Liturgia católica

Liturgia

Liturgia católica
Liturgia católica
Liturgia católica
Liturgia católica
Liturgia católica
Liturgia católica
Liturgia católica

Novena da Padroeira começa hoje no Santuário Nacional

Liturgia católica

Tem início hoje, dia (03/10), no Santuário Nacional de Aparecida (SP), a Novena e Festa da Padroeira do Brasil 2019. A programação conta com celebrações e atendimentos em horários diferenciados até o dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida.

De 03 a 11, as orações da Novena acontecem em dois horários: às 15h e às 19h. Neste ano, as cerimônias vão refletir o tema “Com Maria: escolhidos e enviados em missão”. A temática está em sintonia com o Mês Missionário Extraordinário, realizado em toda a Igreja até o dia 31, e o Sínodo Pan Amazônico, que terá início no próximo domingo (06), no Vaticano.

O assunto também estará presente na decoração do altar e dos andores utilizados durante o período festivo. Cerca de 50 pessoas estão envolvidas no trabalho de ornamentação. Neste ano, os enfeites trarão um apelo de reaproveitamento. Para isso, serão utilizados materiais recicláveis como garrafas pet, cds, tampas, pneus, paletes, troncos, tocos de madeira, entre outros.

Também durante a Novena, os fiéis são convidados a realizar um gesto concreto, doando alimentos não perecíveis. Os donativos serão destinados às instituições beneficentes de Aparecida (SP) e região. No último ano foram arrecadadas mais de 12 toneladas de alimentos, mais de 3200 unidades de material de higiene e material de limpeza. Em 2018, o item mais doado foi o feijão, chegando a duas toneladas.

No Dia da Padroeira (12), a programação se intensifica ainda mais. Seis missas serão celebradas ao longo do dia. A principal delas acontece às 09h e será presidida pelo arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes. Ao longo de todo o dia também acontecem vigílias, oração do terço, consagração e procissão.

Imprensa

Os profissionais de comunicação que desejam realizar a cobertura da Novena e Festa da Padroeira devem solicitar credenciamento junto à Assessoria de Imprensa do Santuário Nacional. O cadastro, obrigatório para jornalistas, repórteres, fotógrafos, radialistas e cinegrafistas ligados a veículos de comunicação que desejam cobrir as festividades da Padroeira, deve ser realizado por meio de formulário em www.a12.com/imprensa.

As solicitações devem ser enviadas até às 16h do dia 11 de outubro. No dia 12 de outubro não será realizado nenhum credenciamento, sendo analisadas apenas as enviadas até o prazo estipulado. Também para o dia 12, não é possível solicitar o cadastro in loco, sendo válidos apenas os pedidos direcionados por meio de formulário online (www.a12.com/imprensa) até o dia anterior.

Acompanhe as reflexões da Novena de Aparecida 2019

Santuário Nacional / Portal Kairós

Liturgia católica

São Pio de Pietrelcina, alívio para os sofrimentos dos fiéis

Liturgia católica

REGGIO EMILIA, ITÁLIA – 12 DE ABRIL DE 2018: A pintura moderna de Pater Pio com o Jesus na cruz, na igreja Chiesa dei Cappuchini por Erico Verona 2001.

Este digníssimo seguidor de São Francisco de Assis nasceu no dia 25 de maio de 1887 em Pietrelcina (Itália). Seu nome verdadeiro era Francesco Forgione. Ainda criança era muito assíduo com as coisas de Deus, tendo uma inigualável admiração por Nossa Senhora e o seu Filho Jesus, os quais via constantemente devido à grande familiaridade. Ainda pequenino havia se tornado amigo do seu Anjo da Guarda, a quem recorria muitas vezes para auxiliá-lo no seu trajeto nos caminhos do Evangelho.

Conta a história que ele recomendava muitas vezes as pessoas a recorrerem ao seu Anjo da Guarda estreitando assim a intimidade dos fiéis para com aquele que viria a ser o primeiro sacerdote da história da Igreja a receber os estigmas do Cristo do Calvário. Com quinze anos de idade entrou no Noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos em Morcone, adotando o nome de “Frei Pio” e foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1910 na Arquidiocese de Benevento. Após a ordenação, Padre Pio precisou ficar com sua família até 1916, por motivos de saúde e, em setembro desse mesmo ano, foi enviado para o convento de São Giovanni Rotondo, onde permaneceu até o dia de sua morte.

Abrasado pelo amor de Deus, marcado pelo sofrimento e profundamente imerso nas realidades sobrenaturais, Padre Pio recebeu os estigmas, sinais da Paixão de Jesus Cristo, em seu próprio corpo. Entregando-se inteiramente ao Ministério da Confissão, buscava por meio desse sacramento aliviar os sofrimentos atrozes do coração de seus fiéis e libertá-los das garras do demônio, conhecido por ele como “barba azul”.

