Verbu Panis do Ministério Amor e Adoração

verbum_panis_amor_e_adoracaopng_Page1verbum_panis_amor_e_adoracaopng_Page2

 

Sobre o Ministério Amor e Adoração

O Ministério Amor e Adoração é atualmente composto por dez missionários membros da Comunidade Canção Nova: Roger Carvalho na bateria; Carlos Tocco no baixo; Luciana Sitta no violão; Ivanilson Thruler no teclado e Rodrigo Hoelz na guitarra. No vocal: Emanuel Stênio, Graça Maria , Ana Lúcia, Karina Maria e Gil Duarte.

Fizeram parte do ministério o Thiago Tomé, que atualmente está na missão de Curitiba – PR, e Inácio Filho, atualmente na missão de Vitória da Conquista – BA.

Como tudo começou…

O Carlos Tocco, após uma missão na Itália, partilhou a inspiração que Deus colocou em seu coração: reunir os jovens cantores e instrumentistas da comunidade Canção Nova para rezarmos, nos unir, e colher de Deus o direcionamento. A princípio o nosso único objetivo era o de cantarmos juntos.

Iniciamos este grupo rezando todas as semanas na capela do prédio da TI. Em uma hora de adoração, cantávamos e ministrávamos as músicas da comunidade. Aos poucos foram surgindo inspirações. Gil, Carlos, Ana Lúcia e a Karina aproveitaram o tempo de estudo e também começaram a compor na capela da faculdade.

Começamos então a cantar na animação da Santa Missa semanal na CN. E aos poucos fomos compondo músicas litúrgicas, o que resultou na gravação do nosso primeiro trabalho: CD Celebração, canções litúrgicas.

Por que o nome: Amor e Adoração?

Ao percebermos que Deus nos queria juntos, num momento de adoração, suplicamos ao Senhor que falasse ao nosso coração sobre o nome que Ele queria nos dar. Então veio ao coração: ‘Somos uma comunidade de Amor e Adoração’. Fomos partilhando as inspirações que iam sendo confirmadas. Esse nome está na essência, no carisma da Canção Nova. Existem documentos escritos pelo nosso pai fundador, monsenhor Jonas Abib, que relata o porquê de uma comunidade de amor e adoração. É uma essência do nosso carisma CN: ser uma comunidade de Amor e Adoração!

Aos poucos fomos entendo que era isso que o Senhor nos pedia, viver a essência do nosso carisma, viver o amor e a adoração. E este é o desejo do nosso coração: amar a Deus e amar uns aos outros; para que o amor de Deus transborde aos demais; e sermos verdadeiros adoradores, adorar o Senhor com a nossa canção.

O show mais esperado do ano!

O show mais esperado do ano, agora na sua casa!
O CD e DVD Adriana Arydes ao vivo já está quase chegando nas lojas, e em breve você poderá cantar, louvar e se emocionar com a Adriana Arydes!

Garanta o seu, ligue gratuitamente para 0800 70 100 81 e faça o seu pré-pedido!

 

adriana_aovivo
Sobre Adriana Arydes

Uma voz inconfundível, um carisma singular, canções que têm levado milhares de pessoas em todo o Brasil a uma experiência pessoal com Cristo.
Essa é Adriana Arydes, uma das maiores cantoras da música católica no país, que está lançando o seu segundo DVD, Adriana Arydes – Ao vivo, gravado no teatro da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), na cidade de Resende (RJ).
São 15 anos de carreira, 10 CDs e 2 DVDs gravados, numa das carreiras mais sólidas da música católica. Filha de Seu José de Arimatéia e de Dona Auxiliadora Maria, Adriana conta que a família tinha o costume de se juntar para ouvir música. O repertório era eclético: de música sertaneja a soul music. “Quase todas as noites em que meu pai estava em casa, ficávamos eu, ele, meu irmão e minha mãe ouvindo LPs na sala. Isso era uma rotina. Hora, cantávamos, hora dançávamos”, recorda Adriana.

