Posts

Reflexão e sugestão para o 1º Domingo da Quaresma 2022 – Ano C

Para o dia: 06/03/2022

Missa do 1º Domingo da Quaresma 2022 – Ano C

Dt 26,4-10; SI 90; Rm 10,8-13; Lc 4,1-13

1º Domingo da Quaresma 2022

Todos nós temos momentos exigentes, que esperam uma atitude radical. Assim foi com Jesus. Como Filho, “abandonou-se “inteiramente nas mãos do Pai e cumpriu com fidelidade sua missão. Sua fidelidade foi sua radicalidade. Enfrentou o deserto, lugar difícil, exigente e de purificação.

As três tentações têm um único alvo: a relação entre Jesus e Deus! Jesus não se deixou instrumentalizar. Soube usar de sua plena liberdade e escolher conforme a missão que o Pai lhe confiou. Não confiou em nada, senão na fidelidade ao Pai.

Olhando para a realidade social em que vivemos, observando o comportamento das pessoas, logo vamos perceber o quanto colocamos nossa segurança na posse, no domínio sobre os outros, no poder e no prazer, que são as três grandes tentações humanas. Mesmo afirmando que amamos a Deus, no fundo podemos estar dizendo um sim adverso, contrário ao que exige a fé. Certamente, se nossas atitudes não correspondem ao modo autêntico de ser cristão, à fé que afirmamos viver, parece que “admitimos outras divindades em nossa vida”. Jesus nos dá a grande lição sobre não deixarmos esse tipo de atitude acontecer em nossa vida. Como ele foi radical na fidelidade, assim devemos ser nós, cristãos: radicais na fé, na opção de vida pelo Cristo.

Leia mais

A quarta-feira de cinzas da Quaresma 2022

“(…) rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus;” (cf. Jl 2,13ab)

Quarta-feira de cinzas da Quaresma 2022

Quarta-feira de cinzas da Quaresma 2022

Iniciamos a Tempo da Quaresma 2022 com a celebração da Quarta-Feira de Cinzas, onde somos convidados a vivenciar nestes próximos quarenta dias e cinco domingos, a imersão nas dimensões do Jejum, da Oração e da Esmola. Reavivando em nossos corações a conversão necessária em nossas palavras, pensamentos e ações para que possamos celebrar com bastante fervor a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Como é sabido, “este dia e a Sexta-Feira Santa são os únicos dias em que é pedido a todos os adultos que jejuem em sinal de disponibilidade e solidariedade” (cf. Missal Dominical – Missal da Assembleia Cristã)

Também, neste dia, iniciamos a Campanha da Fraternidade 2022, que tem como o tema FRATERNIDADE E EDUCAÇÃO, cujo lema é “Fala com sabedoria, ensina com amor” (cf. Pr 31,26), tendo como objetivo geral: “Promover diálogos a partir da realidade educativa do Brasil, à luz da fé cristão, propondo caminhos em favor do humanismo integral e solidário” (cf. Texto-base CF 2022, p.19).

A Primeira Leitura, retirada da Profecia de Joel (Jl 2,12-18), o profeta exorta ao povo em vivenciar a oração e a conversão. “Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo” (cf. Jl 2,12-13). Ora, a conversão não é simplesmente viver de ritos penitenciais, atrelados em cumprimentos de protocolos, mas sim de conscientização da conversão das ações e atitudes; renunciando as misérias que envolta os corações para que a herança da graça do perdão possa desabrochar para a vida do convertido.

O Evangelho narrado por São Mateus (Mt 6,1-6.16-18), nos apresenta Jesus exortando os seus discípulos a vivenciar as dimensões do jejum, da oração e da esmola, dado que tais atos sejam realizados pelo coração, onde somente Deus saiba das ações realizadas destas. Afinal, “quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, de modo que, a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará a recompensa”, (…) “quando tu orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa”, (…) “Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os homens não vejam que tu estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto” (cf. Mt 6,3.6.17-18).

A Segunda Leitura extraída da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios (2Cor 5,20-6,2), Paulo em súplica a todos em deixar-se reconciliar em Deus, porque a reconciliação é possível dada que é a vontade do próprio Deus, afinal foi através de Jesus Cristo que fomos reconciliados e que, não devemos deixar esta graça passar, ou que seja recebida em vão. “Pois Ele diz: ‘No momento favorável, eu te ouvi e no dia da salvação, eu te socorri’. É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação” (cf. 2Cor 6,2).

