Posts

Músicas da Campanha da Fraternidade 2018

Músicas da Campanha da Fraternidade 2018Músicas da campanha da fraternidade 2018

musical_notes

A cada ano a Igreja se une ao mistério de Jesus no deserto durante quarenta dias – quaresma -,vivendo um tempo de penitência e austeridade, de conversão pessoal e social, especialmente pelo jejum, a esmola e a oração, conforme o Evangelho de Mateus (Mt 6,1-6.16-18), proclamado na Quarta-feira de Cinzas, em preparação às festas pascais. São cinco domingos mais o Domingo de Ramos na Paixão do Senhor, que inicia a Semana Santa, também chamada Semana Maior. É esse um tempo forte e privilegiado, em que fazemos nosso caminho para a Páscoa, renovando nossa fé e nossos compromissos batismais, cultivando a oração, o amor a Deus e a solidariedade com os irmãos. Tal austeridade deve se manifestar no espaço celebrativo, nos gestos e símbolos, como também no canto e na música, para depois salientar a alegria da ressurreição, que transborda na Páscoa do Senhor.

Conheça as músicas:

01 – Hino da Campanha da Fraternidade 2018
02 – Como o Senhor vos perdoou (Celebrações penitenciais)
03 – Deus, Pai de misericórdia (Bênção quaresmal)
04 – Volta, meu povo, ao teu Senhor (Quarta-feira de Cinzas)
05 – Quando meu servo chamar (1º e 2º Domingos)
06 – Lembra, Senhor, o teu amor (3º e 5º Domingos)
07 – Alegra-te, Jerusalém (4º Domingo)
08 – Senhor, que na água e no Espírito (3ª fórmula)
09 – Glória a vós, Senhor Jesus! (Cinzas e dias da semana)
10 – Louvor a vós, ó Cristo (Domingos da Quaresma)
11 – Livra-nos, ó Senhor
12 – Escuta, Senhor, a voz do povo teu
13 – Agora o tempo se cumpriu (Quarta feira de Cinzas)
14 – O homem não vive somente de pão (1º Domingo)
15 – Então, da nuvem luminosa (2º Domingo)
16 – Ao se aproximar a Páscoa (3º Domingo)
17 – Deus é rico em misericórdia (4º Domingo)
18 – Se o grão de trigo não morrer (5º Domingo)
19 – Os filhos dos hebreus (Procissão I)

 

Baixe todas as músicas da Campanha da Fraternidade 2018 + extras + músicas litúrgicas

Músicas de todos os livrinhos/materiais/subsídios

Músicas para: CF 2018 – Celebração Ecumênica, CF 2018 – Encontros catequéticos para crianças e adolescentes, CF 2018 – Via-Sacra , CF 2018 – Vigília Eucarística e Celebração da Misericórdia, CF 2018 – Círculos Bíblicos, CF 2018 – Jovens na CF, CF 2018 – Famílias na CF e Via-Sacra, CF 2018 – Ensino Fundamental I – 1º ao 5º ano, CF 2018 – Ensino Fundamental II – 6º ao 9º ano, CF 2018 – Ensino Médio 1° ao 3° Ano – CF 2018 – Fraternidade Viva

Hino da Campanha da Fraternidade 2018 Voz e Violão

Motivos para promover a Campanha da Fraternidade

Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”e o lema: “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15)” , a Campanha da Fraternidade 2017 traz uma reflexão sobre meio ambiente e sugere uma visão global das expressões da vida e dos dons da criação.

O texto base da CF 2017 indica o termo “biomas” como a vida que se manifesta em um conjunto semelhante de vegetação, água, superfície e animais. O assunto tem bastante relevância no Brasil. Por isso, listamos 5 bons motivos para que você promova a CF 2017 e se aprofunde no tema. Confira:

01 – Assumir a vida e suas expressões de modo objetivo e concreto. Muitas vezes, quando ouvimos falar sobre o cuidado com o meio ambiente, corremos o risco de achar que esta realidade está distante de nós. Promover a Campanha da Fraternidade 2017 abrirá nossos horizontes para assumirmos, com amor e responsabilidade, tudo que foi criado por Deus.

02 – Viver intensamente a quaresma. Ao mergulharmos neste intenso tempo de oração e conversão, somos convidados a crescer na experiência da admiração, contemplação e cultivo da obra criada por Deus. Quando aderimos à CF 2017, podemos tornar o nosso itinerário quaresmal mais concreto, trazendo para nossa vida o cuidado com as pessoas e com o mundo em que vivemos.

