Posts

Lançado o clipe do hino da Campanha da Fraternidade 2021

O objetivo geral da próxima CFE é, através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados e inspiradas no amor de Cristo, “convidar comunidades de fé e pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual.”

Hino da Campanha da Fraternidade 2021

Veja o clipe do Hino da Campanha da Fraternidade 2021

Letra do Hino da CF 2021

Hino Campanha da Fraternidade 2021

CF 2021 / CFE 2021
Tema: “Fraternidade e diálogo: compromisso de amor”
Lema: “Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef 2, 14ª)

Letra: Frei Telles Ramon, O. de M.
Música: Adenor Leonardo Terra

01 – Venham todos, vocês, venham todos,
Reunidos num só coração, (cf. At 4, 32)
De mãos dadas formando a aliança,
Confirmados na mesma missão. (2x)

Refrão:
Em nome de Cristo, que é a nossa paz!
Em nome de Cristo, que a vida nos traz:
Do que estava dividido, unidade Ele faz!
Do que estava dividido, unidade Ele faz! (cf. Ef 2,14a)

02 – Venham todos, vocês, meus amigos,
Caminhar com o Mestre Jesus,
Ele vem revelar a Escritura
Como fez no caminho à Emaús. (cf. Lc 24) (2x)

03 – Venham todos, vocês, testemunhas,
Construamos a plena unidade
No diálogo comprometido
Com a paz e a fraternidade. (2x)

04 – Venham todos, mulheres e homens,
Superar toda polaridade,
Pois em Cristo nós somos um povo,
Reunidos na diversidade. (2x)

05 – Venham jovens, idosos, crianças
E vivamos o amor-compromisso
Na partilha, no dom da esperança
E na fé que se torna serviço. (2x)

 

Hino do maestro Adenor será o oficial da CF 2021

Nossa página no Facebook

Este canto não cumpre as exigências e as finalidades de um Canto de Abertura para a Celebração da Eucaristia.
Portanto, pode-se usá-lo como, por exemplo, “canto de envio” (canto final) ou até mesmo após a homilia, em que, a cada domingo canta-se uma estrofe e o refrão, reforçando o sentido da Campanha da Fraternidade que foi apresentado em algum momento na homilia.

 

CNBB / Portal Kairós