Hora da Família e Vida – Pastoral Familiar

Igreja católica celebra o Dia do Nascituro 2021

Nesta sexta-feira, 8 de outubro, será celebrado o Dia do Nascituro 2021. Para a data, as comunidades, paróquias e dioceses de todo o Brasil são convidadas a realizar um Sinal da Esperança. O chamado é para acender velas, a fim de “propagar a ‘Luz de Cristo’ para que possa iluminar e proteger as vidas vulneráveis e indefesas”.

A Oração do Nascituro (abaixo) deve acompanhar as velas acesas, num momento de devoção e unidade com toda a Igreja no Brasil.

O ato pode ser realizado em frente a uma Igreja, numa praça pública ou lugar que o grupo achar oportuno. No subsídio Hora da Vida, a Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) sugere que a comunidade local se mobilize e realize ações adicionais, de acordo com a sua realidade, como procissões, passeatas, oração do Santo terço e outras, em unidade com todas as pastorais, movimentos e serviços presentes na comunidade.

Direito de nascer

O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB e secretário executivo da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, padre Crispim Guimarães, recorda que neste dia dia 8 de outubro, “somos chamados a visitar nossas consciências sobre o ‘direito de nascer’ da criança, que ainda vive dentro do útero materno e que tem o direito à proteção, à alimentação, a um nascimento sadio, ao respeito de sua vida e saúde e tem também o direito de ser amada”. Infelizmente, observa padre Crispim, as crianças têm suas vidas ameaçadas “por grupos econômicos poderosos e países que em nome de supostos ‘direitos humanos’, menosprezam a humanidade daqueles que na barriga de suas mães são vidas”.

Bênçãos do Senhor

O subsídio Hora da Vida 2021 oferece para o Dia do Nascituro um roteiro de celebração com o tema “Os filhos são bênçãos do Senhor”.

“Neste Dia do Nascituro 2021, a reflexão será sobre o cuidado com a vida humana em formação e com a necessidade de celebrar a vida e a missão de cada pessoa, desde o momento em que é gerada, passando pelo início de seu desenvolvimento como pessoa sonhada e amada por Deus. Todos nós fomos um dia nascituros, no ventre de nossas mães“.

Recordando a encíclica Evangelium Vitae, o texto traz a convocação de São João Paulo II: “Urge uma mobilização geral das consciências e um esforço ético comum, para se atuar uma grande estratégia a favor da vida”.

Outro convite é que as famílias procurem informações sobre grupos de defesa da vida nas comunidades, bairro ou cidade. Que participem de atividades de apoio a famílias em risco e de atos para construção de políticas públicas justas em defesa do Nascituro.

Pastoral Familiar / Portal Kairós

A Semana Nacional da Vida 2021

Semana Nacional da Vida 2021

A Semana Nacional da Vida 2021

“O casal que ama e gera a vida é a verdadeira ‘escultura’ viva (…), capaz de manifestar Deus criador e salvador”. (AL, n. 11)

A família é o Santuário da vida. Mas qual vida? Todas as vidas! Porque na família é que se guarda e se revela a comunicação humana, onde se acolhe e protege a vida “contra os múltiplos ataques a que está exposta, e pode desenvolver-se segundo as exigências de um crescimento humano autêntico. Por isso, o papel da família é determinante e insubstituível na construção da cultura da vida” (EV, n. 92).

O Hora da Vida, que a cada ano proporciona uma reflexão sobre o valor inviolável da vida humana, oferecendo em uma linguagem acessível a oportunidade para que as famílias, em casa ou em grupos de pequenas comunidades missionárias, possam conhecer a voz e o Magistério da Igreja, em 2021, tem como principal fonte a Carta Encíclica Evangelium Vitae, de São João Paulo II. Nessa Carta Circular, “como igreja doméstica, a família é chamada a anunciar, celebrar e servir o Evangelho da vida”.

De 1º a 7 de outubro, os católicos são convidados a celebrar a Semana Nacional da Vida, através da oração, da escuta da Palavra e da solidariedade para com os mais vulneráveis, especialmente neste tempo de pandemia, quando muitas pessoas são vistas por parte da população mundial como descartáveis. Vemos o desprezo de governos que não se importam com a vida do povo em seus países e de países que não se compadecem das nações mais pobres. Assim acontece com o Haiti, a nação mais pobre das Américas que até julho não tinha aplicado uma única dose do imunizante. Enquanto nos chamados países ricos existem imunizantes suficientes para o dobro ou o triplo de suas respectivas populações.

