Posts

O Espírito Santo além da pombinha branca

Alguns teólogos brincam afirmando que, no cisma entre Oriente/ Ocidente cristão de 1054 d.C., o lado oriental ficou com o Espírito Santo, enquanto, nós, ocidentais, com a razão.

Uma das grandes redescobertas do Concílio Vaticano II, criticado por alguns de trair o espírito eclesial tradicional, foi “desengaiolar” o Espírito, que nós ocidentais sufocamos com nossas burocracias, racionalização e institucionalização.

As primeiras palavras da oração de São João XXIII na inauguração do Concílio foram mais que poesia, para bom entendedor, se constituem verdadeira exortação: “Renova as tuas maravilhas na vida da Igreja, Senhor, com o novo Pentecostes”, esta simples atitude ocasionou um movimento irreversível, pois o Espírito Santo deixou de ser conhecido apenas como a “terceira pessoa da Santíssima Trindade”, como muitos decoravam na catequese e, num retorno às fontes bíblicas e patrísticas, a busca por reconhecê-lo, sobretudo, como mencionado no Símbolo niceno-constantinopolitano, o “senhor que dá a vida”, aquele que inspirou os profetas.

A pneumatologia, ciência teológica que aborda o Espírito Santo, é recente se comparada aos dois milênios de cristianismo. Formalmente, data da segunda metade do século passado. Se o Espírito era mencionado, tratava-se logo de associá-lo ao Pai ou ao Filho. Perdemos muito tempo, não ouvíamos falar Dele.

O “esquecimento” do Espírito Santo deixou um vácuo na igreja ocidental que deve ser urgentemente preenchido, como bem notou o teólogo J. Moltmann, seguido de Karl Barth, John Wesley, Yves Congar, José Comblin, Victor Codina e outros, e isso não será possível apenas com produções literárias e teológicas, mas com experiências místicas reais, elementos que a Igreja Oriental nunca perdeu de vista.

Que o Espírito Santo não seja “propriedade” de movimentos dentro da Igreja, mas seja a Igreja em contínuo movimento e atualidade. Pois como canta e reza a Sequência de Pentecostes, “sem a luz que acode, nada o homem pode, nenhum bem há nele”…

Mensagem oficial do Papa para o Dia Mundial da Paz 2020

“O Espírito e a Esposa dizem: “Vem!”. Apocalipse 22,17.

Baixe materiais de formação sobre o Espírito Santo

Vivendo com Espírito Santo:

Novena de Pentecostes em Família 2020:

Novena em honra ao Espírito Santo para imprimir:

Cartaz da Novena de Pentecostes Tradicional 2020:

Novena de Pentecostes Beata Elena Guerra:

Cartaz da Novena de Pentecostes 2020:

Imagem do Cartaz da Novena de Pentecostes 2020 Tradicional – Alta resolução:

Cartaz de Pentecostes 2020 da RCC:

Novena de Pentecostes 2020 Tradicional – Versão Web:

 

Na Área Especial

Novena de Pentecostes 2020 Tradicional para imprimir:

 

Narcélio F. de Lima / Portal Kairós

Downloads

Novena de Pentecostes 2020 Tradicional – Versão Web

A Novena de Pentecostes 2020 se propõe oferecer um itinerário sobre a oração. À medida que nos dispomos a rezar com maior frequência, mais nos tornamos familiares a Deus. Desse modo, mais espontâneos nos sentimos para louvar e agradecer a Deus por tantas maravilhas que ele realiza em nossa vida e na história da humanidade. Para celebrar a solenidade de Pentecostes é que nos preparamos com fé e abertura de coração.

Versão para imprimir

 

Pentecostes 2020: 31 de maio de 2020

Novena de Pentecostes 2020 Tradicional para imprimir

A Novena de Pentecostes 2020 se propõe oferecer um itinerário sobre a oração. À medida que nos dispomos a rezar com maior frequência, mais nos tornamos familiares a Deus. Desse modo, mais espontâneos nos sentimos para louvar e agradecer a Deus por tantas maravilhas que ele realiza em nossa vida e na história da humanidade. Para celebrar a solenidade de Pentecostes é que nos preparamos com fé e abertura de coração.

Pentecostes 2020: 31 de maio de 2020

Novena de Pentecostes (Cantos Especiais)

A Novena de Pentecostes se propõe oferecer um itinerário sobre a oração. À medida que nos dispomos a rezar com maior frequência, mais nos tornamos familiares a Deus. Desse modo, mais espontâneos nos sentimos para louvar e agradecer a Deus por tantas maravilhas que ele realiza em nossa vida e na história da humanidade. Para celebrar a solenidade de Pentecostes é que nos preparamos com fé e abertura de coração.

Novena de Pentecostes 2020

Pentecostes 2020: 31 de maio de 2020