.
Amém.

02 – Maria vem a nosso encontro

P.: Senhora Aparecida, vinde nos ensinar a dialogar com quem pensa diferente de nós. Contando com eles, fazei-nos artesãos da paz, que construam o Reino da vida.
— Dai-nos vossa força bendita, ó Maria, para sermos a Igreja viva, que escuta e sabe dialogar. Amém.

(Entronização da Imagem da Senhora Aparecida — Incensação — Silêncio orante — Na sequência canta-se:)

— Ó Senhora e Mãe do Céu, Maria, clamamos a vós!
— fazei-nos escutar o Senhor,
— e cumprir sua santa vontade.
Lá no céu, rogai a Deus por nós!
— Senhora e Mãe de Misericórdia,
Maria, clamamos a vós!
— ajudai-nos a viver o Evangelho,
— dialogando com a sociedade.
Lá no céu, rogai a Deus por nós!
P.: Ó Deus, que fazeis nascer flores nos vales e planícies, fazei brotar em vossa Igreja o diálogo acolhedor, que nos transforme em vossa Igreja da escuta, do encontro e discernimento para a construção de vosso Reino. Ajudai-nos!
— Assim seja.
Amém!

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Novena de Nossa Senhora 2022 para imprimir

03 – A Palavra vem nos libertar

L.: A Palavra ouvida e acolhida nos desperta para o encontro e o diálogo entre irmãos e irmãs.
— E nos faz Comunidade alegre no serviço da caridade.
L.: Como Nicodemos, busquemos o Senhor para escutar seu ensinamento, que nos traz vida, paz e salvação.
— A Palavra da verdade encontre sempre seu lugar em nosso coração.
Amém.

(Entrada da Palavra)

— Cântico à Palavra de Deus
— Anúncio — Nicodemos e Jesus — Jo 3,1-8

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo João.
1Havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, que pertencia à elite do povo judeu.
2Certa noite, ele foi ter com Jesus e lhe disse: “Rabi, sabemos que vens da parte de Deus como Mestre; pois ninguém é capaz de fazer os sinais que fazes, se Deus não estiver com ele”.
3Respondeu-lhe Jesus: “Na verdade, na verdade, te digo: se não nascer do alto, ninguém pode ver o Reino de Deus”.
4Nicodemos perguntou-lhe: “Como pode o homem nascer, sendo já velho? Pode entrar outra vez no seio de sua mãe e nascer?”
5Respondeu-lhe Jesus: “Na verdade, na verdade, te digo: se não nascer da água e do Espírito, ninguém pode entrar no Reino de Deus.
6O que nasce da carne é carne; o que nasce do Espírito é espírito.
7Não te admires do que eu te disse: deveis nascer do alto.
8O vento sopra onde quer, e a gente ouve sua voz, mas não sabe de onde vem nem para onde vai.
Assim é todo aquele que nasceu do Espírito”. — Palavra da Salvação!

(Pregação, Mensagem; ao final cantam-se os “Louvores” seguintes:)

— Ó Mãe da Palavra encarnada,
Maria, clamamos a vós!
— firmai-nos na verdade de Cristo,
— vivendo o Evangelho com alegria.
Lá no céu, rogai a Deus por nós!— Vinde, ó Palavra divina,
Maria, clamamos a vós!
— Iluminai o povo peregrino,
— fazei-nos fiéis ao Evangelho.
Lá no céu, rogai a Deus por nós!

04 – Compromisso Solidário

L.: Maria, vosso Filho Jesus dialogou com nossa humanidade, aproximou-se dos mais fragilizados. Estendeu a mão para curar, perdoar, reintegrar no seio da Comunidade.
— Somos vossa Igreja, Senhor, em constante missão; fazei-nos buscar a quem está à margem da vida.
L.: Bendito seja o diálogo e o encontro entre diferentes, que levam ao discernimento e à prática da justiça, únicas forças capazes de construir uma sociedade fraterna de paz, anseio da inteira humanidade.
— Fortalecei-nos na esperança da paz, que brota do diálogo acolhedor com todas as forças da sociedade.
Amém.

(Procissão da Caridade. Terminada a Procissão, o Presidente reza:)

P: Oremos: Ó Pai, vós sois nosso Deus e nos destes Maria como Mãe que nos guarda e protege em Cristo, vosso Filho. Dissipai nosso medo de viver uma Igreja sinodal, comprometida com o diálogo, dentro e fora de seus muros, e que dá guarida aos mais feridos entre nós. Abri nosso ouvido para ouvir e acolher.
— Senhor, vós que fazeis brotar a água da vida aos sedentos, socorrei-nos com vossa misericórdia.
Amém.

