Posts

Novena e Suplica a Nossa Senhora desatadora dos nós

Novena a Nossa Senhora desatadora dos nós

A Novena a Nossa Senhora Desatadora dos Nós nos ajuda na oração e suscita em nós uma confiança filial em meio aos problemas, às dificuldades e adversidades da vida.

Rezar todos os dias

01- Faça o sinal da cruz;

02- Faça o Ato de Contrição e reflita sobre seus pecados:
“Meu Deus, eu me arrependo, de todo o coração, de vos Ter ofendido, porque sois tão bom e amável. Prometo, com a ajuda da vossa graça, nunca mais pecar. Meu Jesus, misericórdia!”

03- Reze o Terço (as três primeiras dezenas);

04- Faça a meditação de cada dia da novena;

05- Complete as duas dezenas finais do Terço;

06- Termine com a oração à Maria Desatadora.

1º Dia

Santa Mãe querida, Maria santíssima, que desata os nós que sufocam os teus filhos, estende tuas mãos de misericórdia para mim. Entrego-Te hoje este nó [colocar a intenção] e todas as consequências negativas que ele provoca em minha vida. Dou-te este nó, que me atormenta e me faz infeliz e tanto me impede de unir-me mais a ti e a teu Filho Jesus, meu Salvador. Recorro a ti, Maria Desatadora de Nós, pois confio e sei que nunca desprezas o filho pecador que vem pedir-te auxílio. Eu creio que tu podes desatar esse nó pois tudo te é concedido por Jesus. Eu creio que tu queres desatar o nó porque és minha Mãe. Eu creio que tu o farás porque me amas com eterno amor. Obrigado, Mãe querida.

2º Dia

Maria, Mãe amada, dispensadora de todas as graças, volto a ti meu coração, hoje, reconhecendo-me pecador e necessitado do teu auxílio. Muitas vezes, chego a perder as graças que me concedes por causa do meu pecado de egoísmo, de orgulho, rancor e falta de generosidade e humildade. Recorro a ti, hoje, Maria Desatadora dos Nós, a fim de pedir para mim a teu filho Jesus um coração puro, despojado, humilde e confiante. Viverei o dia de hoje praticando essas virtudes e ofertarei como sinal do meu amor por ti. Entrego em tuas mãos este nó [colocar a intenção], que me impede de refletir a glória de Deus.

3º Dia

Mãe Medianeira, Rainha do Céu, em cujas mãos se encontram as riquezas do Rei, volta os teus olhos misericordiosos para mim hoje. Confio nas tuas mãos santas este nó da minha vida, e todo o rancor, o ressentimento que ele me causa. Peço-te perdão, e a Deus Pai, pelo meu pecado. Ajuda-me, agora, a perdoar todas as pessoas que, consciente ou inconscientemente, provocaram esse nó. Dá-me também a graça de perdoar a mim mesmo por ter provocado esse nó. Só assim poderás desatá-lo. Diante de ti, Mãe querida, e em nome de teu Filho Jesus, meu Salvador, a quem tantas ofensas foram feitas, tendo sido concedido o perdão, eu perdôo agora essas pessoas e perdoo a mim mesmo para sempre. Obrigado, Maria Desatadora dos Nós, por desatar o nó do rancor em meu coração e o nó que agora te apresento. Amém.

4º Dia

Santa Mãe querida, generosa para com todos os que te procuram, tem piedade de mim. Confio em tuas mãos este nó que rouba a paz do meu coração, que paralisa a minha alma e impede-me de caminhar até o meu Senhor e servi-lo com a minha vida. Desata este nó da minha vida, Mãe, e pede a Jesus pela cura da minha fé paralítica, que se deixa abater pelas pedras do caminho. Caminhando contigo, Mãe querida, que eu veja essas pedras como amigas, que eu não murmure mais e aprenda a dar graças sem cessar e sorrir confiante no teu poder.

5º Dia

Mãe Desatadora dos Nós, generosa e compassiva, venho a Ti, hoje, para renovar a entrega deste nó [colocar a intenção] em minha vida e te pedir a sabedoria divina para agir sob a luz do Espírito Santo neste emaranhado de problemas. Nunca ninguém te viu irada. Ao contrário, tão repassada de doçuras eram tuas palavras, que se reconhecia o Espírito Santo em tua boca. Tira de mim a amargura, a cólera, o ódio que esse nó me causou. Dá-me, ó Mãe querida, da tua doçura, da tua sabedoria, refletindo tudo em silêncio, no coração. E como estiveste em Pentecostes, roga a Jesus para que eu receba um novo sopro do Espírito Santo neste momento em minha vida. Espírito Santo, vem sobre mim!

6º Dia

Rainha de Misericórdia, confio a ti este nó da minha vida e rogo-te dar-me um coração de espera enquanto o desatas. Ensina-me a perseverar na palavra viva de Jesus, na Eucaristia, no sacramento da confissão. Enfim, fica comigo e prepara o meu coração para festejar com os anjos esta graça a mim já concedida. Amém. Aleluia!

