Regional Sul 3 realiza o Seminário da CF 2020

O cuidado e a valorização da vida, centro do Evangelho, estará ainda mais na pauta da Igreja Católica do Brasil nos próximos meses. Isso porque este é o apelo da Campanha da Fraternidade 2020, que tem na Santa Dulce dos Pobres sua principal inspiração. Para motivar, fazer refletir e instrumenalizar agentes de todo o Estado, o Regional Sul 3 da CNBB, em parceria com CEBI – Centro de Estudos Bíblicos e a Editora Paulus, organizou o Seminário Campanha da Fraternidade 2020, realizado em duas turmas lotadas nos dias 20 e 21 de novembro no auditório da Paulus, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Além de chamar a atenção para a vida que deve ser preservada desde a concepção até o seu fim natural, a Campanha do próximo ano põe a atenção nas mais variadas formas de degradação da vida em nosso país, passando pelos migrantes, indígenas, presos, dependentes químicos, desempregados e também os que possuem alguma doença mental, causadora de sofrimentos diversos, como o suicídio. Discutido recentemente no Sínodo dos Bispos para a Amazônia, a Casa Comum, como o Papa Francisco chama a natureza e seus recursos, também está no centro da motivação da CF.

Conteúdos

A reflexão sobre o tema da Campanha (“Viu, sentiu compaixão e cuidou dele.” – Lc 10, 33-34), marcou os conteúdos da formação. As palestras foram realizadas pelo padre Patriky Samuel Batista, secretário executivo da CF Nacional; Dom Adilson Pedro Busin, bispo auxiliar de Porto Alegre e referencial do Conselho Missionário Regional (Comire); Dom Ricardo Hoepers, bispo de Rio Grande, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB e idealizador do Observatório de Bioética da CNBB no Estado; e padre Anésio Ferla, da Congregação Pobres Servos da Divina Providência, realizador de diversas ações sociais em Porto Alegre.

Foram dois dias planejados com muito carinho. E como resposta, tivemos a significativa participação de muitas pessoas das Arquidiocese e Dioceses do Regional Sul 3. Isso nos lembra que temos uma Igreja viva e motivada para que a esta mesma vida ganhe sentido em todas as nossas atividades. Batizados e enviados, seguimos em comunhão e participação”, refletiu Sandra Zambon, secretária-executiva do Regional Sul 3 da CNBB.

Vista como um grande convite para exercer a empatia e para enxergar o Cristo no outro, a Campanha da Fraternidade 2020 traz como lema “Fraternidade e vida: dom e compromisso”. Para o padre Sereno Boesing, jesuíta da Arquidiocese de Porto Alegre, participante do Seminário, “estamos diante da necessidade de construir caminho para que o servir transforme a realidade que nos cerca”. Outro participante da formação, Jonison Mallmann, Coordenador de Pastoral da Diocese de Uruguaiana, afirmou que “a motivação é servir e cuidar como Jesus cuidou, para promover a vida e a dignidade da pessoa”.

“Minha principal motivação para a CF 2020 vem da frase do fundador de minha congregação (Congregação das Irmãs Missionárias de Carlos Borromeo/Scalabrinianas), que dizia ‘fazer o outro feliz é mais importante do que ser feliz’. O sorriso do olhar do irmão transforma meu olhar em um grande sorriso, desperta uma profunda gratidão pelo que sou e pelo dom que recebi gratuitamente para amar e servir”, afirmou a irmã Mareni Giaretta, que atua como enfermeira do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre.

 

Regional Sul 3 / Portal Kairós

Formação CF 2020: discussão sobre Dom e Compromisso

Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso. Esse será o tema que pautará as ações da Igreja no Brasil no próximo ano, na Campanha da Fraternidade 2020. As comunidades católicas, inspiradas pela parábola do Bom Samaritano (Lc 10, 25-37) e, também, pela vida e pelo testemunho de Santa Dulce dos Pobres e outras figuras simbólicas da caridade no país, poderão vivenciar uma experiência de profunda caridade em favor da vida, em todas as suas dimensões.

Formação da CF 2020 levanta discussão sobre Dom e Compromisso

Para impulsionar o trabalho da CF nas comunidades, a Diocese de Guaxupé convidou o secretário-executivo para Campanhas da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Patriky Samuel Batista, para assessorar um encontro com lideranças pastorais. Padres, leigos e religiosos participaram da formação no dia 23 de novembro, na Cúria Diocesana.

“Se fosse preciso, começaria tudo outra vez do mesmo jeito, andando pelo mesmo caminho de dificuldades, pois a fé, que nunca me abandona, me daria forças para ir sempre em frente” Santa Dulce dos Pobres

Com uma apresentação objetiva, padre Patriky apresentou o conteúdo do texto-base, além de comentar elementos que compõem a identidade da CF: o cartaz, a inspiração de Santa Dulce dos Pobres como modelo de santidade ativa, a parábola do Bom Samaritano como paradigma para a ação eclesial. O assessor apontou a adaptação do método Ver-Julgar-Agir, formato de identidade eclesial latino-americana, para o “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, ações trazidas pela parábola do Bom Samaritano que iluminam a CF 2020.

“O texto do Bom Samaritano é como um óculos para olharmos a realidade, onde precisamos viver o Evangelho”, explicou padre Patriky ao destacar o lema.

A CF 2020 terá como objetivo central: “Conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa Casa Comum”.

Material disponibilizado pelo assessor, clique aqui.

 

Assessoria de Comunicação / Portal Kairós

Padre Patriky entrega texto-base da CF 2020 ao Papa

Durante a viagem da presidência da CNBB à Roma, onde se encontraram com o Papa Francisco, o secretário executivo para as Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel também esteve junto do grupo e se reuniu com o Papa.

