Reflexão e sugestão para a Missa do 1° Domingo do Advento 2021 do Ano C

Para: 28/11/2021 – Novembro

1° Domingo do Advento 2021 – Ano C

Jr 33,14-16; SI 24; 1Ts 3,12-4, 2; Lc 21,25-28.34-36

1° Domingo do Advento 2021

Retiro de Advento e Natal 2021 simplificado:

Na Área Especial

Retiro de Advento e Natal 2021 Especial:

A comunidade eclesial é chamada a celebrar o início de um novo ano e tempo litúrgico. É Cristo presente na vida de sua igreja, guiando, por meio do Espírito Paráclito, os passos de seus discípulos. Neste tempo favorável, a Comunidade discipular é chamada a orar e a vigiar, pois a libertação, que vem de Deus, está próxima. Os cristãos foram criados para a liberdade e não para serem escravizados por aqueles que não se deixam guiar pelos valores do evangelho.

O Senhor, desde a criação, nunca se esqueceu do homem e da mulher. Em todos os tempos, mesmo diante das infidelidades de seu povo, mostrou-se sempre fiel a seus filhos. Diante de Reis, que tentaram escravizar os pequeninos, seus favoritos, Ele se revelou como justiça e misericórdia, mostrando os caminhos que levam ao céu, convidando a todos a se deixarem guiar pela verdade de sua Palavra, que procura reconduzir os pecadores ao bom caminho, a uma vida livre, que nasce da consciência e preocupação com o bem comum.

A entrada do verbo de Deus, na história humana, fez nascer uma nova esperança: a possibilidade de um novo céu e uma nova terra. Lucas, no evangelho proclamado, descreve muitas catástrofes, que causam espanto; todavia, seu objetivo é auxiliar a Comunidade dos discípulos de Jesus a ler os sinais dos tempos, isto é, o indicativo da plenitude do Reino de Deus, neste mundo, é a queda de todos os impérios e todas as forças, que impedem os membros da Comunidade cristã de ficarem em pé diante do Filho do Homem, o Cristo Jesus.

Hoje são muitas as situações que escravizam o homem, que o faz viver de um modo egocêntrico, fechado em si mesmo e pouco inclinado a
práticas altruístas. Orai e vigiai, eis a estrada a que somos convidados a percorrer neste tempo de advento. Orar significa colocar-se na presença do Senhor, em uma atitude dialógica. Vigiar significa estar atento, para que a Palavra de Deus, que em Cristo assume um corpo, seja o referencial para toda ação humana. Estar atento, eis o desafio para os membros da Comunidade cristã para não se deixar seduzir por projetos que colocam em xeque a liberdade, introduzida por Cristo, na história humana.

Sugestões litúrgicas para a Missa do 1° Domingo do Advento 2021 – Ano C

– Antes da procissão de entrada: destacar o tema da renovação total, com a ideia de que, ao reiniciar novo ano, algo totalmente novo deverá ser gestado. Pode-se demonstrar simbolicamente isso na procissão de entrada: algo velho dando lugar ao novo…

– Após a procissão de entrada: chamar atenção para o rito de acender as velas. Um pequeno rito pode ser feito no início da celebração, na liturgia da palavra ou em qualquer outro momento, conforme designar o celebrante. O acender das velas, normalmente, é feito com a bênção das velas, canto e oração própria. Seria bom convidar a assembleia a fazer, em sua casa, uma breve oração e acendimento das velas nos Domingos que antecederem o Natal 2021.

– Ofertório: motivar a Comunidade a desapegar-se de si e de coisas, em favor do irmão.

– Antes da bênção final: convidar a Comunidade a participar, efetivamente, não só de uma novena do Natal em família, mas de uma campanha de Natal solidário, sem fome, sem violência e sem preguiça ou omissão.

 

Músicas para a Missa do 1° Domingo do Advento 2021 – Ano C:

Folhetos do 1° Domingo do Advento 2021 – 28/11/2021 para imprimir:

 

 

Padre Anísio Tavares, C.Ss.R. / Portal Kairós