Posts

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2015

Boletim da Santa Sé em Português de Portugal

“Fortalecei os vossos corações” (Tg 5, 8)

papa_francisco_quaresma

Amados irmãos e irmãs,

Tempo de renovação para a Igreja, para as comunidades e para cada um dos fiéis, a Quaresma é sobretudo um “tempo favorável” de graça (cf. 2 Cor 6, 2). Deus nada nos pede, que antes não no-lo tenha dado: “Nós amamos, porque Ele nos amou primeiro” (1 Jo 4, 19). Ele não nos olha com indiferença; pelo contrário, tem a peito cada um de nós, conhece-nos pelo nome, cuida de nós e vai à nossa procura, quando O deixamos. Interessa-Se por cada um de nós; o seu amor impede-Lhe de ficar indiferente perante aquilo que nos acontece. Coisa diversa se passa connosco! Quando estamos bem e comodamente instalados, esquecemo-nos certamente dos outros (isto, Deus Pai nunca o faz!), não nos interessam os seus problemas, nem as tribulações e injustiças que sofrem; e, assim, o nosso coração cai na indiferença: encontrando-me relativamente bem e confortável, esqueço-me dos que não estão bem! Hoje, esta atitude egoísta de indiferença atingiu uma dimensão mundial tal que podemos falar de uma globalização da indiferença. Trata-se de um mal-estar que temos obrigação, como cristãos, de enfrentar.

Quando o povo de Deus se converte ao seu amor, encontra resposta para as questões que a história continuamente nos coloca. E um dos desafios mais urgentes, sobre o qual me quero deter nesta Mensagem, é o da globalização da indiferença.

Dado que a indiferença para com o próximo e para com Deus é uma tentação real também para nós, cristãos, temos necessidade de ouvir, em cada Quaresma, o brado dos profetas que levantam a voz para nos despertar.

A Deus não Lhe é indiferente o mundo, mas ama-o até ao ponto de entregar o seu Filho pela salvação de todo o homem. Na encarnação, na vida terrena, na morte e ressurreição do Filho de Deus, abre-se definitivamente a porta entre Deus e o homem, entre o Céu e a terra. E a Igreja é como a mão que mantém aberta esta porta, por meio da proclamação da Palavra, da celebração dos Sacramentos, do testemunho da fé que se torna eficaz pelo amor (cf. Gl 5, 6). O mundo, porém, tende a fechar-se em si mesmo e a fechar a referida porta através da qual Deus entra no mundo e o mundo n’Ele. Sendo assim, a mão, que é a Igreja, não deve jamais surpreender-se, se se vir rejeitada, esmagada e ferida.

Por isso, o povo de Deus tem necessidade de renovação, para não cair na indiferença nem se fechar em si mesmo. Tendo em vista esta renovação, gostaria de vos propor três textos para a vossa meditação.

Leia mais

Vídeos de formação para Campanha da Fraternidade 2015

Vídeos de formação para Campanha da Fraternidade 2015:
Leia mais

Formação para Campanha da Fraternidade 2015

O texto base da Campanha da Fraternidade 2015 é um dos mais ricos e informativos nestes últimos anos. Fiel ao seu tema: “Fraternidade: Igreja e Sociedade” o texto apresenta um rico histórico das relações entre a Igreja e a sociedade no Brasil. Aborda também um dos problemas atuais mais angustiantes do povo brasileiro – a violência em nossa sociedade. É fato notório que a violência não para de crescer, “sob todas as formas e em todos os estratos da sociedade”. O texto base nos oferece as seguintes estatísticas: uma taxa de 20,4 homicídios por 100 mil habitantes, a oitava pior marca entre 100 nações com estatísticas confiáveis sobre o tema! É interessante ver os estados com as mais altas taxas de homicídios no país: Alagoas (55,3), Espírito Santo (39,4), Pará (34,6), Bahia (34,4) e Paraíba (32,8), segundo a pesquisa  “com maior incidência nas periferias urbanas e em cidades com rápido crescimento”. Atualmente são 50 mil mortes violentas por ano aqui no Brasil. A maioria esmagadora destas mortes violentas está ligada ao comércio de drogas e aos usuários das drogas. O texto base da Campanha da Fraternidade 2015 nos informa que o Brasil é o maior consumidor mundial de drogas como o crack, e o segundo de cocaína. Um fato agravante é que este “consumo devastador de drogas chegou às cidades do interior”. Segundo a mesma fonte “Em meados de 2014, 350 mil pessoas usavam crack regularmente em São Paulo”.

