Sugestões de temas para a Semana da Família 2022

Semana Nacional da Família 2022
Tema: Amor familiar, vocação e caminho de santidade!

Data: 14/08 a 20/08 de 2022

​A Semana Nacional da Família é em agosto, mas as coordenações regionais e locais da Pastoral Familiar, paróquias e comunidades de todo o país já podem se antecipar e organizar os preparativos para celebrar este momento tão especial para a Igreja no Brasil. Os encontros relacionados ao evento estão disponíveis no Hora da Família anual 2022 da Pastoral Familiar da CNBB, que neste ano vem junto com as celebrações da Semana Nacional da Vida 2022, que ocorre em outubro.

Temas para a Semana da Família 2022

Dividido em sete encontros e uma celebração específica para o dia dos pais 2022, o material conta com subsídios e dicas para preparar este momento, inclusive com a participação das crianças. A Semana Nacional da Família 2022 tem como tema “Amor familiar, vocação e caminho de santidade!”, em sintonia com o X Encontro Mundial das Famílias convocado pelo Papa Francisco e o XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar, marcado para o final de agosto em Governador Celso Ramos (SC). Os encontros começam a ser celebrados no dia 14 de agosto.

Confira os temas para a Semana da Família 2022 e as dicas:

1º Encontro

– “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus”
Para as crianças: Imprimir dois desenhos para pintar com personagens pobres e ricos e pedir às crianças para – ao pintarem – descrever o que pensam sobre eles. Um adulto fala às crianças sobre o valor da pobreza de espírito.

2º Encontro

– “Felizes os mansos, porque possuirão a terra”
– Dica: Providenciar uma imagem de Jesus Misericordioso, a Bíblia e, se possível, fotos de revistas ou jornais que apresentem pessoas chorando.
Para as crianças: Em dupla, as crianças, frente a frente, serão uma o espelho da outra. O “espelho” deve repetir todos os movimentos da outra e ver como é bom repetir atitudes de mansidão e como é ruim sentir ódio ou ser odiado. Se tiver várias crianças, troque as duplas de maneira que todos tenham sido também espelhos.

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

3º Encontro

Leia mais

Dicas para viver a Semana Nacional da Família 2022

Semana Nacional da Família 2022

Semana Nacional da Família 2022
Tema: Amor familiar, vocação e caminho de santidade!

Data: 14/08 a 20/08 de 2022

A oração em família é, acima de tudo, um ato de fé e de entrega daquele lar e daquelas pessoas a Deus. Além disso, é uma maneira de fortalecer laços, criar memórias, evangelizar e catequizar os filhos.

Por outro lado, rezar reunido com os familiares é colocar em prática a vivência da Igreja Doméstica, como afirma o Catecismo da Igreja Católica: “a família cristã  é o primeiro lugar de oração. Fundada sobre o sacramento do matrimônio, ela é ‘a Igreja Doméstica’, onde os filhos de Deus aprendem a orar ‘como Igreja’ e a perseverar na oração.” (CIC 2685)

Portanto, a vivência da oração em família é fundamental tanto para o lar quanto para a sociedade. Mas e como colocar em prática?

Encontros para a Semana da Família 2022:

Semana Nacional da Família 2022: terço mariano

Devemos fazer dos nossos lares um verdadeiro lugar de devoção a Nossa Senhora. Rezar o terço mariano é uma forma maravilhosa de se aproximar de Jesus por meio de Maria, afinal de contas se pedir à Mãe, o Filho atende!

Além disso, muitos santos já testemunharam a graça e a devoção a Nossa Senhora. Inclusive, Santo Afonso de Ligório que era muito fiel ao Rosário.

Entregue sua família e ser lar para Nossa Senhora e rezem juntos, diariamente, o terço!

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

 

Recorra a novenas

Leia mais

Dom Ricardo apresenta a comissão Vida e Família em Roma

Os bispos do Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Visita Ad Limina no Vaticano, visitaram nesta sexta-feira, 06/05/2022, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Na oportunidade, o bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família CNBB, dom Ricardo Hoepers, destacou o trabalho de animação e articulação da Pastoral Familiar e do Serviço à Vida em todos os Regionais do país.

