Posts

O calendário do ano litúrgico 2021 Ano B – São Marcos

Calendário do ano litúrgico 2021 Ano B – Evangelho de São Marcos

Calendário do ano litúrgico 2021

Seja bem-vindo, 2021!

Grande tesouro é a sagrada liturgia da Igreja. Em cada celebração, temos a oportunidade de viver um encontro profundo e transformador com o Senhor. Na liturgia Deus vem encontrar-se com seu povo, para alimentá-lo e fortalecê-lo. O povo, por sua vez, responde a Deus com cânticos e orações. A liturgia visa celebrar, isto é, tornar célebre, honrar e exaltar a Santíssima Trindade, bem como celebrar os santos sacramentos.

Nela, a Igreja celebra principalmente o mistério Pascal, pelo qual Cristo realizou a obra de nossa salvação (cf. CIC §1067). É o mistério central da vida de Cristo, sua Paixão, Morte e Ressurreição para nos salvar.

Quando a Liturgia faz memória desses mistérios, torna-os presentes, traz para o momento atual esses acontecimentos da salvação, renova nossa redenção e ainda nos indica o futuro: a construção do Reino de Deus. Ela,”pela qual, no divino sacrifício da Eucaristia, se exerce a obra de nossa redenção, contribui do modo mais excelente para que os fiéis, em sua vida, exprimam e manifestem aos outros o mistério de Cristo e a genuína natureza da verdadeira Igreja” (SC 2). Pela Liturgia, Cristo, nosso redentor e sumo sacerdote, continua em sua Igreja, com ela e por ela, a obra de nossa redenção (cf.CIC §1069). Por meio dela, Jesus Cristo exerce seu múnus sacerdotal, em que é realizada a santificação do homem e o culto público integral pelo Corpo Místico de Cristo, cabeça e membros.

Por isso, afirmou o Vaticano li que “toda a celebração litúrgica, como obra de Cristo sacerdote e de seu corpo, que é a Igreja, é ação sagrada por excelência, cuja eficácia, no mesmo título e grau, não é igualada por nenhuma outra ação da Igreja” (SC 7) (CIC §1070). As celebrações que acontecem ao longo do Ano Litúrgico nos ajudam a compreender e a viver em plenitude o mistério de Cristo, atualizado pelos sacramentos. O mistério que celebramos na liturgia é o dom da vida, que Deus quis manifestar e comunicar aos homens em seu Filho, morto e ressuscitado, com a efusão do Espírito Santo.

O Ano Litúrgico B, que iniciamos em dezembro de 2020, traz como destaque o Evangelho segundo Marcos, cujo objetivo maior é esclarecer quem de fato é Jesus para evitar distorções em seu seguimento. O evangelho de Marcos nasce da necessidade de a comunidade colocar por escrito suas memórias sobre quem é Jesus, reforçando que seu messianismo não passa pelo poder e pela glória, mas sim pelo sofrimento e pela cruz.

O Portal Kairós quer ser um apoio para os ministros ordenados e leigos na preparação das celebrações eucarísticas e da Palavra junto de suas comunidades, oferecendo-lhes reflexões elaboradas, a partir dos textos bíblicos, e SUGESTÕES LITÚRGICAS para cada domingo do ano e também para as festas e solenidades previstas no calendário litúrgico. Nosso propósito é favorecer ainda mais a qualidade das reflexões e dinâmicas celebrativas em nossas comunidades, para que nossas eucaristias e celebrações da Palavra proporcionem às pessoas um verdadeiro e marcante encontro com Jesus, levando-as a viver já no presente o Reino de Deus.

Portal Kairós / Pe. Fábio Evaristo, C.Ss.R.

Na Área Especial

Baixe o calendário do ano litúrgico 2021 (Domingos):

O Ciclo Litúrgico em CorelDraw e Photoshop em alta qualidade para impressão:

Baixe o calendário do ano litúrgico 2021 (Todos os dias):

É tempo de se preparar para a Campanha da Fraternidade 2021, não deixe para a última hora para conhecer seus subsídios que o Portal Kairós preparou para você.

ANO LITURGICO 2021 – Ano B
São Marcos – Ano ímpar
Início: 29 de Novembro 2020
Término: 27 Novembro 2021

2021 vai ter nove feriados prolongados

Leia mais

Downloads

Calendário litúrgico 2023 simplificado em alta qualidade pra imprimir (Tabela)

Há uma modalidade concreta para escutarmos aquilo que o Senhor nos quer dizer na sua Palavra e nos deixarmos transformar pelo Espírito: designamo-la por lectio divina. Consiste na leitura da Palavra de Deus num tempo de oração, para lhe permitir que nos ilumine e renove.

Na presença de Deus, numa leitura tranquila do texto, é bom perguntar-se, por exemplo: “Senhor, a mim que me diz este texto? Com esta mensagem, que quereis mudar na minha vida? Que é que me dá fastídio neste texto? Porque é que isto não me interessa?”; ou então: “De que
gosto? Em que me estimula esta Palavra? Que me atrai? E por que me atrai?”.

Quando se procura ouvir o Senhor, é normal ter tentações. Uma delas é simplesmente sentir-se chateado e acabrunhado e dar tudo por encerrado; outra tentação muito comum é começar a pensar naquilo que o texto diz aos outros, para evitar de o aplicar à própria vida.

Acontece também começar a procurar desculpas, que nos permitam diluir a mensagem específica do texto. Outras vezes pensamos que Deus nos exige uma decisão demasiado grande, que ainda não estamos em condições de tomar. Isto leva muitas pessoas a perderem a alegria do
encontro com a Palavra, mas isso significaria esquecer que ninguém é mais paciente do que Deus Pai, ninguém compreende e sabe esperar como ele.

Deus convida sempre a dar um passo mais, mas não exige uma resposta completa, se ainda não percorremos o caminho que a torna possível. Apenas quer que olhemos com sinceridade a nossa vida e a apresentemos sem fingimento diante dos seus olhos, que estejamos dispostos a continuar a crescer, e peçamos a ele o que ainda não podemos conseguir.

(Papa Francisco, Evangelii Gaudium, 152-153)

Tenha uma infinidade de materiais católicos

Assine nosso Canal do YouTube e deixe seu comentário (Ajude a gente na divulgação)

Ajude o Portal Kairós do seu jeito

Resumo da liturgia de 2021