Em 2020, como será o Círio de Nazaré em casa?

Círio de Nazaré 2020 em casa

Imagem oficial de Nossa Senhora de Nazaré

O segundo domingo de outubro é uma data especial para a devoção dos paraenses, que mesmo diante da pandemia em que o mundo vive, os católicos celebrarão a 228ª edição do Círio de Nazaré, com tema “Ave Maria, cheia de graça”, no dia 11, data em que os fiéis se reúnem, em Belém, para homenagear aquela que é exemplo de sabedoria, confiança e obediência, Maria.

O Círio é o momento para entender o mistério do “sim” de Maria, um dos eventos fundamentais para a Igreja, que convida multidões à comunhão com Jesus. As manifestações marianas estão espalhadas pelo mundo com o propósito de anunciar o Evangelho. Entre as manifestações está o Círio, a festa da Rainha da Amazônia, padroeira dos paraenses e rainha da Amazônia, celebrada desde o dia 8 de setembro de 1793. Passando a ser realizado no segundo domingo de outubro a partir de 1901.

Este ano será diferente, Círio de Nazaré em casa, sem as procissões e os fiéis no caminhar nas ruas históricas de Belém, mas será forte nos corações e lares dos paraenses, e de centenas de milhares de devotos espalhadas pelo mundo. E claro, seguindo todos os protocolos de segurança e, também, possibilitando ao máximo que todos vivam a sua devoção.

Em pronunciamento oficial o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, disse: “Para nós, o Círio vai acontecer e deve acontecer, ainda que tenhamos muitas adaptações a fazer. Um Círio diferente, tarefa de todos nós, cristãos católicos que o assumimos como missão, dando exemplo a todos de que somos capazes de abraçar também as cruzes e limitações que nos vieram durante este período!”.

Para que ninguém se sinta excluído, fiéis de qualquer parte do mundo poderão acompanhar a programação ao vivo pelos Meios de Comunicação da Arquidiocese de Belém, que também são os veículos oficiais de transmissão do Círio: TV Nazaré, Rádio Nazaré, Portal Nazaré e as redes sociais. Este ano também a programação será retransmitida pelo canal TV Círio.

TV Nazaré Canal 30.1

Facebook

Tv Círio

Tradicional evento do Círio de Nazaré

As principais celebrações do Círio 2020 não contarão com a presença do público, devido as normas de segurança e saúde. Porém, a organização da Festa de Nazaré busca manter ao máximo as celebrações tradicionais, mesmo com todas as limitações a devoção jamais deixará de existir. Este é um momento em que se vive fortemente a “Fé sem distâncias”, aproximando os féis, independentemente de onde estiverem à uma das maiores festas católicas do mundo.

Apresentação do Manto, bênção da corda e descida da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré

Entre as principais atividades deste ano estão as missas de apresentação do Manto, a bênção da corda, a descida da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré, a missa da translação no sábado de tarde e as missas do domingo do Círio, durante a manhã e à noite. Ainda ao longo da semana haverá as missas da quinzena presididas pelos bispos convidados de várias partes do Brasil, visitas da Imagem Peregrina em diversas instituições, órgãos e departamentos, terço da alvorada, Círio Musical em formato de Live, entre outras atividades que aos poucos vão sendo desenhadas de acordo com a situação da saúde pública.

Para a presidência das celebrações da quinzena o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, realiza convite para bispos de diversos contos do Brasil. Este ano o convite se limitou à sete celebrantes, devido a situação de saúde atual. Entre os convidados estão Dom Irineu Roman, Arcebispo de Santarém – PA; Dom Bernardo Johannes Bahlman, Bispo da Diocese de Óbidos – PA; Dom Bernardino Marchió, Bispo Emérito da Diocese de Caruaru – PE; Dom Francisco Biasin, Bispo Emérito da Diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda – RJ; Dom Anuar Battisti, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Maringá – PR; Dom Geraldo Vieira Gusmão, Bispo Emérito de Porto Nacional – TO e; Dom Evaldo Carvalho dos Santos, CM, Bispo de Viana – MA.

“Ave Maria, cheia de graça”

Programação do Círio de Nazaré 2020 em casa

Cronograma do Círio de Nazaré 2020

É importante lembrar que toda programação detalhada a seguir será transmitida ao vivo pelos Meios de Comunicação da Arquidiocese de Belém e Oficial do Círio de Nazaré: TV Nazaré, Rádio Nazaré, Portal Nazaré e as redes sociais.