7º Dia

Mãe Puríssima, venho a ti, hoje, para suplicar que desates este nó da minha vida e me livres das ciladas do Mal. Deus te concedeu grande poder sobre todos os demônios. Renuncio a todos eles, hoje, a toda ligação que tive com eles e proclamo Jesus como meu único Senhor e Salvador. Maria Desatadora dos Nós, esmaga a cabeça do maligno na minha vida e destrói as armadilhas que eles me fizeram provocando esse nó. Obrigado, Mãe querida. Sangue Preciosíssimo de Jesus, liberta-me!

8º Dia

Virgem Mãe de Deus, rica em misericórdia, tem piedade de teu filho e desata este nó na minha vida. Preciso de tua visita em minha vida, como visitaste Isabel. Traz-me Jesus, traz-me o Espírito Santo. Ensina-me a praticar as virtudes da coragem, da alegria, da humildade, da fé, e como Isabel, ficar cheio do Espírito Santo. Faz-me estremecer de alegria em teu seio, Maria. Consagro-te como minha Mãe, minha Rainha, minha amiga. Dou-te o meu coração e tudo o que me pertence (minha casa, minha família, meus bens exteriores e interiores). Sou teu para sempre. Coloca em mim o teu coração, para que eu possa fazer tudo o que Jesus me disser.

9 º Dia

Maria Santíssima, advogada nossa, Desatadora dos Nós, venho hoje para agradecer-te por desatares este nó na minha vida. Tu bem conheces os sofrimentos que ele me causa. Obrigado por vires, Mãe, com teus longos dedos de misericórdia, secar as lágrimas dos meus olhos, acolher-me em teus braços e me fazeres recebedor de mais uma graça divina.

Maria Desatadora dos Nós, Mãe querida, a ti agradeço por desatares os nós da minha vida. Cobre-me com teu manto de amor, guarda-me na tua proteção, ilumina-me com tua paz! Amém.

Súplica à Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Santa Maria Mãe de Deus, Tu que, como mulher e mãe, respondeste a Deus: “Que se faça a Tua vontade”, contagie-nos dessa força, a força da Tua Fé e de Teu Amor.

Maria, eu venho a Ti, cheia de dor, chorando meu sofrimento nos braços de uma Mãe que sempre escuta, que tudo suporta, que tudo crê.

Creia, minha Mãe, creia em minha dor e em minhas angústias; o que não faria uma mãe por seu filho; o que não farias Tu, Maria, minha Mãe, para mim?

Eu te peço somente para me escutares, que minhas súplicas cheguem a Ti, e Tu as leve até o Filho Bem Amado e que intercedas por mim. Que eu também possa dizer: “Sim, Senhor, que se faça a Tua vontade”. Dá-me, Maria, a capacidade de aceitar os desígnios que o Senhor tem para comigo.

Maria, guia-me, protege-me, desata o emaranhado de meus problemas. Somente Tu liberta, somente Tu desatas, somente Tu e Teu Filho podem me libertar da opressão com que vivo, da qual estou consciente que somente nós, homens, somos os que tropeçamos no caminhar do dia a dia, e somos os que nos enredamos nos laços do orgulho, da soberba, da incompreensão, da falta de caridade e solidariedade.

Por isso, recorro a Ti, Maria, minha Mãe, para que me livres e desates os nós que me impedem de ser feliz e estar mais juntos de Ti e de Teu Filho. Para que, com a oração perseverante, dobremos os nossos duros corações e possamos elevar-nos a um mundo mais generoso.

Maria, escuta minhas preces.
Amém.

Saiba mais

O título de Nossa Senhora desatadora dos nós surgiu em 1700 com uma pintura do artista alemão Johann Schmidtner. A pintura, de 1,1 metro de largura por 1,82 metros de altura, encontra-se na capela de St. Peter am Perlach, em Augsburgo na Alemanha. O Papa Francisco, devoto, levou para Buenos Aires (Argentina) cartões-postais da imagem (conhecidos no Brasil por santinhos) onde há uma réplica da pintura na Igreja de San José del Talar.

 

Canção Nova / Portal Kairós

Oração pelos nossos filhos

Oração pelos nossos filhos

Oração pelos nossos filhos I

Senhor Jesus, que tivestes tanto amor às crianças a ponto de dizerdes:
‘Quem receber uma criança em meu nome a mim recebe’,

atendei os nossos pedidos por essas crianças, este menino/este menina,
e guardai sempre sob vossa proteção, os que receberam a graça do batismo,

a fim de que, quando crescerem, vos reconheçam com fé livremente aceita,
na caridade e perseverem corajosamente na esperança do reino.

Vós que viveis e reinais para sempre.
Amém!

Oração pelos nossos filhos II

Meu Deus, eu vos ofereço meus filhos.
Vós me destes, eles vos pertencerão para sempre; eu os educo para vós e vos peço que os conserveis para a vossa glória.

