Posts

Reflexão e sugestão para a Solenidade do Natal do Senhor 2020 – Ano B

Para: 25/12/2020

Natal do Senhor 2020 – Ano B (Missa do dia e noite*)

Missa do Dia: Is 52,7-10; SI 97; Hb 1,1-6; Jo 1,1-18

Natal do Senhor 2020 - Ano B

* As quatro missas do Natal 2020: Missa da Vigília 2020 (dia 24 á tarde) , Missa da Noite 2020 (dia 24), Missa da Aurora 2020 (dia 25 madrugada) e Missa do Dia 2020 (dia 25).

O nascimento do Filho Amado de Deus, Jesus de Nazaré, é-nos narrado sem alardes, sem pompas e sem glórias. Esse é o modo simples como Deus manifesta seu amor total pela humanidade. Desse modo simples, imperceptível aos olhos dos poderosos, o Filho de Deus vem para salvar a humanidade por meio do encontro restaurador. Quem o acolhe experimenta a grandeza da salvação. Mas os que insistem em fechar os olhos à Luz continuam a tropeçar no próprio egoísmo e no medo de perder a majestade.

É apenas um menino, nascido em um estábulo, filho de um casal pobre – poderia dizer um jornalista vendo a situação in loco. Mas somente o olhar da fé nos permite ver aí o Verbo de Deus feito carne, que veio com prazer ensinar-nos a viver segundo a vontade amorosa do Pai do céu. A simplicidade do presépio nos desafia, porque também nós estamos “mal-acostumados” a pensar que tudo o que é valoroso vem com pompa e com alarde.

É preciso voltarmos ao “No Princípio” de Deus, para nos darmos conta do quanto estamos envolvidos no amor divino. Essa é a chave que nos permite abrir o coração para ver a grandeza de Deus revelada na simplicidade. Desse modo, olharemos para o presépio com um sentido todo diferente. Veremos que o nascimento de Jesus em uma estrebaria, visitado por humildes pastores, não foi apenas consequência de hospedarias cheias. Deus já quis mostrar desde o princípio que Jesus veio para estar entre os pobres e a eles os chamará de bem-aventurados.

Um presente, um dom!

A festa do Natal de Jesus vem associada, em nossa cultura, com o costume de dar presentes. Antes de tecer qualquer crítica ao sistema capitalista, que explora esse tempo para aumentar suas vendas, é preciso nos perguntar com que sentido presenteamos. Quem nos presenteou primeiro e nos deu o maior presente foi Deus: “Nasceu-nos hoje um menino, e um filho nos foi dado”, canta o profeta Isaías e nós com ele (cf. Is 9,6). O presente de Deus, nós o chamamos “dom”, porque é gratuito, total, pleno. Ao oferecer-nos um dom, ofereceu-se Ele mesmo em seu Filho Amado. Podemos dizer que deu o que de mais preciso tinha e, ao presentear, fez-se um presente.

Se presenteio pessoas com espírito natalino, devo fazê-lo então com um sentido mais profundo, entrando também na dinâmica do dom divino. Aí vou perceber que o presente em si já não tem tanto valor, mas expressa o quanto eu sou um dom para o outro e o outro é um dom para mim. Dar brinquedos a crianças pobres não será mais um ato isolado, sazonal, mas será um sinal de compromisso constante com a vida delas. Presenteando assim, o presenteador se torna um dom, e o natal, uma festa que realmente nos faz nascer de novo para uma vida nova.

Sugestões litúrgicas para a Solenidade do Natal do Senhor 2020 – Ano B

– Hino de Louvor: convidar crianças para, vestidas de anjo, tocarem sinos durante o Hino de Louvor e dançarem passando por entre o povo reunido.

– Entrada da Palavra: colocar um casal e um bebe, caracterizados de Jesus, Maria e José, na procissão de entrada da Palavra, acompanhados de um jovem caracterizado de Anjo. Este deverá levar a tradicional faixa: GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS. Pedir novamente para que as crianças entrem tocando sinos e dançando. Ao chegar ao presbitério, pedir para “José” tirar de uma bola a Bíblia, Maria elevar Jesus e para quem estiver conduzindo o momento enfatizar que a Palavra de Deus se fez Carne, em Jesus, e veio habitar no meio de nós.

– Pós-Comunhão: O grupo de jovens pode realizar uma breve apresentação que atualize o natal para nossos dias. Mostrar a diferença entre dar presente e ser um presente (dom) para o outro; isso pode ser o tema central (cf. a segunda parte da reflexão proposta para este dia).

– Envio da comunidade: durante o tempo natalino, pode-se sortear, entre as famílias, a oportunidade de levar uma imagem da sagrada família para a casa e devolvê-la na próxima semana. Ressaltar a importância da Igreja Doméstica, a qual tem a Sagrada Família como modelo para que cada família também seja sagrada.

Sugestões de repertório para a Solenidade do Natal do Senhor 2020 – Ano B (O Domingo)

(Missa da Noite)
Abertura: Rei e Nações
Aclamação: Aleluia! Eu vos trago
Oferendas: Cristãos, vinde
Comunhão: Da cepa Brotou

(Missa do Dia)
Abertura: Nasceu-nos hoje
Aclamação: Aleluia! Eu vos trago
Oferendas: Cristãos, vinde
Comunhão: A luz resplandeceu

Cifras e partituras das sugestões CNBB

Semanário litúrgico – catequético – Cantos para a Celebração – Natal do Senhor 2020 (Noite)

Semanário litúrgico – catequético – Cantos para a Celebração – Natal do Senhor 2020 (Dia)

 

Áudios para a Solenidade do Natal do Senhor 2020 – Ano B CNBB:

(Missa da Noite)

(Missa do Dia)

 

 

Padre Anísio Tavares, C.Ss.R. / Portal Kairós

Downloads