Sexta-feira, 9 de outubro: Ocorrerá a celebração de abertura oficial do Círio de Nazaré 2020, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo de Belém e Presidente da Festa do Círio de Nazaré, às 18h na Basílica Santuário de Nazaré. Na ocasião será realizada a apresentação do Manto Oficial e a Benção da Corda.

Devido os ajustes necessários para realização do Círio de Nazaré, uma das ações é o envio de partes da corda para as 95 paróquias da Arquidiocese as quais serão abençoadas na missa de abertura do Círio. Já nas missas vespertina do domingo do Círio, dia 11 de outubro, todas as paróquias da Arquidiocese terão missas com a entrada solene de imagem de Nossa Senhora de Nazaré, envolto com a corta do Círio. “Um simbolismo de unidade de todas as igrejas da Arquidiocese, uma representação de um grande rosário”, conta Dom Alberto.

Após a celebração de abertura oficial do Círio, ocorrerá uma apresentação com show de imagens e som, Inauguração de luzes da Praça Santuário e apresentação de live musical, marcam a tradicional cerimônia oficial de abertura.

Círio de Nazaré 2020 em casa

Sábado, 10 de outubro

Às 8h30 terá a pregação da palavra na Basílica Santuário, este ano com Padre João Paulo de Mendonça Dantas, vigário paroquial da Catedral de Belém. Este é um momento de reflexão da palavra em preparação para um dos grandes momentos aguardado no primeiro sábado da festa mariana, a Descida da Imagem Original.

Às 11h30 ocorrerá a cerimônia da decida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória, localizado no Altar-Mor da Basílica Santuário. Este momento ocorre apenas duas vezes ao ano, o primeiro em 25 de maio, em comemoração ao aniversário de elevação da Basílica de Nazaré à categoria de Santuário. Já o segundo acontece no sábado do Círio de Nazaré e permanece até o final da quadra nazarena.

Às 18h terá a tradicional missa no Colégio Gentil Bittencourt, presidida por Dom Alberto. Esta celebração marcaria o início da procissão da trasladação para Catedral Metropolitana, este ano acontecerá apenas a santa missa, com transmissão pelos meios de comunicação da Arquidiocese de Belém.

Às 19h a tradicional procissão da trasladação para Catedral será revivida por meio de uma programação que integrará imagens de anos anteriores, com produção especial para este momento. Haverá live musical, flash de decoração da berlinda e bênção com Imagem Peregrina.

Às 22h10 Bênção final com a Imagem Peregrina na Catedral Metropolitana de Belém.

Domingo, 11 de outubro

Às 7h acontece a tradicional celebração de abertura do Círio, com presidência do Arcebispo de Belém, o clero da Arquidiocese e demais religiosos e Diretoria da Festa de Nazaré, sem a participação do público, a celebração acontecerá dentro da Catedral Metropolitana, com transmissões pelos meios de comunicação.

Às 8h segue uma programação especial com documentários, orações, santo terço, retrospectivas de momentos do Círio, flash ao vivo da Imagem Peregrina sobrevoando a cidade, testemunhos, entre outros momentos.

Às 11h chegada da Imagem Peregrina no Centro Arquitetônico de Nazaré – CAN, com bênção seguida da Santa Missa presidida por Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar de Belém, na Basílica Santuário. Este momento marca tradicional chegada do Círio.

Às 18h celebração da abertura da Quinzena de Celebrações do Círio de Nazaré. Com presidência de Dom Alberto Taveira Corrêa. Esta celebração é a primeira dos quinze dias que se seguem.

Após a Santa Missa abertura do Círio Musical, com a banda Cristo Alegria.

Quinzena de Celebrações do Círio, de 12 a 25 de outubro

Ao longo do dia está previsto visita da Imagem Peregrina aos hospitais da cidade e região metropolitana. A programação será transmitida com flash e ao vivo pelos meios de comunicação.

Às 12h no período da tarde, a Imagem Peregrina ficará no altar central da Praça do Santuário para visitação.

Às 18h Santa Missa da quinzena do Círio. Em alguns dias a celebração será presidida por um bispo convidado.

Após a Santa Missa Círio Musical diretamente dos estúdios da Fundação Nazaré de Comunicação, este ano com bandas e ministérios apenas locais. Trata-se de uma oportunidade de valorização para os grupos locais, mais um espaço para a juventude da Arquidiocese.