Que o nosso caminhar pelo Tempo da Quaresma, possamos imergir nas dimensões da Oração, do Jejum e da Esmola; refletir sobre a Campanha da Fraternidade 2022 e; cheios da graça da reconciliação, possamos vivenciar os dias da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, guiados pelo deserto da penitência até o encontro do manancial da conversão.

Saudações em Cristo!

 

Dom Eurico dos Santos Veloso – Arcebispo Emérito de Juiz de Fora (MG)

 

CNBB / Portal Kairós

A liturgia do mês de março de 2022

Ser como o Bom Samaritano

Liturgia do mês de março de 2022

Este mês de março inicia-se com a Quaresma 2022 e a Campanha da Fraternidade 2022, tempo especial de conversão por meio da oração, da penitência e da caridade, preparando nos para a Páscoa. A experiência da misericórdia de Deus na Quaresma nos motiva a sermos “misericordiosos como o Pai”, praticando a caridade e promovendo o perdão, a reconciliação e a paz.

Na encíclica Fratelli Tutti o papa Francisco ressalta a necessidade do amor ao próximo sem excluir ninguém, com especial atenção aos pobres e sofredores. Para reconhecer o outro como o próximo a ser amado, é preciso tornar-se próximo por meio de gestos concretos de fraternidade. Não bastam iniciativas pessoais e espontâneas, que são sempre muito importantes. Necessitamos traduzir o amor fraterno em ações comunitárias de caridade, solidariedade e partilha. Entre elas, temos, a cada ano, em todo o Brasil, a Campanha da Fraternidade, instrumento valioso de vivência da caridade na Quaresma, o qual nos motiva a construir a “fraternidade sem fronteiras”, tendo presente a realidade social em que vivemos.

Intenção da liturgia do mês de março de 2022: Rezemos para que nós, cristãos, diante dos novos desafios da bioética, promovamos sempre a defesa da vida com a oração e a ação social.

Para expressar o amor ao próximo, o papa Francisco recorre à figura do Bom Samaritano, repropondo a bela parábola contada por Jesus (Lc 10,25 37),”uma história que se repete” (n. 71) em nossos dias. “Essa parábola é um ícone iluminador, capaz de manifestar a opção fundamental que precisamos fazei para reconstruir nosso mundo ferido. Diante do tanta dor, à vista de tantas feridas, a única via de saída é ser como o bom samaritano” (n. 67). É preciso aproximar-se de quem sofre, com compaixão e generosidade, levantando quem está caído e dele cuidando, ao invés de ficar indiferente à sua dor. Cuidemos de quem sofre com “a mesma atitude solidária e solícita, a mesma atitude de proximidade do bom samaritano” (n. 79).

Para tanto, é muito importante valorizar as iniciativas comunitárias no âmbito do serviço da caridade, delas participando. “Ser como o bom samaritano” é um dom a ser suplicado a Deus e sustentado por seu amor, mas é também tarefa, pois requer o empenho sincero e generoso de cada um e de cada comunidade. A Quaresma 2022, com a Campanha da Fraternidade 2022 (este ano com o tema “educação”), seja ocasião especial para refazer a experiência do Bom Samaritano.

Dia / Comemorações da liturgia do mês de março de 2022

02 – Quarta-feira de Cinzas
04 – São Casimiro / 1ª sexta-feira

06 – 1º domingo da Quaresma

07 – Santas Perpétua e Felicidade
08 – São João de Deus / Dia internacional da mulher
09 – Santa Francisca Romana

13 – 2º domingo da Quaresma

17 – São Patrício
18 – São Cirilo de Jerusalém
19 – São José, esposo da Bem-aventurada / Virgem Maria e padroeiro da Igreja

20 – 3º domingo da Quaresma

23 – São Turíbio de Mogrovejo
24 – Santo Oscar Romero
25 – Anunciação do Senhor

27 – 4º domingo da Quaresma

 

D. Sérgio da Rocha – Cardeal Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil / Portal Kairós

Reflexão e sugestão para o 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

Para o dia: 28/02/2021

Missa do 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

Gn 22,1-2.9-13.15-18; SI 115; Rm 8,31b-34;Mc 9,2-10

2º Domingo da Quaresma 2021 - Ano B

BRUGES, BÉLGICA – 12 DE JUNHO DE 2014: A Transfiguração do Senhor por D. Nollet (1694) em st. Igreja de Jacobs (Jakobskerk).