LEIA MAIS

Liturgia católica

A festa do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019

Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019
Data: 13 de outubro de 2019
Local: Belém do Pará
Tema: Maria, Mãe da Igreja

O Cartaz Oficial do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019

O ano de 2019 é marcado pela celebração dos 300 anos da Diocese de Belém. A ideia central do cartaz do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019 foi homenagear a Igreja Mãe, a Catedral Metropolitana de Belém, por meio dos vitrais que ornam seu interior. Ao entrar num lugar sagrado os olhos procuram a luz, luz que brilha pela janela (vitral), ilumina, inspira e conta um pouco de história. História que é humana e divina ao mesmo tempo porque fala de um Deus que se fez homem e veio habitar entre nós, porém ele não desceu diretamente do céu, mas foi gerado pelo Espírito Santo no seio de uma mulher: a Virgem Maria.

Foram utilizados alguns elementos, como desenhos dos arcos e outros detalhes. No alto vemos dois pássaros, trazendo no bico um ramo de oliveira, recordando a história da Arca de Noé, quando, depois de alguns dias, a pombinha retorna com o ramo de oliveira sinalizando que há vida na terra. Vislumbramos nesse episódio a pacificação entre Deus, homem e a natureza; paz significa harmonia entre o Criador, o homem e todas as demais criaturas.

Liturgia católica

Baixe o Cartaz Oficial do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019

Os lírios homenageiam Maria de Nazaré, nosso “lírio mimoso”, Mãe da Igreja, que recebeu aos pés da cruz a humanidade inteira como filhos e também nos ajuda a viver com esperança. A mesma que Jesus, no ápice de sua demonstração de amor para conosco, no-las deu como mãe: “Eis aí a tua mãe… Eis aí o teu filho…”. O apóstolo João representava ali os discípulos de Jesus e de todos os tempos, de todos os povos, e Maria se tornava então Mãe da Igreja, Mãe da humanidade.

Padre Luiz Carlos Maria Nunes Gonçalves, Reitor da Basílica Santuário de Nazaré

Livro de Peregrinações em família

Criadas em 1972, pelo então Pároco de Nazaré, Padre Giovani Maria Incampo, as Peregrinações em Família estão entre os principais momentos de evangelização do Círio de Nazaré, com mais de 5 mil grupos que percorrem aproximadamente 100 mil lares, em momentos de oração, louvor e reflexão sobre a temática do Círio.

“Maria, Mãe da Igreja” é o tema proposto para este ano, que norteia os roteiros dos 15 encontros que estão no livro. Por meio deste subsídio os dirigentes e dinamizadores orientam os momentos de oração e reflexão que antecedem a grande festa. A imagem de Nossa Senhora de Nazaré é levada de casa em casa, além de entidades, empresas, escolas, universidades e tantos lugares quanto se possa alcançar por meio da devoção a Nossa Senhora de Nazaré.

A expectativa é promover cada vez mais a evangelização por meio do Círio, como um momento para vivenciar o amor de Deus e a fraternidade. Um feliz e abençoado Círio a todos.

Faça aqui o download do livro em PDF e utilize com seu grupo

Liturgia católica

Programação do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019

LEIA MAIS

Liturgia católica

Conheça e baixe o cartaz oficial do Círio 2019

O Cartaz Oficial do Círio 2019

Liturgia católica

Círio de Nazaré
Data: 13 de outubro de 2019
Local: Belém do Pará
Tema: Maria, Mãe da Igreja

O ano de 2019 é marcado pela celebração dos 300 anos da Diocese de Belém. A ideia central do cartaz do Círio 2019 foi homenagear a Igreja Mãe, a Catedral Metropolitana de Belém, por meio dos vitrais que ornam seu interior. Ao entrar num lugar sagrado os olhos procuram a luz, luz que brilha pela janela (vitral), ilumina, inspira e conta um pouco de história. História que é humana e divina ao mesmo tempo porque fala de um Deus que se fez homem e veio habitar entre nós, porém ele não desceu diretamente do céu, mas foi gerado pelo Espírito Santo no seio de uma mulher: a Virgem Maria.

Foram utilizados alguns elementos, como desenhos dos arcos e outros detalhes. No alto vemos dois pássaros, trazendo no bico um ramo de oliveira, recordando a história da Arca de Noé, quando, depois de alguns dias, a pombinha retorna com o ramo de oliveira sinalizando que há vida na terra. Vislumbramos nesse episódio a pacificação entre Deus, homem e a natureza; paz significa harmonia entre o Criador, o homem e todas as demais criaturas.