Senhor, que o egoísmo, a ambição e a maldade não os desviem do bom caminho.
Que eles tenham força para agir contra o mal e que a motivação de todos os seus atos sejam sempre e unicamente o bem.

Há tanta maldade nesse mundo, Senhor, e Vós sabeis como somos fracos e como o mal muitas vezes nos fascina; mas vós estais conosco e eu coloco meus filhos sob a vossa proteção.

Sejais luz, força e alegria nesta terra, Senhor, para que eles vivam por vós na terra e no céu, e que todos juntos, possamos gozar de vossa companhia para sempre. Amém!

Oração pelos nossos filhos III

Olha para os meus filhos. Fortifica-os para que cresçam felizes e tenham olhos que lembrem a tranqüilidade de um lago, a firmeza de um rochedo e a luz da esperança.

Dá-lhes uma saúde integral, uma inteligência completa e um sentimento vivo.

Põe nos seus corações a reverência aos Teus ensinamentos, o respeito aos outros, o amor ao trabalho, a dedicação ao estudo, a candura e a obediência.

Para tornar-me digna deles e não lhes transmitir nervosismo, desajuste, tristeza, medo ou maldade, envolve-me em tranquilidade, equilíbrio, alegria, coragem e bondade.

E ensina-me a descobrir as virtudes que eles têm, a elogiá-los sem exageros e a corrigi-los com sabedoria.
Em primeiro lugar, pois, modela-me a alma grande e generosa, para amá-los na semelhança do Teu amor.

Obrigado! Meu Deus! Obrigado! Amém.

Oração da Campanha da Fraternidade 2015

Reze o terço conosco

  1. Introdução Terço
  2. Início do Rosário Terço
  3. Primeiro mistério gozoso Terço
  4. Segundo mistério gozoso Terço
  5. Terceiro mistério gozoso Terço
  6. Quarto mistério gozoso Terço
  7. Quinto mistério gozoso Terço
  8. Primeiro mistério luminoso Terço
  9. Segundo mistério luminoso Terço
  10. Terceiro mistério luminoso Terço
  11. Quarto mistério luminoso Terço
  12. Quinto mistério luminoso Terço
  13. Primeiro mistério doloroso Terço
  14. Segundo mistério doloroso Terço
  15. Terceiro mistério doloroso Terço
  16. Quarto mistério doloroso Terço
  17. Quinto mistério doloroso Terço
  18. Primeiro mistério glorioso Terço
  19. Segundo mistério glorioso Terço
  20. Terceiro mistério glorioso Terço
  21. Quarto mistério glorioso Terço
  22. Quinto mistério glorioso Terço
  23. Encerramento Terço
  24. Ladainha Terço
Reze conosco o Terço Mariano

“O Rosário é a oração do simples e a oração do sábio. É a oração dos pobres, é a oração de todos.” (Padre Jonas Abib)

Mistérios do Terço Mariano

Mistérios Gozosos: Sobre a infância de Jesus (segunda e sábado)
01 – Mistério: Anunciação do anjo São Gabriel a Nossa Senhora (Lc 1, 26-38)
02 – Mistério: Visita de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel (Lc 1,39-56)
03 – Mistério: Nascimento de Jesus em Belém (Lc 2,1-21)
04 – Mistério: Apresentação do Menino Jesus no templo (Lc 2,22-40)
05 – Mistério: Encontro de Jesus no templo entre os doutores da lei (Lc 2,41-52)

Mistérios Dolorosos: Sobre a paixão de Jesus (terça e sexta-feira)
01 – Mistério: Agonia morta de Jesus no horto das Oliveiras (Mt 26,36-56)
02 – Mistério: Flagelação de Jesus atado à coluna (Mt 27,11-26)
03 – Mistério: Coroação de espinhos de Jesus por seus algozes (Mt 27,27-31)
04 – Mistério: Subida dolorosa do Calvário (Jo 19,17-24)
05 – Mistério: Crucificação de Jesus (Jo 19,25-37)

Mistérios Gloriosos: Sobre a ressurreição de Jesus e de sua mãe Maria (quarta-feira, e domingo)
01 – Mistério: Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo (Jo 20, 1-18)
02 – Mistério: A ascensão Gloriosa de Jesus ao Céu (Lc 24, 50-53)
03 – Mistério: Descida do Espírito Santo sobre os apóstolos (Ato 2,1-13)
04 – Mistério: Assunção Gloriosa de Nossa Senhora ao céu (Sl 44,11-18)
05 – Mistério: Coroação de Nossa Senhora no Céu (Apo 12, 1-4)

Mistérios Luminosos: Sobre a vida pública de Jesus (quinta-feira)
01 – Mistério: Batismo do Senhor no Jordão (Cor 5, 21 – Mt 3, 17)
02 – Mistério: Bodas de Caná (Jo 2, 1-12)
03 – Mistério: A proclamação do Reino (Mc 1, 15)
04 – Mistério: A Transfiguração de Jesus (Lc 9, 35)
05 – Mistério: Instituição da Eucaristia (Jo 13, 1)