Na oportunidade padre Patriky entregou nas mãos do Papa o texto base da Campanha da Fraternidade 2020, que terá como tema: Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso. Inspirados pelo lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”( Lc 10, 33-34) –, somos convidados a refletir sobre o significado mais profundo da vida em suas diversas dimensões: pessoal, comunitária, social e ecológica.

Para padre Patriky, o encontro foi uma alegria sem tamanho. O Papa acolheu com muita alegria a proposta da CF 2020. Todos os anos ele escreve uma mensagem para a campanha. Mostrou-se atento e interessado no tema já que também aborda a realidade das periferias existenciais além de ser um forte chamado a conversão, comentou o secretário.

Ainda com o Papa, o padre também lembrou-se da Diocese de Luz. Pediu uma benção para os amigos, familiares e para a Diocese de Luz.

Texto Base

Este Texto-Base nos oferece um panorama completo, com todo o referencial de que precisamos para viver, difundir e praticar os preceitos dessa edição da CF. Além de uma abordagem fundamentada para cada um dos pilares, “Viu, Compadeceu e Cuidou”, contém a letra do hino oficial, a oração e o conceito da arte do cartaz. Também nos apresenta dados e orientações sobre o Fundo Nacional de Solidariedade.

 

Rádio Vaticano / Portal Kairós

Equipe de Campanhas do Regional Nordeste 1 promove capacitação 2020

Aconteceu entre os dias 09 e 10 de novembro a formação para as equipes de campanhas da (arqui)dioceses que compõem o Regional NE 1. Cerca de 30 participantes estiveram presentes vindos de Fortaleza, Itapipoca, Sobral, Tianguá, Crato, Iguatu, Quixadá e Limoeiro. A temática desenvolvida foi o estudo sistemático do Texto Base da CF de 2020, que tem como lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” e tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso”, sendo ministrado pelo secretário executivo de Campanhas da CNBB, padre Patricky Samuel Batista. A metodologia desenvolvida pela manhã (09) foi apresentado o VER; durante a tarde o JULGAR e no domingo o AGIR.

Para Mônica Pimentel, coordenadora regional de Campanhas, a importância desse momento é preparar as lideranças diocesanas, “porque quem vem (para a formação) é o líder que está a frente da campanha na diocese e que lá vai precisar ter um trabalho maior junto aos representantes das paróquias” e acrescenta “o tema é de muita responsabilidade para quem é agente de pastoral. Porque se nós estendemos a função da campanha e o papel que ela pode desempenhar na vida do agente pastoral, nós podemos fazer um grande trabalho de humanização esse ano.”

“E essa campanha vai trazer um outro olhar, o olhar da compaixão. É um tema bastante amplo quando se fala em relação à vida, onde nossos jovens, adultos, idosos e crianças passam por tantas momentos complicados. É um momento de olhamos para o outro. Nos sentimos motivados para levar essa Campanha à nossa Região e Arquidiocese.“, reflete Lucivângela Luz, da Região Episcopal São Francisco (Arquidiocese de Fortaleza).

Para o Secretário Executivo da Campanha, Pe. Patricky Samuel, as motivações para a realização da CF de 2020, “nós encontramos no lema ‘Viu , sentiu compaixão e cuidou dele’, essas foram as atitudes do bom samaritano, essa história que é contada por Jesus, nos ajuda a fazer aquela pausa necessária. Que a Campanha de 2020 ajude as comunidades a interromper a rotina, para cuidar de quem está a beira do caminho, necessitado de presença, de acolhida, de cura. Um coração ardente de amor por Jesus Cristo que não se contém em ver a realidade, se aproxima, cuida a partir da força da Palavra de Deus, da força do Evangelho para viver e crescer em comunidade”.

CAMPANHA DA EVANGELIZAÇÃO

Mônica Pimentel: A Campanha da Evangelização é assumir o trabalho de organização da diocese e nas paróquias. Agora o que nós percebemos no dia a dia é que se as equipes pastorais realmente não forem de verdade, não há nem sentido para existir. Tem que ser equipes para ajudar a mudar a realidade de segurança, violência, de falta de vida digna para todos, sem exceção, e isso requer um preparo e uma organização.

Pe. Patricky Samuel: A Campanha fala da ação evangelizadora da Igreja no Brasil, no qual o gesto concreto subsidiam a evangelização no Brasil, seja para manutenção dos trabalhos da CNBB, seja para o fomento missionário das diversos iniciativas nos regionais. É bem verdade que nosso povo é muito generoso, mas ainda podemos crescer na generosidade e na corresponsabilidade no anuncio do Evangelho.

 

Alex Ferreira – Setor de Comunicação do Regional / Portal Kairós

Encontro reuniu lideranças da Campanha da Fraternidade 2020

Encontro reuniu lideranças da Campanha da Fraternidade 2020

Encontro de formação reuniu lideranças da Campanha da Fraternidade para estudar e preparar ações em todas as dioceses do estado

“Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34). De 8 a 10 de novembro, em Itaici, Indaiatuba (SP), ocorreu o Encontro Estadual da Campanha da Fraternidade 2020, que terá como tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34).

Agentes das sete sub-regiões trabalharam os desafios para sair da “globalização da indiferença” para a “revolução do cuidado”, com os trabalhos consagrados desde o início à Mãe Aparecida. A figura da primeira santa brasileira com dois milagres reconhecidos, Santa Dulce dos Pobres, esteve também presente em toda a reflexão, assim como ocorre nos textos inspiradores propostos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O Anjo Bom deve ser na próxima campanha patrona e inspiradora de ações individuais e comunitárias.

LEIA MAIS