03 – Comprometer autoridades públicas na responsabilidade com o meio ambiente. Cada um de nós, à medida que se envolve no cuidado com as questões ambientais, naturalmente percebe que este caminho precisa ser abraçado por todos, inclusive na esfera das políticas públicas. Comprometer as autoridades nesta causa pode ser uma excelente resposta de caridade à humanidade e ao planeta.

04 – Participar da construção de um mundo novo. Sob a inspiração da encíclica Laudato Si, do Papa Francisco, podemos amadurecer nossa compreensão de que cultivar e guardar a criação não se trata apenas de questões ecológicas, mas de um olhar integral sobre a vida humana, sobre o presente e o futuro que esperamos ter. “Que tipo de mundo queremos deixar a quem vai suceder-nos, às crianças que estão a crescer?”(Laudato Si, 160).

05 – Cultivar as virtudes. Um dos documentos que fundamenta o texto base da Campanha da Fraternidade 2017 é a encíclica Caritas in Veritate (Caridade na verdade), do Papa Emérito Bento XVI. “O amor — caritas — é uma força extraordinária, que impele as pessoas a comprometerem-se, com coragem e generosidade, no campo da justiça e da paz. É uma força que tem a sua origem em Deus, amor eterno e verdade absoluta” (Caritas in Veritate,1). A promoção da CF 2017 pode nos fazer crescer nas virtudes da fé, esperança e caridade para darmos uma resposta abundante e fecunda ao mundo de hoje.

A Campanha da Fraternidade terá início no dia 01 de março de 2017.
Até lá, procure conhecer mais sobre o assunto.
Aproveite e compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas a refletirem este tema.

Promover a Campanha da Fraternidade

 

edicoescnbb.com.br

Como trabalhar a Campanha da Fraternidade no seu G.O

No Grupo de Oração

Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, a Campanha da Fraternidade 2017, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), abre novamente o debate sobre o cuidado com a criação.

Durante o período da Quaresma, o assunto deverá ser amplamente abordado na Igreja Católica no Brasil e, sem dúvida, os jovens são essenciais nessa discussão.Para auxiliar o desenvolvimento da Campanha da Fraternidade nos grupos de crisma e de jovens, destacamos algumas atividades que podem ser organizadas nas paróquias e comunidades.

Palestras

A primeira coisa a fazer é entender um pouco mais o que são os Biomas e qual é a problemática proposta pela CF deste ano. Para isso, convide algum biólogo ou pessoa que tenha mais domínio sobre o assunto para dar uma breve palestra abordando o tema.

Será uma experiência interessante para os grupos da paróquia, até mesmo para conhecerem um pouco mais algumas regiões do nosso país.

Debates

Agora que os jovens da paróquia já se aprofundaram um pouco no tema, é hora de abrir o debate para que todos possam opinar e apresentar questionamentos sobre o tema. Esse exercício favorecerá o desenvolvimento do senso crítico e o aprendizado a partir do que for discutido.

É importante ter um moderador para conduzir a dinâmica e ajudar os jovens a respeitarem o tempo para expor sua reflexão. Outra forma de favorecer a atividade é já deixar preparado alguns tópicos para discussão, colaborando assim para o aproveitamento dos blocos de conversa, evitando fugir da proposta inicial.

Planos de ação

Após as discussões em grupos, sugere-se criar planos de ação, assumindo ao menos uma atividade a desenvolver em prol da Campanha da Fraternidade.

Essa atividade pode ser desde ajudar a promover a CF dentro da paróquia até levar o tema para ser abordado em escolas, conselhos municipais ou onde for oportuno.

É fundamental que os jovens tomem a iniciativa de alguma ação, para que o que foi abordado nas reflexões, seja consolidado e fique na memória como um ato em favor da Criação.

Apresentações

A partir das propostas referidas acima, os jovens serão protagonistas e estarão em sintonia com o objetivo da CF 2017: “Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho”.

Aproveite todo o conhecimento adquirido e promova formas de expor o conteúdo à comunidade paroquial. Faça cartazes, exposições, apresentações artísticas, entre outras possibilidades. Use a criatividade em favor da construção de um mundo melhor.