Os lírios homenageiam Maria de Nazaré, nosso “lírio mimoso”, Mãe da Igreja, que recebeu aos pés da cruz a humanidade inteira como filhos e também nos ajuda a viver com esperança. A mesma que Jesus, no ápice de sua demonstração de amor para conosco, no-las deu como mãe: “Eis aí a tua mãe… Eis aí o teu filho…”. O apóstolo João representava ali os discípulos de Jesus e de todos os tempos, de todos os povos, e Maria se tornava então Mãe da Igreja, Mãe da humanidade.

Padre Luiz Carlos Maria Nunes Gonçalves, Reitor da Basílica Santuário de Nazaré

Baixe o cartaz oficial do Círio de Nazaré 2019:

ASCOM Basílica Santuário de Nazaré / Portal Kairós

Liturgia católica

Círio de Nazaré 2019 – A maior procissão católica do mundo

Faça parte da grande festa da evangelização que todos os anos atrai milhares de pessoas às ruas de Belém para homenagear a padroeira dos paraenses

Liturgia católica

O Círio de Nazaré 2019

Muito além da grande procissão que percorre as ruas de Belém no segundo domingo de outubro, reunindo mais de dois milhões de fieis, o Círio de Nazaré 2019, como grandioso espetáculo de fé e devoção, é um conjunto de manifestações religiosas que faz parte da vida dos paraenses há mais de 200 anos.

A origem da Festa está ligada ao achado de uma pequena imagem de Nossa Senhora de Nazaré às margens do igarapé Murutucu, no ano de 1700, por Plácido José de Souza. No local do achado está hoje a suntuosa Basílica Santuário de Nazaré, onde a mesma imagem encontra-se no Glória, no altar mor, local para onde converge a fé e a devoção dos filhos amados de Maria de Nazaré. Em 1968, para tentar preservar a chamada Imagem Original, foi elaborada a Imagem Peregrina, encomendada ao escultor italiano Giacomo Mussner, que desde então passou a ser utilizada nas romarias e visitas.

A Festa é preparada ao longo do ano por voluntários que se dedicam intensamente para o trabalho de evangelização que o Círio propõe. Eles fazem parte da Diretoria da Festa de Nazaré, que tem à frente o Reitor da Basílica Santuário de Nazaré. O grupo tem como presidente do Conselho Consultivo o Arcebispo de Belém, responsável pelas decisões que envolvem diretamente a grande festa.

Ainda no mês de maio é feito o lançamento do cartaz oficial do Círio de Nazaré 2019. Considerado um dos ícones do Círio, é a principal peça de divulgação da festividade. O lançamento é feito durante uma cerimônia na Praça Santuário, quando ele é mostrado pela primeira vez ao público. Em agosto, após a Missa do Mandato, têm início as Peregrinações em Família, momento especial de evangelização, quando mais de cinco mil grupos de evangelização percorrem mais de cem mil lares paraenses na Região Metropolitana de Belém e também em outros municípios, levando sempre uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Os 15 encontros seguem um roteiro previamente elaborado pela Diretoria da Festa de Nazaré.

O Círio de Nazaré 2019 começa oficialmente na terça-feira que antecede o segundo domingo de outubro, com a Santa Missa na Basílica Santuário. A partir de então a programação se intensifica com diversos eventos que envolvem Adoração ao Santíssimo Sacramento, concerto Mariano, Missas, visitas, e as 12 romarias oficiais, dentre elas o Círio propriamente dito. A festa continua por mais 15 dias até o Recírio, quando, após percorrer mais de 140 quilômetros, em cerca de 42 horas de procissões e fazer aproximadamente 400 visitas, a Imagem Peregrina segue na ultima procissão, até o Colégio Gentil Bittencourt. Ao longo do ano a Imagem permanece em um nicho na sacristia da Basílica Santuário.

Transcendendo o aspecto religioso, o Círio faz parte da história, da cultura e da vida dos devotos, em especial os paraenses, que durante o ano inteiro visitam a Basílica Santuário de Nazaré para agradecer ou pedir a intercessão de Maria Santíssima. Belém, sua Região Metropolitana e vários municípios se preparam e vivem intensamente a Festa da Rainha da Amazônia em todas as suas dimensões. O Círio movimenta os setores econômicos do comércio e serviços, sendo considerada a época como de alta temporada, principalmente relacionada ao turismo religioso.

Por sua grandiosidade, o Círio e seu conjunto de manifestações religiosas e culturais recebeu em 2015 da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – o título de Patrimônio Imaterial da Humanidade. Em 2004, foi inscrito pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial Brasileiro.

Baixe o cartaz
Baixe materiais especiais para seu grupo

Círio de Nazaré
Data: 13 de outubro de 2019
Local: Belém do Pará
Tema: Maria, Mãe da Igreja

Fabrício Coleny – Jornalista Publicitário / A12 / Portal Kairós

Palavra oficial do Papa