Salmo 15/16 – Guardai-me ó Senhor, porque em vós me refugio!

 

Crianças na CFE 2016

material_criancas_cfe_2016

Com alegria, apresentamos o subsídio para crianças da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) de 2016. Sabemos que se as crianças não forem orientadas e despertadas para o cuidado com a criação pouca esperança teremos. Cabe a nós ensiná-las a amar e cuidar da nossa Casa Comum.

O caderno para as crianças foi inspirado no material desenvolvido pela Misereor para a Campanha da Quaresma.
Este é um resultado concreto de nossa parceria e cooperação.
Agradecemos profundamente à Misereor por nos inspirar e também ao senhor Antônio Evangelista e à senhora
Vera Gewehr por colocarem suas criatividades a serviço da nossa IV CFE.

A proposta apresenta um jogo interativo que motiva educadores, educadoras e as crianças a pesquisarem e conversarem sobre o Brasil e sua rica diversidade étnica, religiosa e ambiental.
Quanto mais diálogo e pesquisa maiores serão as descobertas.

Desejamos que este material nos inspire a olharmos para as riquezas de nosso país e descobrirmos em cada uma delas e grandiosidade da generosidade de Deus ao nos presentear com esta Casa Comum.

 

misereor_01

Dom Flávio Irala / Presidente – CONIC
Pa. Romi Márcia Bencke / Secretária-Geral – CONIC

 

Download das Atividades para Crianças

Lançamento do Tema da CFE 2016

Lançamento do Tema da CFE 2016

Projeto Curta na Educação tem proposta do tema da CFE 2016

curta_saneamento_basico

O Encontro de Abertura da Edição Temática 2016 do Projeto Curta na Educação, Curta Saneamento Básico, será realizado na próxima sexta-feira, 13 de novembro, no Anfiteatro do Palácio do Ministério Público (Praça Marechal Deodoro, 110, em Porto Alegre). A Edição 2016 do Projeto é elaborada a partir da proposta da IV Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) que, em 2016, apresenta o Tema “Casa comum, nossa responsabilidade”.

A atividade, dirigida aos professores de todas as redes de ensino, diretores, coordenadores e lideranças estudantis, é realizada com a finalidade de formar multiplicadores para a Edição do Projeto que tem como objetivo refletir sobre o saneamento básico, a partir da construção de uma cultura de educação em direitos humanos, considerando as medidas adotadas no País, nos Estados e nos Municípios para controlar os fatores físicos que exercem ou podem exercer efeitos danosos sobre o bem-estar físico, mental e social das pessoas, promovendo a cultura do cuidado e da responsabilidade com a vida e a saúde.

Questões relacionadas ao saneamento básico serão abordadas pelos assessores do encontro no turno da manhã: Me. Ademir Barbosa Koucher, coordenador de informações da unidade do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no RS, com a palestra “Saneamento Básico no Brasil”; promotor Dr. Daniel Martini, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente (CAOMA) – MP/RS – com a palestra “Saneamento Básico e o Ordenamento Jurídico”; Patrícia Tompsen Bandel, embaixadora do Instituto Trata Brasil e coordenadora da Assessoria de relacionamento com a Comunidade do DMAE de Porto Alegre, com a palestra “Saneamento Básico: Desafios e Perspectivas”.

À luz da reflexão proposta no turno da manhã, bem como das pistas de ação apresentadas, no turno da tarde, serão realizadas oficinas para a formação de multiplicadores voltados à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental I, ao Ensino Fundamental II e ao Ensino Médio, a fim de que as atividades relacionadas ao Projeto sejam desenvolvidas junto às Instituições de Ensino, promovendo, também, a participação no Concurso Cultura de Curtas e em Audiência Pública sobre o tema.

As inscrições, gratuitas, devem ser realizadas através do formulário disponibilizado na página de divulgação do evento http://bit.ly/1MelWwc.  Para informações adicionais entre em contato através do e-mail: projeto@curtanaeducacao.org.br.

 

Projeto Curta na Educação tem proposta do tema da CFE 2016
eaitche.com.br

São Paulo recebe encontro regional para debater CFE 2016

O evento foi realizado em Indaiatuba, Itaici, reunindo centenas de participantes

São Paulo recebeu, nos dias 23, 24 e 25 de outubro, o Encontro Estadual da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE). O evento foi realizado em Indaiatuba, Itaici, reunindo centenas de participantes.

sp_cfe2016

A Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016 terá como tema “Casa Comum: nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5,24). Nessa edição, o objetivo geral da CFE será “assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, à luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa Casa Comum”.

Durante o evento, as reflexões sobre o saneamento básico contidas no texto-base demonstram que esse é um direito humano fundamental e, como todos os outros direitos, requer a união de esforços entre sociedade civil e poder público no planejamento e na prestação de serviços e de cuidados.

De acordo com Antônio Evangelista, um dos participantes, dados da agência Trata Brasil dão conta de que o tratamento do esgoto está diretamente implicado na qualidade de vida da população. “O país, apesar de ser a sétima economia mundial, ocupa a triste posição de número 112, numa lista de 200 países, quando o assunto é tratar a produção de esgoto. A falta na elaboração de projetos, mais do que a falta de dinheiro, é a causa responsável de direcionar cerca de 3.500 piscinas olímpicas de esgoto diariamente em córregos e rios, nas 100 cidades mais ricas do Brasil”, afirmou.

Mais informações sobre a Campanha, clique aqui.