Downloads

Músicas da Campanha da Fraternidade 2018

Músicas da Campanha da Fraternidade 2018Músicas da campanha da fraternidade 2018

musical_notes

A cada ano a Igreja se une ao mistério de Jesus no deserto durante quarenta dias – quaresma -,vivendo um tempo de penitência e austeridade, de conversão pessoal e social, especialmente pelo jejum, a esmola e a oração, conforme o Evangelho de Mateus (Mt 6,1-6.16-18), proclamado na Quarta-feira de Cinzas, em preparação às festas pascais. São cinco domingos mais o Domingo de Ramos na Paixão do Senhor, que inicia a Semana Santa, também chamada Semana Maior. É esse um tempo forte e privilegiado, em que fazemos nosso caminho para a Páscoa, renovando nossa fé e nossos compromissos batismais, cultivando a oração, o amor a Deus e a solidariedade com os irmãos. Tal austeridade deve se manifestar no espaço celebrativo, nos gestos e símbolos, como também no canto e na música, para depois salientar a alegria da ressurreição, que transborda na Páscoa do Senhor.

Conheça as músicas:

01 – Hino da Campanha da Fraternidade 2018
02 – Como o Senhor vos perdoou (Celebrações penitenciais)
03 – Deus, Pai de misericórdia (Bênção quaresmal)
04 – Volta, meu povo, ao teu Senhor (Quarta-feira de Cinzas)
05 – Quando meu servo chamar (1º e 2º Domingos)
06 – Lembra, Senhor, o teu amor (3º e 5º Domingos)
07 – Alegra-te, Jerusalém (4º Domingo)
08 – Senhor, que na água e no Espírito (3ª fórmula)
09 – Glória a vós, Senhor Jesus! (Cinzas e dias da semana)
10 – Louvor a vós, ó Cristo (Domingos da Quaresma)
11 – Livra-nos, ó Senhor
12 – Escuta, Senhor, a voz do povo teu
13 – Agora o tempo se cumpriu (Quarta feira de Cinzas)
14 – O homem não vive somente de pão (1º Domingo)
15 – Então, da nuvem luminosa (2º Domingo)
16 – Ao se aproximar a Páscoa (3º Domingo)
17 – Deus é rico em misericórdia (4º Domingo)
18 – Se o grão de trigo não morrer (5º Domingo)
19 – Os filhos dos hebreus (Procissão I)

 

Baixe todas as músicas da Campanha da Fraternidade 2018 + extras + músicas litúrgicas

Músicas de todos os livrinhos/materiais/subsídios

Músicas para: CF 2018 – Celebração Ecumênica, CF 2018 – Encontros catequéticos para crianças e adolescentes, CF 2018 – Via-Sacra , CF 2018 – Vigília Eucarística e Celebração da Misericórdia, CF 2018 – Círculos Bíblicos, CF 2018 – Jovens na CF, CF 2018 – Famílias na CF e Via-Sacra, CF 2018 – Ensino Fundamental I – 1º ao 5º ano, CF 2018 – Ensino Fundamental II – 6º ao 9º ano, CF 2018 – Ensino Médio 1° ao 3° Ano – CF 2018 – Fraternidade Viva

Hino da Campanha da Fraternidade 2018 Voz e Violão

Motivos para promover a Campanha da Fraternidade

Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”e o lema: “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15)” , a Campanha da Fraternidade 2017 traz uma reflexão sobre meio ambiente e sugere uma visão global das expressões da vida e dos dons da criação.

O texto base da CF 2017 indica o termo “biomas” como a vida que se manifesta em um conjunto semelhante de vegetação, água, superfície e animais. O assunto tem bastante relevância no Brasil. Por isso, listamos 5 bons motivos para que você promova a CF 2017 e se aprofunde no tema. Confira:

01 – Assumir a vida e suas expressões de modo objetivo e concreto. Muitas vezes, quando ouvimos falar sobre o cuidado com o meio ambiente, corremos o risco de achar que esta realidade está distante de nós. Promover a Campanha da Fraternidade 2017 abrirá nossos horizontes para assumirmos, com amor e responsabilidade, tudo que foi criado por Deus.

