Projeto ajuda na manutenção de seminaristas nas dioceses mais pobres

Auxiliar dioceses e prelazias que não possuem recursos suficientes para a formação de seminaristas. Este é um dos objetivos do Projeto Comunhão e Partilha da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O 5º Meeting Point com jornalistas na 55ª Assembleia Geral da CNBB recebeu o bispo emérito da Diocese de Parnaíba (PI), Dom Alfredo Schaffler, na manhã desta quarta-feira, 03.

Todas as dioceses do Brasil destinam 1% de sua receita bruta mensal para um fundo administrado pela CNBB, com o objetivo de colaborar com as dioceses que não tem recursos para custear plenamente a formação de seus seminaristas.

Atualmente, de acordo com Dom Alfredo, são atendidos pelo projeto 403 seminaristas em formação, sendo ao todo 50 dioceses e prelazias ajudadas com os recursos do fundo. “Mãos abertas nunca são mãos vazias”, afirmou.
Além de Dom Alfredo Schaffler, idealizador do projeto, outros bispos integram a Comissão, tendo como presidente o bispo de São José dos Campos (SP), Dom José Valmor Cesar Teixeira.

“Grandes gestos através de pequenas ações. Assim somos capazes de lançar um sinal de esperança”, concluiu o bispo referindo-se do projeto de solidariedade entre as dioceses.

a12.com

Baixe materiais especiais para seu grupo