A história de Adriana com o canto começou aos 7 anos de idade, tocando nas missas da capelinha de São Bom Jesus, na cidade natal, Cruzeiro (SP). Ela lembra que, naquela época, não havia música na missa. “Minha mãe me colocou na aula de violão para que eu e ela assumíssemos a música nas missas do domingo às 10h da manhã”, conta.
Mãe e filha tocaram nas celebrações até que a professora de violão montou um coral de crianças, do qual Adriana participou durante vários anos. Na adolescência, entrou para o grupo de jovens e passou a fazer parte da banda que animava as reuniões.

Em 1982, começou a participar dos Rebanhões, em Cruzeiro, realizados pelo Padre Jonas Abib e a Comunidade Canção Nova. “Todos os dias, durante o encontro, eu ficava pendurada na beirada do palco, vendo os músicos tocar as músicas novas. Eu queria pegar as cifras e logo depois já saber tocar as músicas inéditas. Além disso, aproveitava para pegar uns autógrafos”, lembra.

Esses foram os primeiros contatos de Adriana com o padre Jonas, ao lado de quem, 12 anos depois, iniciaria a carreira de maneira mais profissional. Em 1994, a cantora passou a fazer parte da Banda Canção Nova, com a qual animou os primeiros acampamentos, missas e quintas-feiras de adoração da Canção Nova.

Nessa época, pela primeira vez entrou profissionalmente num estúdio, para gravar o LP “Deus Existe”, primeiro trabalho da banda Canção Nova. Nesse período, também gravava backing vocals para os discos da gravadora Codimuc. “Gravei muito com eles, até que, em 1998, a banda Canção Nova acabou. No ano seguinte, fui convidada a lançar meu primeiro CD solo pela Codimuc”, lembra.

Discografia

“Reencontro” abriu os caminhos de Adriana para a carreira solo e emplacou os grandes sucessos “Morte de Cruz” e “Abraço de Pai”. Em 2001, veio o segundo trabalho, também pela Codimuc. “Qual é a chave” alavancou de vez a carreira da cantora com o clássico, “A chave do coração”, além dos super sucessos “Chamado”, “Quem perde a sua vida a encontrará”, “Amor que não se cansa”, “Se compreendesses dom de Deus”, “Doce Jesus”, “Pacto de Esperança”, “Colo de Mãe”, “Pra te louvar” e “Ponto de Partida”.

Em 2003, Adriana saiu da Codimuc e lançou seu primeiro trabalho pela gravadora Paulinas-Comep. Além da faixa tema, “Lindo Céu” emplacou mais alguns dos sucessos que até hoje estão na memória do público. Entre eles, “Nova Unção”, “Glória e Majestade”, “Nada é impossível para ti” e a belíssima “Coroação de Nossa Senhora”.

Em 2005, lançou “Mais Feliz”. O quarto álbum da cantora trouxe como destaques as faixas “Humano Amor de Deus”, “Consolo”, “Nossa Missão” e “Nova Jerusalém”, além da regravação do clássico “Olhos no Espelho” e a versão italiana “Lindo Cielo”.
O primeiro DVD veio em 2007. Reunindo os grandes sucessos da carreira, “Adriana Ao Vivo” trouxe duas canções inéditas: “Reunidos Aqui” e “Eternamente Grata”. No ano seguinte, o álbum conquistou DVD e de Disco de Ouro, ultrapassando a marca de 25 mil DVDs e 25 mil CDs vendidos.
“Jardim Secreto”, sexto trabalho da cantora, veio em 2009, emplacando os sucessos “Teu Milagre”, “Tocar em tuas vestes”, “Eu sou um Jardim” e “Teu amor é maior”. No mesmo ano, se casou com Fabiano, assumindo o sobrenome Arydes.
Em 2011, Adriana Arydes lançou o álbum “Coisas que vivi” e mais uma vez emplacou vários sucessos. Entre eles, “Te farei vencer”, “O Segredo”, “Só é feliz quem ama”, “Jesus, meu amigo” e “Tu és Santo”.