02 – Viver intensamente a quaresma. Ao mergulharmos neste intenso tempo de oração e conversão, somos convidados a crescer na experiência da admiração, contemplação e cultivo da obra criada por Deus. Quando aderimos à CF 2017, podemos tornar o nosso itinerário quaresmal mais concreto, trazendo para nossa vida o cuidado com as pessoas e com o mundo em que vivemos.

03 – Comprometer autoridades públicas na responsabilidade com o meio ambiente. Cada um de nós, à medida que se envolve no cuidado com as questões ambientais, naturalmente percebe que este caminho precisa ser abraçado por todos, inclusive na esfera das políticas públicas. Comprometer as autoridades nesta causa pode ser uma excelente resposta de caridade à humanidade e ao planeta.

04 – Participar da construção de um mundo novo. Sob a inspiração da encíclica Laudato Si, do Papa Francisco, podemos amadurecer nossa compreensão de que cultivar e guardar a criação não se trata apenas de questões ecológicas, mas de um olhar integral sobre a vida humana, sobre o presente e o futuro que esperamos ter. “Que tipo de mundo queremos deixar a quem vai suceder-nos, às crianças que estão a crescer?”(Laudato Si, 160).

05 – Cultivar as virtudes. Um dos documentos que fundamenta o texto base da Campanha da Fraternidade 2017 é a encíclica Caritas in Veritate (Caridade na verdade), do Papa Emérito Bento XVI. “O amor — caritas — é uma força extraordinária, que impele as pessoas a comprometerem-se, com coragem e generosidade, no campo da justiça e da paz. É uma força que tem a sua origem em Deus, amor eterno e verdade absoluta” (Caritas in Veritate,1). A promoção da CF 2017 pode nos fazer crescer nas virtudes da fé, esperança e caridade para darmos uma resposta abundante e fecunda ao mundo de hoje.

A Campanha da Fraternidade terá início no dia 01 de março de 2017.
Até lá, procure conhecer mais sobre o assunto.
Aproveite e compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas a refletirem este tema.

Promover a Campanha da Fraternidade

 

edicoescnbb.com.br

Como trabalhar a Campanha da Fraternidade no seu G.O

No Grupo de Oração

Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, a Campanha da Fraternidade 2017, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), abre novamente o debate sobre o cuidado com a criação.

Durante o período da Quaresma, o assunto deverá ser amplamente abordado na Igreja Católica no Brasil e, sem dúvida, os jovens são essenciais nessa discussão.Para auxiliar o desenvolvimento da Campanha da Fraternidade nos grupos de crisma e de jovens, destacamos algumas atividades que podem ser organizadas nas paróquias e comunidades.

Palestras

A primeira coisa a fazer é entender um pouco mais o que são os Biomas e qual é a problemática proposta pela CF deste ano. Para isso, convide algum biólogo ou pessoa que tenha mais domínio sobre o assunto para dar uma breve palestra abordando o tema.

Será uma experiência interessante para os grupos da paróquia, até mesmo para conhecerem um pouco mais algumas regiões do nosso país.

Debates

Agora que os jovens da paróquia já se aprofundaram um pouco no tema, é hora de abrir o debate para que todos possam opinar e apresentar questionamentos sobre o tema. Esse exercício favorecerá o desenvolvimento do senso crítico e o aprendizado a partir do que for discutido.

É importante ter um moderador para conduzir a dinâmica e ajudar os jovens a respeitarem o tempo para expor sua reflexão. Outra forma de favorecer a atividade é já deixar preparado alguns tópicos para discussão, colaborando assim para o aproveitamento dos blocos de conversa, evitando fugir da proposta inicial.

Planos de ação

Após as discussões em grupos, sugere-se criar planos de ação, assumindo ao menos uma atividade a desenvolver em prol da Campanha da Fraternidade.

Essa atividade pode ser desde ajudar a promover a CF dentro da paróquia até levar o tema para ser abordado em escolas, conselhos municipais ou onde for oportuno.

É fundamental que os jovens tomem a iniciativa de alguma ação, para que o que foi abordado nas reflexões, seja consolidado e fique na memória como um ato em favor da Criação.

Apresentações

A partir das propostas referidas acima, os jovens serão protagonistas e estarão em sintonia com o objetivo da CF 2017: “Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho”.

Aproveite todo o conhecimento adquirido e promova formas de expor o conteúdo à comunidade paroquial. Faça cartazes, exposições, apresentações artísticas, entre outras possibilidades. Use a criatividade em favor da construção de um mundo melhor.