O início da Quaresma 2021, entramos em clima de reflexão, a partir da triste realidade da tentação e da necessidade de conversão permanente. Quaresma não tem um sentido em si, se não for a meta que a justifica: a Páscoa do Senhor. A meditação sobre o pecado, a tentação e o sofrimento de Jesus devem nos provocar uma conversão para chegarmos renovados à Ressurreição do Senhor.

Deus faz aliança com Abraão, depois de exigir uma obediência total: o sacrifício de seu filho Isaac, que ele tanto amava. Como sabemos, Deus acolhe sua obediência, mesmo sem ter chegado ao extremo da prova. O Filho amado de Deus, contudo, vai ao extremo, sendo sacrificado. Isaac carrega a lenha, Jesus carrega a cruz. Isaac não recusa ser morto. O Filho, mesmo sofrendo, quer fazer a vontade do Pai. A aliança do homem com Deus está no acolhimento de sua vontade. A promessa de Deus a Abraão é a descendência. O Pai dá ao Filho a Ressurreição e, com ela, todos os que nele creem.

Antes de subir o monte Calvário, Jesus sobe o monte Tabor. Isaac sobe o monte com a lenha; Jesus sobe o Monte Calvário com a cruz às costas. Sobe o Monte do Tabor com o brilho da divindade. Qual a razão de se colocar a Transfiguração durante a Quaresma? Isso ocorre todos os anos, como ocorre também narrativa da tentação de Jesus no deserto no primeiro domingo da Quaresma. Essa imagem glorificada mostra que a Paixão chega à Ressurreição dos mortos.

De agora em diante, a Lei e os Profetas, representados por Moisés e Elias, só se entendem a partir de Jesus. Ele é a Divindade que se manifestou. Por isso a nuvem, que simboliza a presença de Deus, provoca o santo temor. A transfiguração de Jesus é uma demonstração aos discípulos e a nós/que preparamos a Páscoa, de que nós também seremos transfigurados pela conversão e graça da Ressurreição.

Celebrar uma aliança é sempre assumir um contrato. As palavras de Deus se unem à resposta do homem. Deus promete a Abraão uma descendência que será grande. Ao enviar seu Filho, para selar a aliança com seu sangue, propõe para nós o compromisso de ouvir sua Palavra, pois Ele é a Palavra viva. A Ele vamos ouvir. Se nos deu o Filho, não nos daria tudo com Ele? Ouvir o Filho é corresponder à aliança e chegar à transfiguração.

Ao iniciar seu ministério, Jesus insiste: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Crer é acolher a aliança que Deus faz conosco em seu Filho. Assim podemos celebrar a Páscoa com um pão puro.

Sugestões litúrgicas para a Missa do 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

2º Domingo da Quaresma 2021

Dinamizar o sentido da Escuta Cristã da Palavra de Deus.

– Entronização da Palavra: se possível, apagar as luzes da Igreja. Colocar uma música de fundo, pedir para um jovem vestir-se de branco e entronizar a Palavra, que pode estar ladeada por velas e três pessoas, representando Pedro, Tiago e João. Eles podem se colocar diante do ambão da Palavra em sentido de escuta. Após isso, podem-se acender as luzes e se proclamar as leituras. Após a proclamação do Evangelho, cantar um mantra, enquanto os três se retiram serenamente.

– Ofertório: pedir para um senhor e uma criança, ambos vestidos a caráter e simbolizando Abraão e Isaac, levarem ao altar algumas oferendas. Em seguida, pode-se também convidar outras famílias para fazerem o mesmo gesto de levar ofertas para o altar, simbolizando que a confiança em nos entregar ao Senhor contínua em nossa vida.

