Liturgia católica – Anos A, B e C

Liturgia

No dia 3 de dezembro de 2023, começa o Advento, tempo litúrgico em que a Igreja nos convida a preparar o coração para celebrar o Nascimento de Jesus!

Liturgia para o 1º Domingo da Quaresma 2024 do Ano B

Para: 18/02/2023

Liturgia para o 1º Domingo da Quaresma 2024

Liturgia para o 1º Domingo da Quaresma 2024

Textos conforme a 3ª edição típica do Missal Romano

Roxo – 1° DOMINGO DA QUARESMA
(Credo, Prefácio Quaresmal)

1ª Semana do Saltério

Sugestões Para a Celebração

1. O Primeiro Domingo da Quaresma assinala o início do sinal sacramental da nossa conversão, tempo favorável para a nossa salvação. Na Missa deste domingo, não faltem os elementos que sublinham tal importância; por exemplo, a procissão de entrada, com a ladainha dos santos. Durante a Missa do Primeiro Domingo da Quaresma, o Bispo celebre oportunamente na igreja catedral, ou em outra igreja, o rito da eleição ou da inscrição do nome, segundo as necessidades pastorais. (Paschalis Soilemnitatis)

2. Durante este tempo, é proibido ornar o altar Com flores; o uso de instrumentos musicais só é permitido para sustentar o canto. Excetuam-se o Domingo Laetare (4º Domingo da Quaresma), bem como as solenidades e festas.

3. Em todas as Missas e Ofícios, onde se encontrar, omite-se o Aleluia.

RITOS INICIAIS

Antífona da entrada – Cf. Sl 90,15-16

Ele me invocará e eu o ouvirei; hei de livrá-lo e glorificá-lo, vou saciá-lo com longos dias.
(Canto de Abertura)

SAUDAÇÃO

CP. Em nome do Pai e do Filho e do Espirito Santo,
T. Amém.
CP. A graça e a paz daquele que é, que era e que vem, estejam convosco.
T. Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor de Cristo.

INTRODUÇÃO AO MISTÉRIO CELEBRADO

L. (ou CP): Irmãs e irmãos, inseridos neste tempo oportuno, vamos com Cristo ao deserto da existência humana para, com Ele, vencer as seduções da maldade que nos desfiguram de nossa condição batismal de filhos e filhas de Deus. Deixemo-nos ser conduzidos pelo Espírito, o mesmo que guiou Jesus na estrada da vida. Vivenciando esta Campanha da Fraternidade 2024 em prol da amizade social, damos o nosso testemunho de autênticos discípulos de Cristo pela vivência do amor, do respeito e da fraternidade.

ATO PENITENCIAL

CP. O Senhor disse: “Quem dentre vós estiver sem pecado, atire a primeira pedra”. Reconheçamo-nos todos pecadores e perdoemo-nos mutuamente do fundo do coração, (silêncio)
CP. Senhor, que na água e no Espírito nos regenerastes à vossa imagem, tende piedade de nós.
T. Senhor, tende piedade de nós.
CP. Cristo, que enviais o vosso Espírito para criar em nós um coração novo, tende piedade de nós.
T. Cristo, tende piedade de nós.
CP. Senhor, que nos tornais participantes do vosso Corpo e do vosso Sangue, tende piedade de nós.
T. Senhor, tende piedade de nós.
CP. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.
Amém.

COLETA

CP. Deus todo-poderoso, através dos exercícios anuais do sacramento da Quaresma, concedei-nos progredir no conhecimento do mistério de Cristo e corresponder-lhe por uma vida santa.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus, e convosco vive e reina, na unidade do Espirito Santo, por todos os séculos dos séculos.

LITURGIA DA PALAVRA

L. Irmãs e irmãos, ancorados na Palavra de Deus, temos força para vencer todas as ciladas do mal. Ouçamos com fé.

PRIMEIRA LEITURA – Gn 9,8-15

Aliança de Deus com Noé, salvo das águas do dilúvio.

Leitura do Livro do Génesis.

8 Disse Deus a Noé e a seus filhos:
9 “Eis que vou estabelecer minha aliança convosco e com vossa descendência,
10 com todos os seres vivos que estão convosco: aves, animais domésticos e selvagens, enfim, com todos os animais da terra, que saíram convosco da arca.
11 Estabeleço convosco a minha aliança: nunca mais nenhuma criatura será exterminada pelas águas do dilúvio, e não haverá mais dilúvio para devastara terra”.
12 E Deus disse: “Este é o sinal da aliança que coloco entre mim e vós, e todos os seres vivos que estão convosco, por todas as gerações futuras:
13 ponho meu arco nas nuvens como sinal de aliança entre mim e a terra.
14 Quando eu reunir as nuvens sobre a terra, aparecerá meu arco nas nuvens.
15 Então eu me lembrarei de minha aliança convosco e com todas as espécies de seres vivos. E não tornará mais a haver dilúvio que faça perecer nas suas águas toda criatura”.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL

Sl 24(25),4bc-5ab.6-7bc.8-9 (R.10)

R. Verdade e amor, são os caminhos do Senhor.

1. Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação. R.

2. Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura e a vossa compaixão que são eternas! De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia e sois bondade sem limites, ó Senhor! R.

3. O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina o seu caminho. R.

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Leia mais

Reflexão e sugestão para o 1º Domingo da Quaresma 2024 do Ano B

Para: 18/02/2023

1º Domingo da Quaresma 2024

Gn 9,8-15; Sl 24; 1Pd 3,18-22; Mc1,12-15

1º Domingo da Quaresma 2024

Uma nova consciência para se viver a fé

A Quaresma é tempo para meditar o amor do Pai em toda a história da salvação, que chega à plenitude em Cristo, por meio do Espírito Santo. As leituras nos propõem um caminho de inteira confiança nesse amor salvador.

O dilúvio vem apresentado como ponto chave para a nova humanidade. Após a inundação das águas (consequência do pecado), vem a resposta amorosa de Deus. Os que o seguem mantêm com ele a sintonia e podem fazer a Aliança em prol da vida. Tal momento dá sentido ao período dentro da Arca (retiro e interiorização).

No dizer de Pedro, ao falar sobre o batismo na segunda leitura, o cristão precisa renovar-se em sua consciência para viver o Reino de Deus. O batismo é o compromisso de sepultar nas águas o vício e ressurgir com Cristo para a vida nova. Sempre é o amor de Deus a dar o sentido mais profundo à vida humana. Amparados no amor salvador, que nos alcança e nos envolve, estaremos aptos para superar as tentações que nos assaltam ao longo de nosso peregrinar.

Progredir no conhecimento de Jesus Cristo

A oração coleta deste domingo nos convida a progredir no conhecimento de Jesus Cristo e a corresponder a seu amor com uma vida santa. O caminho para esse objetivo é a escuta atenta e comprometida da Palavra.

A narrativa de Marcos sobre as tentações de Jesus no deserto é breve e plena de sentido. Mostra que Jesus se deixa guiar pelo Espírito para experimentar a aridez do deserto durante os 40 dias, em alusão aos 40 anos que também o Povo de Deus passou no deserto após a saída do Egito.

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Leia mais

Liturgia para a Quarta-feira de Cinzas 2024 do Ano B

Para: 14/02/2023

Liturgia para a Quarta-feira de Cinzas 2024

Liturgia para a Quarta-feira de Cinzas 2024

Textos conforme a 3ª edição típica do Missal Romano

Roxo – Dia de Jejum e Abstinência
(Prefácio da Quaresma III ou IV)

(Início da Campanha da Fraternidade 2024)

4ª Semana do Saltério

Sugestão para a Celebração

1. A bênção e imposição das cinzas podem também ser feitas fora da Missa. Nesse caso, é permitida uma Celebração da Palavra, na qual se usam o canto da entrada, a Coleta, as leituras com seus cantos, como na Missa. Seguem-se a homilia e a bênção e imposição das cinzas. O rito termina com a oração dos fiéis, a bênção e a despedida dos fiéis.

RITOS INICIAIS

Antífona da entrada – cf.sb 11,23.24.26

Ó Deus, vós tendes compaixão de todos e não rejeitais nada que criastes; fechais os olhos aos seus pecados por causa da penitência e os perdoais, porque sois o Senhor nosso Deus.

(Canto de Abertura)

SAUDAÇÃO

CP. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T. Amém.
CP. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco.
T. Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor de Cristo.

INTRODUÇÃO AO MISTÉRIO CELEBRADO

L. (ou CP.): Irmãs e irmãos, com este dia de jejum, oração e penitência, iniciamos a santa Quaresma — um caminho de abertura ao Espírito de Deus, que nos converte, e de transformação humano-espiritual. Pela Campanha da Fraternidade 2024, este ano com o tema: “Fraternidade e Amizade social” e com o lema: “Vós todos sois irmãos e irmãs”, a Igreja nos convida a transformar a sociedade pelo nosso testemunho autêntico de seguidores de Cristo. Celebremos este dia com piedade e recolhimento.

COLETA

CP. Senhor, concedei-nos iniciar com o santo jejum este tempo de conversão para que, auxiliados pela penitência, sejamos fortalecidos no combate contra o espírito do mal. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus, e convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos.

LITURGIA DA PALAVRA

L. Irmãs e irmãos, deixemo-nos envolver pela Palavra de Deus, que nos chama à adesão ao seu amor.

PRIMEIRA LEITURA – Jl 2,12-18

Rasgai o vosso coração e não as vossas vestes.

Leitura da Profecia de Joel.