formacao_cf2015

PASCOM São Sebastião – Diocese de Amparo

O texto base aborda outros graves problemas nossos, como a impunidade. O índice de crimes e delitos esclarecidos é muito baixo, contribuindo assim para a sensação de impunidade na sociedade brasileira. O fato que nós temos mais de meio milhão de brasileiros encarcerados é realmente uma vergonha nacional. É interessante notar que a maior parte destes encarcerados é jovem, negra, pobre com pouco estudo e com poucas oportunidades de reintegração social. Por causa destes dados constantemente ouvimos debates sobre a diminuição da maioridade penal e até sobre a pena de morte! Conforme o rodapé no. 38 do texto base da campanha entre 1980 e 2011, as mortes não naturais e violentas de jovens, como acidentes, homicídio ou suicídio, cresceram 207,9%.  Se forem considerados só os homicídios, o aumenta chega a 326,1%.

Durante sua visita ao Brasil em 2013, o Papa Francisco exortou todos os cristãos a não assumirem uma posição pessimista diante das dificuldades presentes em nossa sociedade, nem uma posição meramente reativa ou pior, de resistência e isolamento. Ele os chamou a unir forças com os homens e mulheres de boa vontade que desejam serem construtores de um mundo melhor. Um mundo mais justo, mais fraterno, mais solidário e com mais paz.

 

Formação para Campanha da Fraternidade 2015
(Dados do Texto-base da Campanha da Fraternidade 2015)

Pe. Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

Música e cartaz da CF 2016 serão escolhidos em concurso

A Campanha da Fraternidade de 2016 será ecumênica, ou seja, reunirá outras igrejas cristãs além da católica. Tal como nas três versões anteriores, a ação será coordenada pelo CONIC. Uma das maiores novidades para esta IV edição é que ela deverá transpor fronteiras nacionais, já que contará com a participação da Misereor – entidade episcopal da Igreja Católica da Alemanha que trabalha na cooperação para o desenvolvimento na Ásia, África e América Latina.

O objetivo principal da iniciativa será chamar atenção para a questão do saneamento básico que, no Brasil, caminha a passos lentos – apesar da importância do mesmo para garantir desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida para todos.

“Casa comum, nossa responsabilidade” será o tema da Campanha. O lema bíblico para apoiar esta escolha a baseia-se em Amós 5:24, que diz: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. Ambos, tema e lema, foram definidos em uma reunião realizada em São Paulo, entre os dias 4 e 6 de novembro, reunindo membros da Comissão da Campanha e representantes da Misereor.

Música e Cartaz da Campanha: você pode participar

A música tema e o cartaz da Campanha serão escolhidos por meio de um concurso. Todos poderão participar, desde que obedeçam aos critérios dos Regulamentos.

Leia mais

Letras da Campanha da Fraternidade 2015

Padre José Weber

Padre José Weber

Letras da Campanha da Fraternidade 2015

01 – HINO CF 2015
Letra: Pe. José Antonio de Oliveira
Música: Pe. José Weber

01 – Em meio às angústias, vitórias e lidas,
No palco do mundo, onde a história se faz,
Sonhei uma Igreja a serviço da vida.

Eu fiz do meu povo os atores da paz! (2x)

Refrão:
Quero uma Igreja solidária,
Servidora e missionária,
Que anuncia e saiba ouvir.
A lutar por dignidade,
Por justiça e igualdade,
Pois “EU VIM PARA SERVIR”.

02 – Os grandes oprimem, exploram o povo,
Mas entre vocês bem diverso há de ser.
Quem quer ser o grande se faça de servo:

Deus ama o pequeno e despreza o poder. (2x)

Refrão

03 – Preciso de gente que cure feridas,
Que saiba escutar, acolher, visitar.
Eu quero uma Igreja em constante saída,

De portas abertas, sem medo de amar! (2x)

Refrão

04 – O meu mandamento é antigo e tão novo:
Amar e servir como faço a vocês.
Sou mestre que escuta e cuida seu povo,

Um Deus que se inclina e que lava seus pés. (2x)

Refrão

05 – As chagas do ódio e da intolerância
Se curam com o óleo do amor-compaixão.
Na luz do Evangelho, acende a esperança.

Vem! Calça as sandálias, assume a missão! (2x)

Refrão

Músicas e subsídios para baixar

Leia mais