No dia 8 de outubro, somos chamados a visitar nossas consciências sobre o “direito de nascer” da criança, que ainda vive dentro do útero materno e que tem o direito à proteção, à alimentação, a um nascimento sadio, ao respeito de sua vida e saúde e tem também o direito de ser amada, mas que, infelizmente, está ameaçada por grupos econômicos poderosos e países que em nome de supostos “direitos humanos”, menosprezam a humanidade daqueles que na barriga de suas mães são vidas.

Celebremos a vida, dom de Deus no Santuário de nossas famílias!

Pe. Crispim Guimarães dos Santos

Assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB  e Secretário Executivo Nacional da Pastoral Familiar.

Pastoral Familiar / Portal Kairós

Apresentando o Hora da Vida 2021

 Hora da Vida 2021

Queridos irmãos e irmãs do Portal Kairós!

Chegamos com muita alegria e entusiasmo a mais um Hora da Vida, para ser vivenciado na Semana Nacional da Vida 2021 em todas as nossas comunidades.

Neste ano estamos muito contentes pelas formações e articulação dos casais cooperadores do Serviço à Vida na Pastoral Familiar. Aos poucos, estamos aprofundando os temas nos três eixos: início da vida, final da vida e políticas públicas. Mesmo com a pandemia, nós não estagnamos e continuamos a Promover, Defender e Cuidar da vida, pois é o maior dom de Deus e a porta que abre para todos os outros dons.

Assim, tudo começa no seio da Família, Santuário perfeito para que a vida se desenvolva com tudo o que Deus sonhou para a felicidade de seus filhos e filhas. Santuário que queremos assumir como Igreja doméstica à serviço do Reino de Deus. Deus continua seu plano de amor através desse Santuário de graças que une o coração do homem e da mulher para serem cocriadores e participantes: eis a vocação da família! Os filhos, portanto, são um mimo, um presente, um dom pelo qual Deus continua manifestando seu transbordamento de amor.

Na capa do Hora da Vida 2021, neste ano, temos a representação da Igreja doméstica em verde. É sinal de esperança para a Igreja Família de famílias, isto é, nossa comunidade eclesial representada pela cruz (sinal do maior amor de Deus por nós).  Tudo desenhado em uma lousa, a casa, o Santuário da Vida está em movimento, pois é despertada pela fé e pela dedicação dos cooperadores do Serviço à Vida, que têm o coração aberto para que Deus possa escrever na história das nossas famílias, a história de sua Igreja.

A palavra VIDA está em destaque para mostrar a grandeza de Deus na criação e da partilha do seu amor trinitário. Ele convida toda família a ser seu Santuário! Promover, Defender e Cuidar da vida é uma verdadeira escola, por isso está na Hora de reconhecermos os traços do amor de Deus na lousa de nossa história e das nossas famílias, para que a Vida seja sagrada, inviolável e se respeite toda sua dignidade, desde a concepção até seu fim natural.

Uma abençoada Semana da Vida a todos!

Dom Ricardo Hoepers

Bispo de Rio Grande – (RS) e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB

Subsídio Hora da Vida 2021:

Pastoral Familiar / Portal Kairós

Os encontros da Oração em Família 2021

Oração em Família 2021

Oração em Família 2021

Viena – Afresco da Sagrada Família de Josef Kastner a partir de 19 séc. na igreja Carmelitas em Dobling.

Os tempos exigentes que estamos atravessando nos impuseram limitações em relação à liberdade de nos reunir e encontrar. Estar juntos, celebrar, refletir, partilhar nossas vidas e fazer o exercício da fraternidade é próprio da natureza humana e da vida cristã. Por isso, sentimos tanta falta e aguardamos ansiosos a hora de todas essas práticas voltarem a ser possíveis.

Como “Deus não fecha uma porta sem abrir outra”, tem-se constatado que houve em meio a tudo isso, por parte de muitos, uma redescoberta da beleza do encontro em família, entre as pessoas que moram na mesma casa: voltaram a dialogar mais, a brincar juntas, tirando tempo para se escutarem mutuamente; experimentaram como é bom ouvir unidas a Palavra de Deus com a Bíblia na mão; e a oração em família trouxe grande bem.

Também é verdade que em muitos casos se experimentaram grandes dificuldades. Passar, todo dia, o dia todo no mesmo espaço, quase sempre pequeno, é exigente. São necessárias muitas virtudes: humildade, paciência, perdão, reconciliação, silêncio e escuta, sentir o outro, companheirismo, amor. São coisas que se aprendem exercitando. Para isso é necessário desejar, acreditar que é possível, favorecer e criar condições, começando por arriscar pequenos passos.

Ter a coragem de começar pela oração em família é uma ótima proposta. Há um provérbio que diz: “Família que reza unida permanece unida.” Os diferentes se unem e se entendem quando se colocam diante de Deus, em diálogo com Ele. Esse é um esforço que Pai abençoa.