Em 2013 foi a vez de expressar num disco a mais intensa experiência já vivida por ela: “Ser Mãe”. Esse é o título do oitavo CD da cantora. Um projeto especialmente produzido para partilhar o momento singular que Adriana estava vivendo. Entre os destaques, estão as faixas “Aprendendo a ser mãe”, “Mãe do Eterno Amor”, além, é claro, da faixa tema, “Ser Mãe”.
Além dos discos de carreira, Adriana também lançou duas coletâneas: “Milagres”, lançado em 2009, pela gravadora Som Livre, e “Adriana – Coletânea”, lançado pela Paulina-Comep.

Em 2014, o segundo DVD, “Adriana Arydes – Ao vivo”, reúne alguns dos maiores sucessos da carreira da cantora. Um dos destaques do álbum é a inédita “Guardiões”. A letra expressa a atitude de quem luta para defender a família. Adriana conta que a produção do DVD durou mais de dois anos. “Graças a Deus engravidei no começo do projeto. Esperamos Davi nascer e aí demos continuidade”, relata.
Outro destaque é a canção “Halleluyah”, que conta com participações especiais de Ziza Fernandes, Davidson Silva, Fátima Souza e Adelso Freire.

Ao longo de todos esses anos de música e evangelização, mais do que CDs, DVDs e o grande número de cópias vendidas, Adriana tem cativado o coração das pessoas com uma simpatia singular e uma disponibilidade em ouvir e acolher. Mais do que uma cantora de sucesso, Adriana Arydes, para o seu público, é expressão da presença amorosa de Deus.

Novo Outono – EP do ViA33

Novo Outono - EP do ViA33

Novo Outono – EP do ViA33

Você já escutou o EP, Novo Outono do ViA33?

Confira a música Só você sabe, com a participação especial da cantora Nandah – Nova Música Católica!

“Só você sabe o que é melhor pra mim
E eu não posso duvidar que assim
Hoje eu vivo mais feliz”

A banda Via33 lança seu mais novo trabalho: o EP Novo Outono, com JP (voz e violão), Paulo Marcio (guitarra), Adriano Reis (baixo), Willian Benincasa (teclados) e Denilson Rufino (bateria). O EP ainda conta com as participações especiais de Diego Fernandes, Bira (banda Lírios do Vale), Davidson Silva e Nandah, e pode ser adquirido via iTunes e Amazon, ou escutado via Spotify, Deezer, Rdio, além de outros.

Novo Outono é composto pelas seguintes faixas:

Tudo que Sonhei (Participação: Diego Fernandes)
Só Por Você (Participação: Bira – Lírios do Vale)
Nasci pra Te amar
Voz do meu silêncio (Participação: Davidson Silva)
Só Você sabe – Participação (Participação: Nandah)

Sobre a Banda Via 33

ViA33 é uma banda cristã católica da região do ABC Paulista na grande São Paulo, que tem por objetivo levar a juventude a refletir sobre as diversas situações do cotidiano e a importância do amor de Deus na vida de cada um, utilizando músicas no estilo Pop e Rock com uma linguagem jovem e sonoridade marcante.

O Pop Rock é hoje um dos estilos de maior influência no comportamento humano. Dentro da religião tem sido responsável pela aproximação dos jovens com a igreja, com resultados positivos, testemunhos de conversão e quebra de paradigmas. Além do jovem ouvir o estilo que mais o agrada, percebe que a igreja o acolhe de maneira ímpar, respeita sua individualidade e maneira de ser.

O significado de “ViA33”, demonstra a missão que norteia seus passos na evangelização: ser o caminho, a direção, a via que conduzirá as pessoas rumo ao coração de Jesus, também representada pela bussola com o 33 de Cristo ao centro, mostrando que todos os nossos passos não teriam sentido se não fossem conduzidos por Ele.