Sugestões de repertório para a Missa do 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B (O Domingo)

Abertura: João Batista
Aclamação: Louvor a vós
Oferendas: Recebe este canto
Comunhão: Então da nuvem

Cifras e partituras das sugestões CNBB

Semanário litúrgico – catequético – Cantos para a Celebração – 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

 

Áudios para a Missa do 2º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B CNBB:

 

Padre Anísio Tavares, C.Ss.R. / Portal Kairós

Reflexão e sugestão para o 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

Para o dia: 21/02/2021

Missa do 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

Gn 9,8-15; SI 24; 1Pd 3,18-22; Mc 1,12-15

1º Domingo da Quaresma 2021

Quaresma significa 40 dias (Quadragésima dies) de preparação para a Páscoa 2021. No primeiro domingo, abre-se a perspectiva da Vigília Pascal, que lhe deu origem. Temos então a promessa, a realização e o anúncio. Neste ano, vamos refletir sobre as alianças que Deus fez conosco.

O caminho quaresmal busca, nas Sagradas Escritura, ajudar a nos preparar para Páscoa. No ano B, temos a temática da aliança. Iniciamos pela aliança com Noé, chamada aliança da terra. A seguir vem a aliança com Abraão, na promessa de uma descendência. Depois a aliança com o povo no Sinai, por meio da qual Deus perdoa ao povo. Em seguida, a aliança no coração e, por fim, a nova aliança feita em Jesus.

Na aliança com Noé, Deus dá a certeza da paz sobre a terra devastada pelo Dilúvio. O arco-íris é lembrado como uma arma mortal, um arco de guerra, que se transformou em enfeite, isto é, não mais vai destruir a terra.

A arca de Noé é assumida com um modelo para o tempo da Quaresma porque lembra que a salvação veio pelas águas do Batismo, que purificam e dão vida nova. O Mistério Pascal de Cristo é nossa purificação. Jesus, em sua morte e ressurreição, não só realiza fatos, como também concretiza o projeto redentor de Deus. As águas do mal não o afogam, porque Deus está com Ele.

Nossa participação no mistério de Cristo nos faz viver o mesmo momento de ondas do pecado. Participamos com Ele da tentação e com Ele vencemos pela conversão.

“O tempo se completou, e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15). A vitória de Jesus sobre Satanás marca o início do novo tempo. Toda a preparação do povo de Israel e, mais ainda, de todos os tempos da História chega a seu ponto maior. Completa-se o tempo. Com Jesus começa um novo tempo, o tempo de Deus agir para acolher todos.

O dinamismo dessa vida nova se inicia na conversão, na mudança radical de nosso viver, para uma nova orientação baseada no Reino de Deus.

Sugestões litúrgicas para a Missa do 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

1º Domingo da Quaresma 2021

– Antes da procissão de entrada: introduzir cada símbolo da Campanha da Fraternidade 2021 com uma pequena mensagem, ajudando a Comunidade a tomar consciência da realidade do país. Com cada símbolo, pode-se levar ao altar a toalha, as velas, a toalha do ambão da Palavra, enfatizando que a preparação do altar está em comunhão com a vida concreta do povo que sofre.

– Ofertório: apresentar, por meio de imagens e/ou cartazes, a realidade concreta da Comunidade dentro da proposta da CF. Essas imagens podem ser colocadas no conjunto de símbolos da CF, deixando como memória da proposta geral e particular para a comunidade.

– Antes da bênção final: entronizar a imagem de Nossa Senhora das Dores, com uma música e dança, preparadas pelos jovens e pelas crianças, destacando a importância da Maternidade de Nossa Senhora das Dores, que nos acompanhará no tempo quaresmal. Após a entronização da imagem, convidar os fiéis a fazerem, em silêncio, o propósito de conversão para o tempo quaresmal.

Sugestões de repertório para a Missa do 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B (O Domingo)

Abertura: João Batista
Aclamação: Louvor a vós
Oferendas: Recebe este canto
Comunhão: Quando invocar

Cifras e partituras das sugestões CNBB

Semanário litúrgico – Catequético – Cantos para a Celebração – 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B

 

Áudios para a Missa do 1º Domingo da Quaresma 2021 – Ano B CNBB:

 

Padre Anísio Tavares, C.Ss.R. / Portal Kairós

Downloads

Folhetos do 2º Domingo da Quaresma 2021 – 28/02/2021 para imprimir

Folhetos do 1º Domingo da Quaresma 2021 – 21/02/2021 para imprimir

Guia de planejamento para a Quaresma

Letras das músicas para CF 2020, Quaresma, Páscoa e Semana Santa (livrinhos)