12 “Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos;
13 rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo”.
14 Quem sabe, se ele se volta para vós e vos perdoa, e deixa atrás de si a bênção, oblação e libação para o Senhor, vosso Deus?
15 Tocai trombeta em Sião, prescrevei o jejum sagrado, convocai a assembleia;
16 congregai o povo, realizai cerimônias de culto, reuni anciãos, ajuntai crianças e lactentes; deixe o esposo seu aposento, e a esposa, seu leito.
17 Chorem, postos entre o vestíbulo e o altar, os ministros sagrados do Senhor, e digam: “Perdoa, Senhor, a teu povo, e não deixes que esta tua herança sofra infâmia e que as nações a dominem”. Por que se haveria de dizer entre os povos: “Onde está o Deus deles?”
18 Então o Senhor encheu-se de zelo por sua terra e perdoou ao seu povo.
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL

Sl 50 (51),3-4.5-6a.12-13.14 e 17 (R.3a)

R. Misericórdia, ó Senhor, pois pecamos.

1.Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! / Na imensidão de vosso amor, purificai-me!
Lavai-me todo inteiro do pecado, / e apagai completamente aminha culpa! R.
2. EU reconheço toda a minha iniquidade, / o meu pecado está sempre à minha frente.
Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei, / pratiquei o que é mau aos vossos olhos! R.
3. Criai em mim um coração que seja puro, / dai-me de novo um espírito decidido.
Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, / nem retireis de mim o vosso Santo Espírito! R.
4. Dai-me de novo a alegria de ser salvo / e confirmai-me com espírito generoso!
Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar, / e minha boca anunciará vosso louvor! R

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Leia mais

Reflexão e sugestão para a Quarta-feira de Cinzas 2024 do Ano B

Para: 14/02/2023

Quarta-feira de Cinzas 2024

Jl 2,12-18; Sl 50; 2Cor 5,20-6,2; Mt 6,1-6.16-18

Quarta-feira de Cinzas 2024

Deixai-vos reconciliar com Deus

O tempo litúrgico da Quaresma 2024 se inicia hoje com um apelo direto à conversão. Os exercícios quaresmais, de modo especial o Jejum, a oração e a esmola (caridade), não podem ser um modo de barganha com Deus: eu faço uma obra de caridade, e Deus me dá o perdão. Não! Toda a dinâmica quaresmal ganha autenticidade ao nos conduzir para o Deus Misericordioso, que está pronto a nos dar o perdão imerecido por nós. Nossa conversão será verdadeira se chegarmos a sentir como Deus é bom, como é eterna sua misericórdia. O sedento, ao chegar à água, delicia-se. Assim nós, ao chegarmos à fonte da misericórdia, sairemos saciados e prontos a empreender um novo caminho, pois eterna é sua misericórdia.

O rito pelo rito não salvará ninguém, alerta o profeta Joel. É preciso “rasgar” o coração para que a graça divina trabalhe em nós e nos restaure. Precisamos optar por ser restaurados pela misericórdia e por viver segundo essa mesma misericórdia. “Deixai-vos reconciliar
com Deus”, eis o convite do Apóstolo Paulo. Em Cristo, do qual todos nós somos testemunhas vivas, provamos o amor maior que conheceu até o mais profundo da miséria de todos e cada um dos pecadores para assim nos resgatar. Essa vida nova, redimida, livre de todas as amarras, é puro dom de Deus. Do que precisamos? “Deixai-vos reconciliar com Deus.” Um convite direto que, como uma flecha, atinge o profundo de nossa alma e nos impele a exercermos nossa liberdade para o bem.

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Leia mais

Reflexão e sugestão para a Festa da Sagrada Família 2023: Jesus, Maria e José do Ano B

Para o Domingo: 31/12/2023

Festa da Sagrada Família 2023 do Ano B

Eclo 3,3-7.14-17a; Sl 127; Cl 3,12-21; Lc 2,22-40

Sagrada Família 2023

Certamente, já aprendemos que a FAMÍLIA é fundamental em nossa vida. Ela não é invenção humana, é de instituição divina. A Família de Nazaré deve ser sempre amada, pois nela se realizou plenamente o desígnio divino de, em Cristo, fazer conosco a nova e eterna Aliança. Em Cristo, realizou-se todas as promessas divinas. Por isso é Família bendita, é santa, desejada por Deus.

A Família de Nazaré é exemplo e modelo, pois a Palavra do Senhor e toda a Liturgia dessa festa nos fazem compreender que temos de estar sempre atentos, vigilantes aos desafios e às necessidades, de Deus e dos irmãos. Foi bem assim que viveu a família de Nazaré.

É a Palavra de Deus a luz que ilumina nossa vida e nossas relações familiares. A Palavra é o alicerce principal da Família cristã, que se preocupa em viver a verdade de Cristo. Assim, o Eclesiástico vem logo nos lembrar dos deveres mútuos que temos na família – relação entre esposos, pais e filhos. Quando a Palavra se realiza entre nós, então alcançamos a bênção do céu.

A família nasceu no coração de Deus e derramou-se sobre nós, gerando vida e alegria, gerando maturidade no seio familiar. Não há nada complicado, há sim complicadores que, por quererem viver um projeto da cabeça humana, desfazem-se de valores insubstituíveis, e não se tornam felizes. A Família não é feita só de alegrias, há dificuldades, e na Família de Nazaré também ocorreu isso.

Diretório da Liturgia 2024:

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Leia mais

Siga-nos no YouTube

Palavras do Papa