Formada por JP (voz, violão e guitarra), Paulo Marcio (guitarra), Adriano Reis (Baixo e backing vocal), Willian Benincasa (Teclados) e Denilson Rufino (bateria), a ViA33 mescla influências e experiências musicais diversas de Pop e Modern Rock, com arranjos e estilos diferenciados, presença vibrante no palco, demonstrando sempre a alegria jovial própria daqueles que amam a Deus e querem propagar Sua palavra.

Reze o terço conosco

  1. Introdução Terço
  2. Início do Rosário Terço
  3. Primeiro mistério gozoso Terço
  4. Segundo mistério gozoso Terço
  5. Terceiro mistério gozoso Terço
  6. Quarto mistério gozoso Terço
  7. Quinto mistério gozoso Terço
  8. Primeiro mistério luminoso Terço
  9. Segundo mistério luminoso Terço
  10. Terceiro mistério luminoso Terço
  11. Quarto mistério luminoso Terço
  12. Quinto mistério luminoso Terço
  13. Primeiro mistério doloroso Terço
  14. Segundo mistério doloroso Terço
  15. Terceiro mistério doloroso Terço
  16. Quarto mistério doloroso Terço
  17. Quinto mistério doloroso Terço
  18. Primeiro mistério glorioso Terço
  19. Segundo mistério glorioso Terço
  20. Terceiro mistério glorioso Terço
  21. Quarto mistério glorioso Terço
  22. Quinto mistério glorioso Terço
  23. Encerramento Terço
  24. Ladainha Terço
Reze conosco o Terço Mariano

“O Rosário é a oração do simples e a oração do sábio. É a oração dos pobres, é a oração de todos.” (Padre Jonas Abib)

Mistérios do Terço Mariano

Mistérios Gozosos: Sobre a infância de Jesus (segunda e sábado)
01 – Mistério: Anunciação do anjo São Gabriel a Nossa Senhora (Lc 1, 26-38)
02 – Mistério: Visita de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel (Lc 1,39-56)
03 – Mistério: Nascimento de Jesus em Belém (Lc 2,1-21)
04 – Mistério: Apresentação do Menino Jesus no templo (Lc 2,22-40)
05 – Mistério: Encontro de Jesus no templo entre os doutores da lei (Lc 2,41-52)

Mistérios Dolorosos: Sobre a paixão de Jesus (terça e sexta-feira)
01 – Mistério: Agonia morta de Jesus no horto das Oliveiras (Mt 26,36-56)
02 – Mistério: Flagelação de Jesus atado à coluna (Mt 27,11-26)
03 – Mistério: Coroação de espinhos de Jesus por seus algozes (Mt 27,27-31)
04 – Mistério: Subida dolorosa do Calvário (Jo 19,17-24)
05 – Mistério: Crucificação de Jesus (Jo 19,25-37)

Mistérios Gloriosos: Sobre a ressurreição de Jesus e de sua mãe Maria (quarta-feira, e domingo)
01 – Mistério: Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo (Jo 20, 1-18)
02 – Mistério: A ascensão Gloriosa de Jesus ao Céu (Lc 24, 50-53)
03 – Mistério: Descida do Espírito Santo sobre os apóstolos (Ato 2,1-13)
04 – Mistério: Assunção Gloriosa de Nossa Senhora ao céu (Sl 44,11-18)
05 – Mistério: Coroação de Nossa Senhora no Céu (Apo 12, 1-4)

Mistérios Luminosos: Sobre a vida pública de Jesus (quinta-feira)
01 – Mistério: Batismo do Senhor no Jordão (Cor 5, 21 – Mt 3, 17)
02 – Mistério: Bodas de Caná (Jo 2, 1-12)
03 – Mistério: A proclamação do Reino (Mc 1, 15)
04 – Mistério: A Transfiguração de Jesus (Lc 9, 35)
05 – Mistério: Instituição da Eucaristia (Jo 13, 1)

Teste Post