Vida e Família em Roma

Dom Ricardo foi o responsável por apresentar as ações da Igreja no Regional Sul 3 em relação às dimensões eclesiais sob os cuidados do Dicastério: laicato, vida e família. Ele também dirigiu algumas perguntas a respeito dos ministérios leigos, à acolhida do capítulo VIII da exortação Amoris Laetitia pelo mundo e sobre o enfrentamento às políticas contra a vida.

O bispo destacou que a Comissão Episcopal e Pastoral Vida e Família da CNBB “tem se dedicado com empenho na organização, produção de materiais e mobilização das Dioceses para priorizar a Pastoral Familiar e o Serviço à Vida em todos os seus Regionais”.
Ele citou como prioridades a aplicação dos itinerários de acompanhamento personalizado para a preparação para o matrimônio e para recém-casados. Outro destaque é a acolhida, discernimento, integração e acompanhamento de casais em novas uniões.

“A estrutura da Comissão Vida e Família vem crescendo a cada ano e, especialmente neste tempo de pandemia e com o Ano de São José e Ano Amoris laetitia, houve um crescimento ainda maior em busca de implantação e aprofundamento. Para suprir esta demanda, investimos em subsídios mensais e temáticos: Hora da Família e Hora da Vida”, partilhou.

Dom Ricardo também apresentou a proposta do Serviço à Vida, uma “organização transversal que atua em toda a Pastoral Familiar, na promoção, defesa e cuidado com a vida desde a concepção até seu fim natural”. Uma ação específica do Rio Grande do Sul, que busca ser estendida para outros estados do Brasil, é a organização do Observatório de Bioética, que reúne as Instituições de Ensino Superior e outras Instituições afins para estudar, debater e aprofundar os temas da Bioética no eixos início da vida, políticas públicas e final de vida.

X Encontro Mundial das Famílias

Outro destaque na partilha de dom Ricardo é a “plena adesão e participação” do Regional Sul 3 no X Encontro Mundial das Famílias, no próximo mês de junho. “As dioceses já estão se preparando para realizar o X Encontro concomitantemente com o Papa com uma programação intensa que mobilizará todas as famílias”, anunciou o bispo.
Em todo o Brasil, as dioceses são motivadas a preparar programações locais que ocorram em sintonia com as atividades que serão realizadas na cidade-sede, Roma.

Vida e Família em Roma

Dom Ricardo Hoepers com o prefeito e secretários do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

Movimentos eclesiais

De acordo com dom Ricardo, o prefeito do Dicastério, cardeal Kevin Farrell, motivou a acolhida e o acompanhamento dos Movimentos Eclesiais. O purpurado demonstrou alegria e apoio à Comissão Vida e Família da CNBB, que tem realizado periodicamente encontros nacionais em diálogo com os movimentos e contado com seu apoio em ações da Pastoral Familiar. “No Rio Grande do Sul temos a Pastoral Familiar e Movimentos afins atuando em todas as Dioceses”, ressaltou.

Colaborador brasileiro

Ao final de sua partilha, quando agradecia pelo “empenho e competente trabalho realizado” pelo Dicastério, dom Ricardo destacou a atuação do padre brasileiro Alexandre Awi Mello, que é um dos secretários do organismo da cúria romana: “Para nós é um orgulho termos um brasileiro tão dedicado e eficiente atuando na dimensão da família que é fonte de todos os outros Dicastérios, pois é na família que tudo começa”.

 

CNBB / Portal Kairós

Os encontros da Oração em Família 2021

Oração em Família 2021

Oração em Família 2021

Viena – Afresco da Sagrada Família de Josef Kastner a partir de 19 séc. na igreja Carmelitas em Dobling.

Os tempos exigentes que estamos atravessando nos impuseram limitações em relação à liberdade de nos reunir e encontrar. Estar juntos, celebrar, refletir, partilhar nossas vidas e fazer o exercício da fraternidade é próprio da natureza humana e da vida cristã. Por isso, sentimos tanta falta e aguardamos ansiosos a hora de todas essas práticas voltarem a ser possíveis.