Segunda-feira, 12 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará e Presidente da Festa de Nazaré. Solenidade de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Após a Santa Missa Círio Musical com a Comunidade Caju.

Terça-feira, 13 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Irineu Roman, Arcebispo Metropolitano de Santarém. É a primeira vez que Dom Irineu estará em Belém na condição de Arcebispo. Após 15 anos como padre da Arquidiocese de Belém, foi ordenado bispo auxiliar em 2014 e trabalhou nesta condição até novembro de 2019, quando, em 6 de novembro, foi nomeado Arcebispo de Santarém, tomando posse em 2 de fevereiro de 2020.

Após a Santa Missa Círio Musical com a Banda Apóstulus.

Quarta-feira, 14 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Bernardo Johannes Bahlmann, Bispo de Óbidos e Presidente do Regional Norte II da CNBB.
Após a Santa Missa Círio Musical com a Banda Mater Dei.

Quinta-feira, 15 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará e Presidente da Festa de Nazaré.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Filhos da Cruz.

Sexta-feira, 16 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Bernardino Marchiò, Bispo Emérito de Caruaru – PE.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Seráfico.

Sábado, 17 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Bernardino Marchiò, Bispo Emérito de Caruaru – PE.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Vida e Cruz.

Domingo, 18 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Francisco Biasin, Bispo Emérito de Barra do Piraí/Volta Redonda – RJ.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Comunidade Católica Shalom.

Segunda-feira, 19 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Anuar Battisti, Arcebispo Emérito de Maringá.
Após a Santa Missa Círio Musical com Amanda de Paula e Tereza Mônica.

Terça-feira, 20 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Anuar Battisti, Arcebispo Emérito de Maringá.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Adorar Jesus.

Quarta-feira, 21 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Anuar Battisti, Arcebispo Emérito de Maringá.
Após a Santa Missa Círio Musical com Ministério Filhos do Céu.

Quinta-feira, 22 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Evaldo Carvalho dos Santos, CM, Bispo de Viana – MA.
Após a Santa Missa Círio Musical com a Comunidade Católica Maíra.

Sexta-feira, 23 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Geraldo Vieira Gusmão, Bispo Emérito de Porto Nacional – TO.
Após a Santa Missa Círio Musical com a Banda Paz Inquieta.

Sábado, 24 de outubro

Às 18h Santa Missa com Dom Antônio de Assis Ribeiro – Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém.
Após a Santa Missa Círio Musical com a Banda Filhos da Consolação.

Domingo, 25 de outubro

Às 18h Santa Missa de encerramento da quinzena de Celebrações do Círio com presidência de Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará e Presidente da Festa de Nazaré.
Após a Santa Missa Círio Musical com apresentação especial.

Encerramento do Círio de Nazaré 2020, segunda-feira, 26 de outubro

Às 6h30 subida da Imagem Original de Plácido.
Às 7h missa de encerramento do Círio de Nazaré 2020, a Missa do Recírio, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará e Presidente da Festa de Nazaré.

Curiosidade

No ano de 2019 o Círio de Nazaré não contou com a participação dos bispos de Belém, Dom Alberto, Dom Antônio e Dom Irineu (bispo auxiliar na época), devido a realização do Sínodo Pan-amazônico. Na ocasião, o então Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni d’Aniello, presidiu a coordenação das principais celebrações do segundo domingo de outubro. Além do Núncio, participaram bispos de dioceses do Brasil nas missas da quinzena e romarias do Círio.

Círio de Nazaré em outros Estados

A cada ano o Círio de Nazaré ganha mais dimensão nacional e até mesmo mundial, como uma das maiores festas religiosas do Mundo. Em dezembro de 2013 teve o reconhecimento como o Patrimônio Cultural da Humanidade, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Com todo seu reconhecimento e a participação de bispos de outros Estados brasileiro, a festa de Nossa Senhora de Nazaré vem ganhando dimensões em outras dioceses brasileira, que já incluem em suas programação anual a celebração do Círio, como é o caso de Palmas – TO, São Paulo – SP, Carutapera – MA, Fortaleza – CE, Brasília – DF e Rio de Janeiro-RJ entre outros.

