Nossa Senhora Aparecida

papa_nossa_senhora

Maria, a mãe de Deus, o qual se fez homem em Jesus para nos salvar, é chamada por nós com muito carinho de Nossa Senhora. E ela, de fato é Nossa Senhora, não porque os poderosos deste mundo a fizeram poderosa, mas porque foi escolhida por Deus para uma missão especialíssima, ser a mãe do Salvador. Entretanto, mesmo tendo missão tão importante para realizar, a mãe de Jesus se destacou por duas atitudes importantes para todo ser humano, sobretudo para os cristãos: a humildade o serviço.

O primeiro gesto de humildade e serviço que prestou foi dizer ao mensageiro de Deus: “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim como você me disse” (Lc 1,38). Para expressar o grande desejo de Maria de servir e a sua humildade, o evangelista Lucas narra também como, logo depois de receber a notícia do anjo, ela foi servir sua prima Isabel, grávida já havia seis meses. A beleza desse encontro e do serviço prestado por Maria é coroada com o cântico chamado “Magnificat”, no qual a mãe de Jesus louva a Deus que não se esquece dos humilhados e fez grandes maravilhas em sua vida. Nesse mesmo cântico aprendemos que devemos chamá-la “bem-aventurada”, feliz, agraciada.

Viva a Mãe de Deus e nossa!

Leia mais

A Novena e Festa da Padroeira de 2014

papa_nossa_senhora

Consagração a Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Ó Maria Santíssima, que em vossa Imagem milagrosa de Aparecida espalhais inúmeros benefícios sobre o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao número dos vossos servos, mas desejando participar dos benefícios da vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis.
Consagro-vos a língua, para que sempre vos louve e propague a vossa devoção. Consagro-vos o coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. Recebei-nos, ó Rainha incomparável, no ditoso número dos vossos servos. Acolhei-nos debaixo da vossa proteção. Socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora da nossa morte. Abençoai-nos, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-nos em nossa fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possamos louvar-vos, amar-vos e render-vos graças no céu, por toda eternidade. Assim seja!

Já nos preparando para o grande Jubileu de 2017, comemorativo dos 300 anos do Encontro da Imagem da Mãe Aparecida no Rio Paraíba, meditávamos os mistérios gozosos do terço na Novena de 2012. Em 2013, os luminosos. Neste ano, queremos dedicar-nos aos dolorosos: “Com a Mãe Aparecida, ser solidário na dor!” Com Ela, reviver e morte de Jesus, iluminação para nossa própria vida!

Mãe Aparecida, fostes a grande presença materna – uma nova réstia de luz – na dor inclusive mortal de vosso Filho-Luz! Hoje somos vossos filhos e filhas . Sede hoje essa mesma luz sempre “de pé” aos pés de nossa dor, de nossa morte! Mas, principalmente, ensinai-nos a nos deixar iluminar – nessas circunstâncias doridas – pela Luz que é vossa e de todos nós, que é vosso Filho e nosso Irmão e Salvador, Jesus!

novena_e_festa_da_padroeira_2014

 

  1. Com a Mãe Aparecida, somos solidários na dor Novena e Festa Padroeira do Brasil