Como “Deus não fecha uma porta sem abrir outra”, tem-se constatado que houve em meio a tudo isso, por parte de muitos, uma redescoberta da beleza do encontro em família, entre as pessoas que moram na mesma casa: voltaram a dialogar mais, a brincar juntas, tirando tempo para se escutarem mutuamente; experimentaram como é bom ouvir unidas a Palavra de Deus com a Bíblia na mão; e a oração em família trouxe grande bem.

Também é verdade que em muitos casos se experimentaram grandes dificuldades. Passar, todo dia, o dia todo no mesmo espaço, quase sempre pequeno, é exigente. São necessárias muitas virtudes: humildade, paciência, perdão, reconciliação, silêncio e escuta, sentir o outro, companheirismo, amor. São coisas que se aprendem exercitando. Para isso é necessário desejar, acreditar que é possível, favorecer e criar condições, começando por arriscar pequenos passos.

Ter a coragem de começar pela oração em família é uma ótima proposta. Há um provérbio que diz: “Família que reza unida permanece unida.” Os diferentes se unem e se entendem quando se colocam diante de Deus, em diálogo com Ele. Esse é um esforço que Pai abençoa.

Não há dúvida que através dessa pandemia Deus está mostrando que devemos retomar, com todas as forças, a vida em família, nosso grande tesouro, lugar de verdadeira alegria. O que Deus pede, se o fizermos, tem o auxílio de sua graça.

Para dar apoio, estimular e animar essa experiência maravilhosa de ser “Igreja em casa”, que vai se transformando em “Pequena Comunidade Eclesial Missionária”, a Diocese está oferecendo esses roteiros para encontros de oração entre as pessoas que moram no mesmo lar.

Foi preparado um encontro para cada semana, a partir de 16 de maio até 30 de outubro: 1º. Um Tríduo em vista da Festa da Santíssima Trindade; 2º. Um Tríduo para celebrar o Sagrado Coração de Jesus; 3º. Uma novena a São José, baseada na carta que o Papa escreveu para a celebração o Ano de São José; 4º. Cinco encontros sobre a Bíblia, Palavra que molda o coração; 5º. Quatro Terços com a Mãe Aparecida, que contemplam os Mistérios de todo o Santo Rosário. (Download abaixo)

Lançado o Hora da Família 2021, confira!

A Diocese inteira agradece à equipe que se empenhou e com tanta generosidade e dedicação prestou esse precioso serviço. É certo que você e sua família irão gostar e se beneficiar imensamente.

Nossa Senhora da Piedade, qual Mãe atenta, cuide de nós, da nossa saúde, das nossas famílias, e nos ajude, quando for permitido, a voltar, com alegria e entusiasmo renovados, para as nossas atividades comunitárias.

Famílias renovadas, comunidades fortalecidas!

Oração em Família 2021 em pdf:

Oração em Família 2021

Tríduo ao Sagrado Coração de Jesus
1º dia: Jesus Cristo, ouvi-nos!
Jesus Cristo, ouvi-nos!

2º dia: Jesus Cristo, atendei-nos!
Jesus Cristo, atendei-nos!

3º dia: Jesus Cristo, tende piedade de nós!
Jesus Cristo, tende piedade de nós!

Novena de São José

Novena de São José – 1º dia
São José – Fiel ao Projeto de Deus!

Novena de São José – 2º dia
São José – Um Pai sempre Amado

Novena de São José – 3º dia
São José – Cheio de ternura!

Novena de São José – 4º dia
São José – Obediente aos sonhos de Deus!

Novena de São José – 5º dia
São José – Pai que sabia acolher!

Novena de São José – 6º dia
São José – Coragem Criativa a Serviço!

Novena de São José – 7º dia
São José – Trabalho que edifica!

Novena de São José – 8º dia
São José – Pai na sombra!

Novena de São José – 9º dia
São José – Pai na Santidade!

 

Portal Kairós / Diocese Tubarão