Encontro mundial do Círio de Nazaré em Portugal

A Arquidiocese trabalha para que mais pessoas conheçam a devoção Mariana, em janeiro deste ano de 2020, o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, participou do Encontro Internacional de Comunidades Devotas de Nossa Senhora de Nazaré, em Portugal. O evento marcou o lançamento oficial da candidatura das Práticas e Manutenções do Culto de Nossa Senhora de Nazaré ao título da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A Arquidiocese também contou com a representação do reitor da Basílica Santuário de Nazaré, Padre Luiz Carlos, a Guarda de Nossa Senhora de Nazaré e a diretoria do Círio de Nazaré. Também estiveram presentes representantes do Governo do Estado do Pará. Veja como foi o evento

História

No ano de 1700 o caboclo Plácido encontrou às margens do igarapé Murutucú (atual Basílica de Nazaré), uma pequena imagem de Nazaré. Plácido levou a imagem para a sua casa, e no outro dia, quando foi verificar já não estava mais lá. O caboclo correu ao local onde foi encontrada novamente. Situação que ocorreu por diversas vezes. Por essas ocasiões, Plácido construiu uma capela para Nossa Senhora. A visita de devotos à capela tornou-se constante.

No ano de 1792, o Vaticano autorizou a realização da procissão em homenagem à Virgem de Nazaré. Sendo o primeiro Círio realizado no dia 8 de setembro de 1793.

No decorrer da história do Círio (círio que significa vela grande de cera), diversas adaptações foram realizadas, nas primeiras procissões a Imagem de Nossa Senhora era levada no colo do Bispo, posteriormente, passou a ser levada na berlinda e conduzida por bois.

A Corda, promessas e devoções para o  Círio de Nazaré em casa

A origem da corda se deu em 1885, na procissão, a baía do Guajará havia transbordado, e a berlinda, na época, puxada por bois, não conseguiu avançar por causa do atoleiro. Então, os féis tiveram a ideia de puxar a berlinda com uma corda. A partir desse ano seguiu-se a tradição de conduzir a berlinda com a corda, símbolo de fé. E hoje, devotos pagam promessas por graça alcançada.

Para segurança dos promesseiros, em 2004, a corda passou a ser dividida em cinco estações, em formato linear, utilizado nos dois dias, Trasladação (sábado) e Procissão do Círio (domingo). Durante o trajeto os promesseiros contam com a equipe de animadores da corda, responsáveis por estimular os devotos, através de palavras de incentivo e orações, a permanecer na corda até finalizar a procissão.

Outro símbolo de fé tradicional no Círio são os objetos de promessas. O objeto de promessa é uma forma de agradecer a graça recebida pela intercessão de Nossa Senhora. Entre os principais, estão objetos de cera, que representam parte do corpo, miniatura de casas ou barcos e entre outros. Os ex-votos são depositados nos carros de milagres, estes, incorporados no Círio ao longo da história. Assim como os carros dos anjos, onde crianças vestidas de anjos acompanham a procissão Círio.

Casa de Plácido – espaço de solidariedade e oração, dias antes das principais procissões, o local é responsável por acolher romeiros (24 horas por dia durante a quadra nazarena) que chegam de outras cidades, depois de dias caminhando. Ao chegar à Casa de Plácido o romeiro é recebido pelo grupo de acolhida com música e oração. E também recebem atendimento de primeiros-socorros, lava-pés, bem como, refeição e local para descansar. (Este ano devido a pandemia não ocorrerá o atendimento).

Eventos

Durante a programação que antecede o Círio de Nazaré são realizados diversos encontros, reuniões e eventos para o melhor desempenho da festa da padroeira dos paraenses. No cronograma de atividades ressalta-se: apresentação do Cartaz Oficial do Círio, com impressão de aproximadamente 900 mil impressões distribuídas aos fiéis que colocam nas portas das casas e instituições; recitação das mil Ave-Marias; missa do mandato (que celebra o início do Círio); visita da Imagem Peregrina em instituições e igrejas da Arquidiocese de Belém, bem como, cidades do interior do Pará e em outros Estados, como Manaus, Fortaleza e Rio de Janeiro (em 2019 foram 405 visitas programadas); chegada da corda (símbolo de fé presente na trasladação e procissão do círio); reunião com os grupos socorristas que atuarão nas romarias; lançamento de produtos com selo oficial do Círio; aplicação do concurso de Redação do Círio; e demais atividades.

Entre os eventos está o período de peregrinações uma ação de missionariedade e solidariedade. Estes são encontros, realizados no período de aproximadamente um mês, na qual, famílias de Belém recebem a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré, um convite à oração e reflexão acerca da temática do Círio e mostrando o caminho até Jesus Cristo.

 

Arquidiocese de Belém do Pará / Portal Kairós