Posts

Reflexão e sugestão para a Santíssima Trindade 2020

Solenidade da Santíssima Trindade 2020

Êx 34,4b-6.8-9; Ct- Dn 3,52-65; 2Cor 13,11-13; Jo 3,16-18

Solenidade da Santíssima Trindade 2020

Casorate Primo, Itália. 26 de outubro de 2017. O ícone da Santíssima Trindade (também chamada de Hospitalidade de Abraão), de acordo com o pintado por Andrei Rublev no dia 15 c. Igreja de Santo Vittore Martire.

Deus uno e trino, fonte de amor

O relacionamento de Deus com seu povo é dinâmico, ligado à realidade da vida cotidiana. Deus não busca um povo simplesmente para que o adore e o glorifique, mas sim para revelar-se como vida para o mesmo povo. 0 ato contínuo de dar a vida a seu povo é selado com a aliança que garante, da parte de Deus, a compaixão e a misericórdia. Em uma palavra, Deus se doa por seu povo para mantê-lo unido consigo em comunhão de vida.

A experiência de Deus, feita pelo povo, vai se amadurecendo e se aprofundando a ponto de descobri-lo sempre mais como fonte de comunhão e de amor. No evangelho, Jesus declara a Nicodemos que a doação de Deus pela humanidade chega ao ponto mais alto, no momento em que ele, o Filho unigênito, é enviado não para condenar, mas para salvar o mundo. Salvação significa comunhão de todos no mesmo amor de Deus.

Sendo um Deus fonte de comunhão, não é possível ser um Deus solitário. O mistério da Santíssima Trindade- Pai e Filho e Espírito Santo – é a realidade que verdadeiramente nos apresenta o Deus único, mas não solitário; o Deus Trino, mas não dividido. O amor só se compreende na relação e na doação mútua entre as três Pessoas Divinas. A Santíssima Trindade é fonte e testemunho do puro amor, que nos acolhe e nos envolve em um só mistério de salvação.

Louvemos a Trindade Santa

Nosso coração e nossa mente não são capazes de abarcar todo o mistério de Deus Uno e Trino. Mas, porque temos nossa origem e nosso fim no coração da Trindade, fomos feitos também para amar. No amor, podemos sentir a presença de Deus no outro, na comunidade. No amor, podemos nos doar uns pelos outros para fazer a vida florir e frutificar. A saudação de Paulo à comunidade de Corinto, mostra que nossa vida de fé não se compreende fora do mistério de comunhão do Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo. Diante de tão grande mistério do mais puro amor, resta-nos louvar a Deus não somente por nos salvar, mas por fazer-nos participantes tão íntimos de seu amor. E estejamos convencidos de que não há louvor mais belo e profundo a Deus do que o amor cantado com nossa própria vida de comunidade.

Sugestões litúrgicas da Santíssima Trindade 2020

– Ato Penitenciai: realizar a aspersão com água benta, como recordação das águas batismais.
– Hino de Louvor: enquanto se canta, entrar três jovens de branco, dançando, cada um com uma pira de incenso nas mãos.
– Entrada da Palavra: os jovens que foram recentemente crismados podem entrar com a Palavra de Deus, precedidos pela frase: “Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo”. Convidar três desses crismandos para proclamarem as leituras.
– Oferendas: pais e mães podem entrar com as crianças que foram recentemente batizadas, precedidos pela frase: “Eu te batizo em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”. Diante do altar, apresentar as crianças. Em seguida, a comunidade pode oferecer seus dons.
– Oração de envio: uma oração missionária pode ser rezada neste momento por toda a assembleia, enquanto os mesmos jovens passam com a pira de incenso junto ao “povo”.

Sugestões de repertório da da Santíssima Trindade 2020 (O Domingo)

Abertura: Bendito Sejas
Aclamação: Aleluia! Glória
Oferendas: Ó Trindade
Comunhão: Deus Eterno ou Salmo 8

Cifras e partituras das sugestões CNBB

Semanário litúrgico – catequético – Cantos para a Celebração – Solenidade da Santíssima Trindade 2020

 

Áudios para a Solenidade da Santíssima Trindade 2020 CNBB:

 

Padre Anísio Tavares, C.Ss.R. / Portal Kairós