05 – Testemunho Missionário

Santa Dulce dos Pobres

Irmã Dulce, a Dulce dos Pobres, tornou-se Religiosa aos 19 anos. Perdeu a mãe aos 7 anos, e como Religiosa adotou o nome de sua mãe. Sempre amou os pobres, os doentes e os humildes. Já aos 13 anos de idade, acolhia em sua casa os necessitados. Com aquela idade, não foi aceita no Convento de Santa Clara, por ser muito jovem. Formou-se professora em 1932, e no ano seguinte, entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em São Cristóvão, Sergipe. Dedicou inteiramente sua vida aos doentes, aos mais necessitados, convivendo com eles o mais que podia. Nada fez de extraordinário, pois extraordinário foi o amor que dedicava aos doentes e abandonados, pelo que é sempre lembrada. Foi beatificada pelo papa Bento XVI, em 10 de dezembro de 2011, e canonizada pelo papa Francisco, no dia 13 de outubro de 2019.

06 – Encontrar-se com o Senhor

L.: Ó Senhor, vós nos destes tanto amor em vossa Palavra e Cruz, em vossa Morte e Ressurreição. Será que ainda podeis inventar outras coisas para nos mostrar vosso amor? Sim, vós ainda quereis estar presente em um pedaço de Pão e ser nosso alimento de salvação.
— Ó Jesus, felizes os que vos amam e vos recebem em comunhão, unidos convosco e com os irmãos.
L.: Vinde, Senhor Jesus, atraí-nos para vós, e como a mãe que afaga com carinho seu filho e o embala em seus braços, guardai-nos em vosso coração manso e humilde.
— Vinde, Senhor Jesus, nós vos bendizemos, adoramos e agradecemos agora e sempre.
Amém.

(Entronização, Exposição e Adoração do Santíssimo — Diante do Santíssimo Sacramento, reza-se:)

L.: QUANDO a incerteza estiver diante de nós.
— Iluminai-nos, Deus da vida, Deus da Luz.
L.: QUANDO tudo parecer não ter mais solução.
— Iluminai-nos, Deus da vida, Deus da Luz.
L.: QUANDO a surpresa da dor nos tirar a tranquilidade.
— Iluminai-nos, Deus da vida, Deus da Luz.
L.: QUANDO nos esquecermos da utopia e do sonho.
— Iluminai-nos, Deus da vida, Deus da Luz.
L.: QUANDO o desânimo quiser nos impedir de viver.
— Iluminai-nos, Deus da vida, Deus da Luz. Amém.

Bênção do Santíssimo
(Cântico “Tão Sublime”)

07 – Com Maria, em Cristo

(Consagração)

P.: Maria, como foi belo o dia em que do céu recebestes a Notícia mais alvissareira que já pôde existir, e Gabriel, o Anjo do Céu, disse-vos em nome de Deus: “Alegra-te, cheia de graça”. A partir de lá, sois Nossa Senhora e conosco caminhais como Igreja peregrina no diálogo, na escuta, na acolhida.
— Sede bendita, Mariama, Mãe de Cristo e Mãe da Igreja, força materna do Deus que nos ama.
Amém.

(Consagração a Nossa Senhora)

08 – Agradecimentos

09 – Oferta das Flores

L.: Maria, sois a Flor mais bela do Jardim do Reino. Nas flores que vos trazemos, ajudai-nos a oferecer a Deus, o supremo jardineiro, o carinho com que se constrói seu Reino de paz, no diálogo e na acolhida de todas as forças de boa vontade.
— Benditas as mãos que oferecem flores, pois recusam a discórdia e a divisão.
L.: A vós, ó Mãe Aparecida, nossa gratidão, pois nos amparais nas lutas desta vida, no esforço contínuo de viver e testemunhar os valores do Reino de Jesus.
— Convosco, ó Maria, vamos florir o caminho do céu e alcançar a paz em vosso Jesus.
Amém.

10 – Envio Missionário

P.: Maria, como vós, devemos ser humildes diante de Deus. Sustentai-nos na palma de vossas mãos benditas e guardai-nos como vosso povo, que deseja caminhar convosco para o céu.
— Mãe querida, guardai vosso povo,
Maria, clamamos a vós!
— ajudai-nos a viver na esperança,
— conservai-nos no caminho de Jesus.
Lá no céu, rogai a Deus por nós!
P.: O Senhor nos fortaleça em sua paz e nos guie mundo afora, como Igreja que dialoga, que escuta e tem misericórdia.
— Amém!
P.: A você, que hoje rezou, que a brisa leve do Espírito de Deus sopre sobre sua existência… A luz de Cristo brilhe suave em sua face… Que uma chuva de graças caia de mansinho em sua vida. E, até que nos encontremos de novo, que Deus guarde você na palma da mão e abençoe você rica e poderosamente, em tudo e sempre.
— Amém! Assim seja!
P.: A festa da vida continua! Permaneçamos na paz de Jesus e na proteção da Senhora Aparecida.
— Amém!

(Homenagem do povo — Entrega das Flores)

 

 

A12 / Portal Kairós