Não há dúvida que através dessa pandemia Deus está mostrando que devemos retomar, com todas as forças, a vida em família, nosso grande tesouro, lugar de verdadeira alegria. O que Deus pede, se o fizermos, tem o auxílio de sua graça.

Para dar apoio, estimular e animar essa experiência maravilhosa de ser “Igreja em casa”, que vai se transformando em “Pequena Comunidade Eclesial Missionária”, a Diocese está oferecendo esses roteiros para encontros de oração entre as pessoas que moram no mesmo lar.

Foi preparado um encontro para cada semana, a partir de 16 de maio até 30 de outubro: 1º. Um Tríduo em vista da Festa da Santíssima Trindade; 2º. Um Tríduo para celebrar o Sagrado Coração de Jesus; 3º. Uma novena a São José, baseada na carta que o Papa escreveu para a celebração o Ano de São José; 4º. Cinco encontros sobre a Bíblia, Palavra que molda o coração; 5º. Quatro Terços com a Mãe Aparecida, que contemplam os Mistérios de todo o Santo Rosário. (Download abaixo)

Lançado o Hora da Família 2021, confira!

A Diocese inteira agradece à equipe que se empenhou e com tanta generosidade e dedicação prestou esse precioso serviço. É certo que você e sua família irão gostar e se beneficiar imensamente.

Nossa Senhora da Piedade, qual Mãe atenta, cuide de nós, da nossa saúde, das nossas famílias, e nos ajude, quando for permitido, a voltar, com alegria e entusiasmo renovados, para as nossas atividades comunitárias.

Famílias renovadas, comunidades fortalecidas!

Oração em Família 2021 em pdf:

Oração em Família 2021

Tríduo ao Sagrado Coração de Jesus
1º dia: Jesus Cristo, ouvi-nos!
Jesus Cristo, ouvi-nos!

2º dia: Jesus Cristo, atendei-nos!
Jesus Cristo, atendei-nos!

3º dia: Jesus Cristo, tende piedade de nós!
Jesus Cristo, tende piedade de nós!

Novena de São José

Novena de São José – 1º dia
São José – Fiel ao Projeto de Deus!

Novena de São José – 2º dia
São José – Um Pai sempre Amado

Novena de São José – 3º dia
São José – Cheio de ternura!

Novena de São José – 4º dia
São José – Obediente aos sonhos de Deus!

Novena de São José – 5º dia
São José – Pai que sabia acolher!

Novena de São José – 6º dia
São José – Coragem Criativa a Serviço!

Novena de São José – 7º dia
São José – Trabalho que edifica!

Novena de São José – 8º dia
São José – Pai na sombra!

Novena de São José – 9º dia
São José – Pai na Santidade!

Portal Kairós / Diocese Tubarão

Encontros de reflexão sobre a Amoris Laetitia

Amoris Laetitia

Já estão disponíveis os cincos roteiros especiais de reflexão e aprofundamento sobre a Amoris Laetitia.

No material, o quinto roteiro aborda o objetivo da exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco Amoris Laetitia – sobre o Amor na família. E foi preparado pelo padre Luiz Antônio Belini, da diocese de Campo Mourão (PR).

Segundo padre Belini, o objetivo da Amoris Laetitia foi expresso desde o início do documento: “ajudar os casais e famílias no crescimento contínuo no amor, fonte de alegria e consolidação”.

SNF 2021: A alegria do amor na Família

Materiais em pdf para a Semana Nacional da Família 2021

– Amoris Laetitia oficial completo em pdf
– Primeiro Encontro de Reflexão
– Capa do Hora da Família em pdf

Na Área Especial

Encontros de Reflexão  (5 encontros)

– Os cinco anos
– Exortação Apostólica Pós-Sinodal: Dicas de Leitura
– Os “Modelos” de Família
– A Alegria do Amor na Igreja Doméstica – A Alegria do Casal Cristão
– Objetivos

Ano Família Amoris Laetitia

Desde março, toda a Igreja celebra o Ano Família, para comemorar os cinco anos da Exortação Apostólica sobre a Alegria do Amor.

A exortação apostólica, lançada em 2016, é fruto de dois sínodos sobre a família realizados nos anos de 2014 e de 2015. O documento possui nove capítulos que abordam questões sobre a palavra, a realidade, os desafios e a vocação das famílias, o amor no matrimônio, a fecundidade, a educação dos filhos, a espiritualidade, entre outros temas.

Os objetivos do Ano Família anunciado pelo Papa são: difundir o conteúdo da exortação apostólica; anunciar que o sacramento do matrimônio é um dom; fazer da família protagonista da pastoral familiar; sensibilizar os jovens; e, ampliar o olhar e a ação da Pastoral Familiar.

Portal Kairós / Pastoral Familiar